Últimas notícias

Fique informado

Estudo da ABES aponta que indústria de tecnologia cresceu mais de 20% durante pandemia

13 de agosto de 2021

Spotlight

Entenda o Incidente de Segurança no Siafi que fez o Tesouro exigir a autenticação exclusivamente com Certificados Digitais ICP-Brasil

No Siafi os certificados ICP-Brasil vão conferir Integridade, autenticidade, conformidade, confidencialidade, disponibilidade, legalidade e irretratabilidade.

22 de abril de 2024

O Halving do Bitcoin: Entendendo o Evento que Redefine a Oferta da Criptomoeda. Por Susana Taboas

Uma visão geral do que é o halving do Bitcoin e sua importância no contexto da economia digital.

17 de abril de 2024

Bertacchini da Nethone compartilha sua visão sobre o cenário atual de fraudes digitais

Tivemos a oportunidade de conversar com Bertacchini, especialista em Desenvolvimento de Negócios Sênior na Nethone, sobre como as empresas podem se blindar contra ciberameaças.

17 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

Estudo feito pela ABES com dados do IDC aponta que o setor da tecnologia cresceu 22,3% e investiu cerca de R$200,3 bilhões

O ano de 2020 foi marcado pela insegurança econômica em diversos setores, mas o estudo “Mercado Brasileiro de Software – Panorama e Tendências 2020”, realizado pela ABES – Associação Brasileiras das Empresas de Software – com dados do IDC, mostra que mesmo nesse cenário, o setor cresceu 22,9% e investiu cerca de R$ 200,3 bilhões (US$ 50,7 bilhões), se considerados os mercados de software, serviços, hardware e também as exportações do segmento. 

O levantamento feito pela ABES e IDC aponta que o Brasil conquistou algumas posições no ranking mundial de TI, da 10ª posição em 2019 para 9ª em 2020, e manteve a liderança no mercado latino americano, com 44% de participação.

Para este estudo, a IDC adotou a taxa de conversão para o dólar médio de R$ 3,95/US$ e entrevistou empresas que trabalham com desenvolvimento de software produzindo produtos customizados e parametrizáveis, além de informações coletadas junto a empresas usuárias de TI.

Você pode conferir a análise completa está disponível em https://abessoftware.com.br/dados-do-setor/

Rodolfo Fücher, presidente da ABES

É indiscutível que a pandemia forçou a aceleração da transformação digital. O estudo mostra claramente um aumento expressivo da utilização de soluções tecnológicas em 2020, impactando principalmente o mercado de software, o qual cresceu mais de 29% no período e impulsionando diversos outros segmentos, que deverão continuar crescendo significativamente em 2021, como nuvem pública que deverá atingir US$ 3 bilhões, com um crescimento previsto na ordem de 46%, e inteligência artificial chegando a US$ 464 milhões, crescendo 30%.

Um outro segmento importante é a segurança da informação, que somado a necessidade de adequação aos requisitos da LGPD, deverá bater a cifra de US$ 1.5 bilhões em 2021”, explica Rodolfo Fücher, presidente da ABES.

Para esse ano, a previsão do estudo é de que haja um crescimento do setor de 11,1% em relação ao ano passado. O 5G será o responsável por proporcionar cerca de US$ 2,7 bilhões na geração de novos negócios envolvendo Inteligência Artificial, Realidade Aumentada e Virtual, Big Data e Analytics, IoT, Cloud, Segurança e Robotics.

Mercado de tecnologia cresceu 22,9%

De acordo com o levantamento realizado, o setor de tecnologia no Brasil investiu cerca de US$ 49,5 bilhões no mercado interno, sem considerar as exportações. Dentro desse montante, 53,7% (US$ 26,5 bilhões) foram utilizados em hardware; 26,3% (US$ 13 bilhões) em software; e 20% (US$ 10 bilhões) em serviços.

Ao analisar a média de investimentos mundiais, o estudo aponta que 45% é direcionado para hardware, 29% para serviços e 26% para softwares.

“O grau de maturidade de investimentos em TI de um País é medido por quanto mais se investe em software e serviços. No Brasil, ainda temos um maior investimento em hardware (53,7%), mas esta participação tem caído ao longo dos anos. Para se ter uma ideia, há 15 anos, a participação dos investimentos em hardware era superior a 67%, porém ao longo dos anos a participação dos investimentos em software e serviços vem crescendo, chegando mais próximo de Países com maior grau de maturidade, como por exemplo, Reino Unido, Alemanha e Estados Unidos”, afirma Jorge Sukarie, vice-presidente do Conselho Deliberativo da ABES.

Com informações: Associação Brasileira das Empresas de Software

Desigualdade: o vilão não é a inovação e sim a sociedade – Por Rodolfo Fücher

ABIMDE e ABES anunciam parceria para fortalecer a ética e integridade no mercado de defesa e segurança

ABES debate o fomento à inovação para a competitividade das empresas e lança nova edição de guia para o setor de TIC

CATEGORIAS

Destaques Notícias