Últimas notícias

Fique informado

Como o uso de biometria facial ajuda a combater golpes

30 de janeiro de 2024

Spotlight

O Halving do Bitcoin: Entendendo o Evento que Redefine a Oferta da Criptomoeda. Por Susana Taboas

Uma visão geral do que é o halving do Bitcoin e sua importância no contexto da economia digital.

17 de abril de 2024

Bertacchini da Nethone compartilha sua visão sobre o cenário atual de fraudes digitais

Tivemos a oportunidade de conversar com Bertacchini, especialista em Desenvolvimento de Negócios Sênior na Nethone, sobre como as empresas podem se blindar contra ciberameaças.

17 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

A biometria facial desempenha um papel crucial na prevenção dessas ameaças, proporcionando autenticação segura e reduzindo os riscos associados

A crescente digitalização de processos e transações trouxe consigo diversos benefícios, mas também uma série de desafios. Conforme tecnologias inovadoras, como as assinaturas digitais, tomam conta do mercado, a segurança representa uma das maiores preocupações. Nesse contexto, a biometria facial se faz destacar como uma ferramenta robusta e eficaz no combate a golpes e fraudes.

Neste artigo, explicaremos como a tecnologia de reconhecimento facial desempenha um papel fundamental na proteção de dados e na autenticação segura de usuários, possibilitando às empresas reduzir significativamente o risco de golpes.

O que é biometria facial?

A biometria facial é uma tecnologia de reconhecimento que, partindo da captura de uma imagem ou um vídeo do rosto do usuário, analisa e mapeia suas características únicas, como distância entre olhos, contornos do nariz, formato da boca e outras características distintivas.

No Brasil, a biometria facial desponta como uma tecnologia emergente e confiável, desempenhando um papel crucial na prevenção e combate a fraudes. Em um cenário digital no qual a segurança é uma prioridade, a utilização do reconhecimento facial tem se destacado como uma ferramenta eficaz, oferecendo uma camada adicional de proteção contra atividades fraudulentas.

A confiança depositada nessa tecnologia é respaldada por sua capacidade ímpar de criar modelos precisos e únicos, utilizando características faciais distintivas para autenticação e oferecendo uma experiência mais fluida para os usuários, livre de senhas tradicionais.

Um estudo recente da Serasa Experian revelou resultados impressionantes, destacando a eficácia da biometria facial na redução de fraudes. De acordo com a pesquisa, essa tecnologia contribuiu para evitar a expressiva quantia de R$29 bilhões em golpes em apenas seis meses. 

O estudo aponta ainda que os setores do comércio, das finanças e das telecomunicações teriam sido os mais prejudicados, caso as tentativas de fraude tivessem sido bem sucedidas.

Tais resultados evidenciam que a biometria facial já se consolida como uma ferramenta confiável na defesa contra fraudes, representando um elemento essencial na construção de um ambiente digital seguro e confiável no contexto brasileiro.

Segurança e confiabilidade no processo de autenticação

A biometria facial, impulsionada por avanços em redes neurais e mapeamento matemático das características faciais, proporciona uma autenticação segura e confiável. 

As redes neurais, inspiradas no funcionamento do cérebro humano, são capazes de aprender e reconhecer padrões complexos nas características faciais de maneira eficiente. Ao combinar essas redes com algoritmos de mapeamento matemático, a biometria facial cria modelos precisos e únicos para cada indivíduo.

O processo inicia-se com a captura de imagens ou vídeos do rosto, onde os algoritmos identificam pontos-chave e criam um mapa detalhado das características faciais. 

Essa representação matemática é, então, comparada com modelos previamente registrados para verificar a autenticidade do usuário. A complexidade e unicidade das características faciais tornam a falsificação extremamente difícil, garantindo uma autenticação segura.

Não por acaso, a confiança dos brasileiros nesse método é notável, atingindo 93%, conforme revelado pela Serasa Experian. Esse alto índice reflete a eficácia percebida da biometria facial na prevenção de fraudes e na proteção de dados, que, aliada à conveniência associada ao processo, contribui expressivamente para a aceitação positiva por parte dos usuários.

Essa confiança também está relacionada à constante evolução da tecnologia e às medidas rigorosas de segurança implementadas pelas empresas e instituições que adotam a biometria facial. Ao oferecer uma camada adicional de proteção, essa tecnologia se torna essencial na construção de um ambiente digital seguro e confiável para os brasileiros.

O combate a fraudes nos setores de varejo e finanças

Varejo e finanças são setores especialmente vulneráveis a fraudes, com potencial para causar danos financeiros significativos e minar a confiança dos clientes. A biometria facial desempenha um papel crucial na prevenção dessas ameaças, proporcionando autenticação segura e reduzindo os riscos associados.

No varejo, fraudes online, como compras não autorizadas, são comuns. A biometria facial atua como barreira adicional, verificando a identidade do comprador no pagamento, prevenindo transações fraudulentas e reforçando a segurança tanto online quanto em lojas físicas.

No setor financeiro, a biometria facial desempenha um papel crucial na proteção contra fraudes em serviços bancários e transações online, assegurando o acesso autorizado às contas. Sua integração em aplicativos móveis e caixas eletrônicos oferece autenticação segura e conveniente.

Como a biometria facial vem se aperfeiçoando para combater métodos sofisticados de fraude

Os fraudadores têm adotado métodos cada vez mais sofisticados para contornar os sistemas de segurança: os deepfakes são manipulações de vídeo ou áudio que utilizam inteligência artificial para criar conteúdo falso, muitas vezes extremamente convincente, com o intuito de enganar sistemas de autenticação. 

A criação de imagens montadas, por meio da manipulação digital de fotografias, também representa uma ameaça significativa, uma vez que essas técnicas podem ser utilizadas para criar falsificações realistas de rostos.

A biometria facial está em constante aprimoramento de suas capacidades para enfrentar desafios, utilizando tecnologias avançadas na detecção de deepfakes e imagens montadas. Algoritmos sofisticados identificam padrões suspeitos, e a implementação de sistemas antifraude baseados em aprendizado de máquina permite a adaptação contínua dos modelos biométricos para reconhecer novas técnicas fraudulentas.

A biometria facial utiliza métodos multifatoriais de autenticação, incorporando análises dinâmicas e estáticas para verificar a autenticidade do rosto em diferentes níveis. A detecção de movimentos e características específicas da expressão facial pode ser integrada para criar uma autenticação mais robusta e resistente a tentativas de fraude.

O setor de pesquisa em biometria facial continua colaborando com especialistas em segurança cibernética para antecipar e neutralizar ameaças emergentes. Esse enfrentamento constante de novos desafios reforça sua posição como uma robusta barreira de segurança digital.

Dicas de segurança para o usuário comum

Diante das crescentes ameaças cibernéticas, é essencial que o usuário comum adote práticas de segurança robustas para proteger sua identidade e informações pessoais. A seguir, algumas dicas fundamentais:

Redes privadas

Ao utilizar redes privadas, o usuário reduz a exposição de suas informações a possíveis ataques.

Senhas fortes

Senhas fortes, combinando letras, números e caracteres especiais, fornecem uma camada extra de segurança. É vital evitar o compartilhamento de senhas entre diferentes serviços para evitar o comprometimento de várias contas em caso de violação.

Aplicativos seguros

A instalação apenas de aplicativos provenientes de lojas oficiais minimiza o risco de downloads maliciosos. Manter os dispositivos e aplicativos atualizados também é crucial, pois as atualizações muitas vezes corrigem vulnerabilidades de segurança.

Notificação de perda ou roubo de documentos

Em caso de perda ou roubo de documentos pessoais, é fundamental notificar imediatamente as autoridades competentes e as instituições relevantes para evitar possíveis casos de roubo de identidade.

A Truora, parceira da ZapSign, oferece uma solução de validação de identidade digital que utiliza tecnologia de biometria facial de ponta. Confira aqui como se proteger contra ameaças digitais e garantir uma experiência online mais segura e confiável!

Sobre ZapSign

A ZapSign é uma plataforma de assinatura eletrônica que permite coletar assinaturas de forma simples e compatível com celular. Ideal para simplificar e otimizar o processo de assinatura de documentos eletrônicos do seu escritório – eliminando, assim, uma série de custos e burocracias completamente desnecessários.

A empresa se propõe a facilitar todo o processo de coleta de assinaturas de documentos, de forma instantânea e com validade jurídica.

Solução ideal para empresas que lidam com um grande fluxo de contratos, procurações e acordos em geral. Disponível tanto em versão gratuita para testes quanto em versões pagas, a solução da ZapSign se destaca por oferecer alto nível de integração, possibilitando enviar o contrato por meio de diversos canais de comunicação virtual, como WhatsApp, e-mail, SMS, Telegram e outros.

Hoje, a plataforma conta com mais de 900 mil usuários e mais de 13 milhões de assinaturas já foram coletadas através da ZapSign além de estar presente em 17 países.

ZapSign faz parte do Grupo Truora, uma empresa com mais de 6 anos de experiência na geração de soluções tecnológicas que simplificam a comunicação entre clientes, usuários, fornecedores ou colaboradores.

Acompanhe outros artigos da ZapSign aqui

Entenda como o mercado assinatura digital atingirá mais de R$ 300 bilhões até 2030

Entrevista com Getúlio Santos, CEO e fundador da ZapSign, sobre a evolução do mercado de assinaturas digitais

ZapSign lança Gepeto, ferramenta de ChatGPT para o WhatsApp e espera mais de 10 mil usuários na primeira semana

É realmente necessário ter assinatura digital na empresa? Descubra agora

Quais são os desafios em assinaturas digitais que as empresas enfrentam?