Últimas notícias

Fique informado
Contra fraudes, inteligência artificial revoluciona reconhecimento facial – Ouça

Contra fraudes, inteligência artificial revoluciona reconhecimento facial – Ouça

22/01/2019

Spotlight

Certificação ICP-Brasil é tema de audiência pública na CCJC da Câmara dos Deputados

O diretor-presidente do ITI, Marcelo Buz, participou da mesa e esclareceu vários pontos a respeito do papel da ICP-Brasil no setor de certificação digital.

07/08/2019

ITI lança o 2º vídeo sobre a ICP-Brasil e o Certificado Digital

Com o intuito de explicar para os cidadãos o que é e para que serve o Certificado Digital, o ITI lançou em seu canal do YouTube, dois vídeos sobre Certificação Digital.

23/07/2019

Biometria facial : sua selfie pode conter mais segredos do que você imagina

O rosto é ligado à identidade de uma pessoa, não é de hoje que a biometria facial ou a face foi relacionada a diversos estudos e práticas

20/12/2018

Pioneira no mercado, solução permite que bancos e varejistas validem identidade facial 100% a distância

  Você também pode ouvir esta matéria, o play está no final dela!

Com o avanço da tecnologia e os negócios acontecendo cada vez mais a distância, indivíduos mal-intencionados também têm aprimorado suas práticas para burlar os sistemas de segurança e tirar vantagem da ausência do contato pessoal.

Uma das maneiras mais sofisticadas de se confirmar a autenticidade de uma transação é o uso da biometria por reconhecimento facial, que começa a ser atacada por criminosos, com máscaras que imitam perfeitamente rostos humanos, no intuito de burlar esses softwares.

Para impedir que fraudes decorrentes dessas práticas prejudiquem o avanço dos negócios nos meios digitais, a Certibio, unidade de biometria da Certisign, empresa especializada em identificação digital, agregou à sua solução de reconhecimento facial, o FaceCheck, uma funcionalidade baseada em inteligência artificial, chamada Liveness Detection (“detecção de vida”, em tradução livre), que consegue determinar se existe, de fato, uma pessoa viva em frente à câmera.

A solução foi aprimorada em uma parceria com a norte-americana FaceTec e deve se tornar o novo padrão para reconhecimento facial em smartphones e webcams.

Outro grande diferencial do novo recurso do FaceCheck é seu elevado grau de assertividade, atestado pela detecção de 100% dos 1.500 testes de fraudes realizados na tecnologia de liveness detection.

Aprimorado com o software ZoOm® 3D, que conquistou a primeira certificação de liveness do mundo (NIST Level 1 PAD ISO 30107-3, concedido pela iBeta – laboratório de testes certificado pelo NIST), o sistema de inteligência artificial utilizado é treinado para detectar ataques muito sofisticados, desde o uso de simples fotos de papel, até o uso de máscaras 3D ou bonecos de cera ultrarrealistas.

O sistema possibilita uma experiência de usuário intuitiva, com funcionamento omnichannel e a detecção de liveness revolucionária para as transações digitais.

Segundo o diretor da Certibio, Igor Rocha, o sistema deve ser utilizado, principalmente, por instituições financeiras e varejistas que possuem grandes índices de prejuízos por falsidade ideológica.

Para que migrem com segurança a totalidade de suas operações para a modalidade digital, essas empresas precisam garantir, ao mesmo tempo, a identidade do correntista ou consumidor e seu consentimento em relação à transação.

O Liveness Detection vai verificar se o dono da identidade está realmente presente no momento em que a operação estiver sendo realizada, evitando-se o uso de fotografias, máscaras e demais apetrechos desenvolvidos para burlar o sistema de reconhecimento facial.

Na opinião do executivo, a tecnologia será importante para a evolução do ambiente de negócios brasileiro. “Tecnologias que deem garantias de autenticidade às transações 100% on-line são fundamentais para a transformação digital das empresas”, resume Rocha.

“Temos, como exemplo dessa demanda, o aumento de correntistas que buscam por um relacionamento a distância com o seu banco, e isso será predominante em pouco tempo, por conta da comodidade proporcionada”, acrescenta.

Tendências

As operações feitas por mobile banking aumentaram 96% entre 2016 e 2017, representando um terço de todas as transações efetuadas em território nacional, segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos).

No entanto, a entidade também destaca que o ambiente digital foi responsável por mais de R$ 1 bilhão em prejuízos ao sistema financeiro do País.

Esse cenário justifica o relatório da ResearchAndMarkets, o qual estima que o mercado global de reconhecimento facial saltará de US$ 3,85 bilhões em 2017 para US$ 9,78 bilhões em 2023.

Segurança dos clientes e consumidores

O diretor da Certibio reforça que a tecnologia é uma intermediária que auxilia tanto as instituições quanto os cidadãos a terem certeza de que não estarão expostos a fraudes. “A tecnologia obriga o interessado em fazer um empréstimo ou comprar um veículo, por exemplo, a se colocar em frente à câmera do App, autorizando a captação da imagem e, por consequência, a transação”, diz.

Biometria facial : sua selfie pode conter mais segredos do que você imagina

BIOMETRIA CERTISIGN