Últimas notícias

Fique informado

Reconhecimento facial sem prova de vida está com os dias contados, afirma CEO de uma das principais plataformas brasileiras de biometria facial

6 de janeiro de 2021

Spotlight

Cloudflare blocks an almost 2 Tbps multi-vector DDoS attack

Earlier this week, Cloudflare automatically detected and mitigated a DDoS attack that

24 de novembro de 2021

Registros de ponto eletrônico deverão utilizar Certificado Digital ICP-Brasil

Registrador Eletrônico de Ponto Via Programa (REP-P) e Registrador Eletrônico de Ponto Alternativo (REP-A), deverão utilizar certificados ICP-Brasil.

24 de novembro de 2021

Número de registros e credenciais expostas cai, mas vazamento de cartões de crédito e débito cresce 405% no último trimestre

O estudo da Axur mostra que, entre os 2,03 milhões de registros expostos, os CPFs continuam, pelo terceiro trimestre consecutivo, a ocupar a primeira posição da lista dos dados mais compilados pelos cibercriminosos, com 57% do total.

24 de novembro de 2021

Biometria facial pega “motorista dublê”

A NVZ, seguradora do segmento de logística, está usando tecnologia de biometria facial da CredDefense para prevenir a ocorrência do chamado “motorista dublê”.

7 de janeiro de 2021

Biometria sem prova de vida está com os dias contados

Conversamos com José Luis Volpini, CEO da CredDefense que é uma das pioneiras e mais conceituadas plataformas de biometria facial do mercado brasileiro com foco em combate a fraudes

José Luis Volpini – CEO da CredDefense

Segundo Volpini, a biometria facial sem a prova de vida está com os dias contados uma vez que a indústria hacker já consegue simular o mach – a correspondência – entre a foto utilizada na originarão do cadastro e para a autenticação para uma determinada transação.

Ele explica ainda que quando o match é elevado, ou seja, acima de 99% de correspondência, há algo de errado porque isso normalmente só acontece se comparada com exatamente a mesma foto.

Por incrível que pareça muitos pessoas utilizam fotos publicadas em redes sociais para ser a foto oficial de cadastro e isso é sem a prova de vida é muito fácil enganar o sistema.

A solução de biometria facial da CredDefense faz a análise completa da imagem que está sendo utilizada para a correspondência biométrica. Volpini explica que existem sutilezas como iluminação, profundidade, movimento e até mesmo quando o fraudador está tentando utilizar um vídeo para simular movimento. Quanto a isso ele explica que para que isso ocorra o fraudador precisaria alinhar perfeitamente a frequência, nº de linhas verticais e horizontais de pixel dos dispositivos utilizados.

Sobre a complexidade de contratação, Volpini explicou que a implementação de sua solução depende da arquitetura de software do contratante, porém, a CredDefense criou uma SDK – Software Development Kit – de reconhecimento facial com a prova de vida para mobile e web que facilita muito a implementação no app do cliente.

Durante a entrevista, Volpini esclarece que sua solução de reconhecimento facial com prova de vida tem interoperabilidade com as principais plataformas, como Android, iOS e Windows.

As empresas procuram no momento a autenticação com alta velocidade, disponibilidade e segurança e é isso que entregamos,” complementa Volpini.

Assista a entrevista na íntegra no topo da matéria.

CredDefense é pioneira no uso de biometria facial para logística

CredDefense recebe investimentos da Gulf Capital Partners e inicia nova fase de crescimento