Últimas notícias

Fique informado

Certificado Digital: Relação de custo e benefícios

14/07/2017

Muita gente ainda possui dúvidas sobre a necessidade de ter um certificado digital.

Outros consideram o custo médio de aquisição elevado. No interesse de informar a sociedade, a Associação Nacional de Certificação Digital (ANCD) reuniu um conjunto de argumentos para desmistificar um pouco essas correntes.

De acordo com Antonio Cangiano, diretor-executivo da ANCD, é preciso deixar claro que os investimentos anuais feitos pelas empresas certificadoras são expressivos e necessários para manter a operação de acordo com as melhores práticas e exigências normativas.

Além disso, todas elas, para serem autorizadas a atuar de acordo com a legislação vigente, precisam demonstrar capacidade financeira e técnica para estruturar a atividade de emissão de certificados digitais, requerendo instalar e manter salas-cofre com níveis de segurança física e lógica elevadíssimos, sistemas criptográficos, processamento computacional de alta disponibilidade e plano de continuidade operacional, sendo, evidentemente, auditadas regularmente pelo órgão regulador da ICP-Brasil e por empresas de auditoria externa, devidamente credenciadas.

“Tudo isso é feito dentro de um padrão mundial que exige cada vez mais das nossas empresas, combate às fraudes digitais – que avançam com sofisticação para burlarem os sistemas computacionais, prejudicando a própria sociedade”, acrescenta Cangiano.

Ele lembra que para manter historicamente a margem de fraudes próxima de zero, continua sendo imprescindível investir em pessoal especializado, que monta mais de 30.000 funcionários diretos e indiretos, promover treinamentos constantes e estar sempre qualificando as equipes por meio de novos cursos e especializações. Toda essa infraestrutura deve, ainda, ser acompanhada de equipamentos cada vez mais sofisticados. “O nosso setor precisa, todo o tempo, acompanhar a evolução tecnológica, para garantir segurança online aos usuários, vinte e quatro horas, sete dias por semana”.

É importante, segundo ele, explicitar tudo isso, para que as pessoas percebam que os valores investidos com um certificado digital acabam lhe trazendo a tranquilidade de atuação em suas operações no dia a dia, por menos de R$ 9,00 (nove reais) por mês, considerando preço e tempo de validade médios.

“Temos falado sempre em ganhos mais tangíveis, por exemplo o proporcionado pela assinatura digital, que permite às pessoas negociarem, fecharem contratos e fazerem declarações e procurações à distância, de qualquer parte do mundo. Somente com o que deixa de se gastar em deslocamentos e tempo para a assinatura presencial já justifica a compra de um certificado digital e com inúmeros benefícios”.

Além disso, acrescente a isto a dispensa do uso de mensageiros, de remessas por correio no leva e traz de papéis, sem falar na economia no uso e na guarda do papel – já que estamos falando de ambiente virtual. Estamos falando de um ambiente digital mais seguro e compatível com a necessidade humana de transformar processos e ampliar o foco de cada um de nós, no que realmente importa.

Quem não possui ainda um certificado digital e precisa, por exemplo, assinar um contrato, ainda que seja na mesma localidade, terá custos com a formulação do contrato, abertura de firmas em cartório, eventuais procurações, cópias do contrato e de documentos e anexos, autenticações e reconhecimento de firmas, gastos com papel, impressora, uso de mensageiros ou de correios para a remessa de papéis, certamente custando mais do que próprio certificado digital.

“Imagine uma empresa com vários contratos e documentos e que quase diariamente realiza essas operações? Ou seja, estamos falando comparativamente de um meio muito mais prático, seguro e economicamente melhor. O Certificado Digital representa a modernidade das relações e a simplificação no mundo dos negócios, com baixo investimento”.

“O certificado digital é um instrumento que evita repúdio de autoria, atribui presunção de validade jurídica, desburocratiza as relações administrativas, financeiras e operacionais, tornando as empresas e pessoas mais eficientes, mais preparadas para a transformação digital do nosso dia a dia.”, comenta Antonio Cangiano.

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

Apenas usuários registrados podem comentar.