Menu

Últimas notícias

Fique informado

Receita Digital da Memed pode agora ser assinada por todos os certificados que seguem o padrão ICP-Brasil

08/06/2020

Spotlight

Crypto ID, ATID e AARB conversam com Deputado João Campos sobre a Lei 14.063/20

Entrevistamos o Deputado João Campos, um dos principais protagonistas da

08/10/2020

Primeiro Documento Eletrônico assinado entre dois Países foi emitido em 2 de outubro de 2020

A possibilidade de acordos internacionais serem assinados por meio de documentos eletrônicos com reconhecimento mútuo entre os países é uma prerrogativa dos documentos que utilizam certificados digitais emitidos por PKIs.

05/10/2020

Presidentes da ATID e AARB são entrevistados sobre a Lei 14.063/2020

A entrevista trata dos três tipos de assinaturas eletrônicas criada pela Lei 14063/2020, também aborda a questão da videoconferência e muito mais. Confira!

01/10/2020

A Lei 14.063/2020 reconhece o valor das assinaturas digitais e faz a distinção entre assinaturas avançadas e qualificadas

A aplicação da Lei 14.063/2020 está direcionada à comunicação com entes públicos, mas é um passo importante para a consolidação da identificação digital no mercado brasileiro para o relacionamento de empresas privadas e suas comunidades.

30/09/2020

Saiba o que é a “Estratégia de Governo Digital”. Ouça

Uma das mais recentes novidades na legislação referente à certificação

03/06/2020

Em meio à pandemia do Coronavírus e seguindo todos os padrões e orientações do Conselho Federal de Medicina (CFM), Conselho Federal de Farmácia (CFF), Anvisa e ITI, a plataforma de prescrição digital da empresa agora assina as receitas com diversos tipos de certificado padrão ICP-Brasil

A Memed, healthtech pioneira e líder em prescrição médica eletrônica, avança na promoção da digitalização da saúde. A partir de agora, as receitas médicas digitais geradas por meio da plataforma Memed poderão ser assinadas usando diversos tipos de certificado ICP-Brasil, padrão recomendado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), Conselho Federal de Farmácia (CFF), Anvisa e ITI.

A novidade aumenta a conveniência para os médicos e pacientes e acontece no momento em que a receita digital, por conta do crescimento da telemedicina e pela impossibilidade das pessoas se deslocarem normalmente, ocupa uma função essencial no presente cenário da saúde brasileira.

Mesmo antes da pandemia, a Memed já havia iniciado um piloto que promovia a jornada completa do paciente com uma receita assinada digitalmente .

“No ano passado, iniciamos um piloto integrando a Memed com uma autoridade certificadora, para entender como funcionaria o processo tanto para os médicos como para as farmácias. Com a mudança de cenário, aceleramos o processo para que fosse possível ajudar um maior número de médicos e pacientes em todo o país.”

“Porém, nosso intuito sempre foi o de oferecer uma solução que não contemplasse apenas uma certificadora, mas sim todas, dando liberdade para que os médicos pudesse escolher qual empresa eles quisessem, e conseguissem assinar as receitas digitais de forma segura. Hoje, a Memed já aceita qualquer certificado que seja ICP-BR, seguindo os padrões exigidos pelos órgãos responsáveis e garantindo ao médico a escolha de qual tipo e formato ele quiser”, ressalta Gabriel Couto, CTO da Memed.

Essa nova capacidade da Memed traz benefícios, não só para os médicos, que passam a ter a liberdade de escolher o certificado digital que desejarem como também para os demais envolvidos.

“Em um cenário em que o médico pode prescrever à distância, após uma teleconsulta, o paciente tem a conveniência de receber o atendimento médico, pedidos de exames, atestados em sua receita digital e comprar o seu medicamento até mesmo sem sair de casa.”

“Além disso, a farmácia tem segurança de que a receita recebida foi realmente emitida por um médico habilitado. Toda a segurança e garantia de autenticidade oferecida em todo o processo permite à Memed avançar em nosso objetivo de eliminar o papel nesse processo”, ressalta o CTO da Memed.

O certificado digital tem um papel importante no processo de emissão de receitas digitais, pois é uma forma extremamente segura de garantir a identidade e confirmar a autenticidade da receita, trazendo segurança e confiabilidade a todos os envolvidos.

Todas as receitas digitais são eletronicamente assinadas pelo médico, por meio de um certificado digital no padrão ICP-Brasil, única infraestrutura de assinaturas digitais no País que tem completa validade jurídica e dá, ao cidadão, a garantia de um sistema totalmente auditado e fiscalizado.

Ricardo Moraes – CEO da Memed

De acordo com Ricardo Moraes, CEO da Memed, um importante diferencial da Memed é o fato de estar completamente alinhada à iniciativa do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) em conjunto com o Conselho Federal de Medicina (CFM) e do Conselho Federal de Farmácia (CFF), que desenvolveu um validador para receitas digitais, público e gratuito e que atende às necessidades de profissionais da saúde e pacientes.

“A Memed está, e sempre estará, alinhada com as regulamentações e orientações das organizações reguladoras. A plataforma conta com um conjunto completo de funcionalidades que oferecem aos médicos um ambiente totalmente customizado para um processo de prescrição cômodo e seguro.”

Para os pacientes, a vantagem é a total facilidade para acessar e apresentar suas receitas nos estabelecimentos; já para as as farmácias e farmacêuticos trata-se de um meio totalmente seguro que garante a integridade e autenticidade de cada receita apresentada”, ressalta o CEO.

Atualmente, são mais de 130 mil médicos em seus consultórios, clínicas, hospitais e operadoras de saúde utilizando a plataforma para prescrição digital da Memed no Brasil. Impulsionadas pela necessidade de isolamento social e pelo aumento na demanda por serviços de telemedicina decorrente da pandemia milhares de farmácias e drogarias já se cadastraram gratuitamente na plataforma da Memed, usufruindo de todos os serviços disponíveis sem qualquer custo adicional.

“A Memed tem orgulho em poder contribuir no enfrentamento à COVID-19 oferecendo a médicos, pacientes, cuidadores e farmacêuticos uma plataforma gratuita, moderna, segura para a prescrição e dispensação de medicamentos”, finaliza Moraes.

Um panorama sobre a receita digital feito pelo Jornal Estado de Minas

Coronavírus e telemedicina impulsionam o crescimento da receita médica digital no Brasil

Ministério da Saúde regulamenta o envio remoto de receitas médicas e atestados com certificado digital. Ouça

Encontre mais sobre certificação digital aqui mesmo, no Crypto ID!

  Explore outros artigos! 

Pular para a barra de ferramentas