Últimas notícias

Fique informado

Gartner anuncia que os gastos globais de TI crescerão 1,1% em 2019

22 de abril de 2019

Spotlight

O Halving do Bitcoin: Entendendo o Evento que Redefine a Oferta da Criptomoeda. Por Susana Taboas

Uma visão geral do que é o halving do Bitcoin e sua importância no contexto da economia digital.

17 de abril de 2024

Bertacchini da Nethone compartilha sua visão sobre o cenário atual de fraudes digitais

Tivemos a oportunidade de conversar com Bertacchini, especialista em Desenvolvimento de Negócios Sênior na Nethone, sobre como as empresas podem se blindar contra ciberameaças.

17 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

Peter Krensky do Gartner fala sobre as cinco tendências de Data & Analytics para a Nova Era Digital

Peter Krensky é Principal Analyst do Gartner e chairman da Conferência Gartner Data & Analytics que acontece em São Paulos dias 29 e 30 de maio.

18 de abril de 2019

O Gartner Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento para empresas, prevê que os gastos mundiais com TI totalizarão US$ 3,79 trilhões em 2019, representando um aumento de 1,1% em relação aos resultados de 2018.

“Os desafios causados pelo fortalecimento do dólar norte-americano fizeram com que revisássemos nossa previsão de gastos de TI para 2019 em relação ao trimestre anterior”, diz John-David Lovelock, Vice-Presidente de Pesquisas do Gartner. “Até o final de 2019, espera-se que o dólar dos Estados Unidos mantenha sua tendência de fortalecimento, mesmo suportando uma enorme volatilidade devido às incertezas dos ambientes econômicos e políticos, e das possíveis guerras comerciais”.

“Em 2019, os gestores das áreas de tecnologia terão de tomar decisões mais estratégicas em relação a seus mix de portfólio, equilibrando o investimento em produtos e serviços que irão crescer este ano com as iniciativas em mercados que tenderão a cair”, explica Lovelock. “Os executivos bem-sucedidos em 2020 serão aqueles que aplicarão uma visão mais abrangente e de longo prazo às mudanças feitas em 2019”.

O segmento de Sistemas de Data Centers experimentará o maior declínio em 2019, com um decréscimo de 2,8% (veja a Tabela 1).

Isso se deve principalmente a redução dos preços médios de venda esperados no mercado de servidores, impulsionados por ajustes no padrão de custos dos componentes.

O processo de mudança dos gastos de TI empresarial deixando as ofertas tradicionais (sem Nuvem) em busca de novas alternativas baseadas em Cloud Computing, continua a impulsionar o crescimento no mercado de software corporativo. Em 2019, o Gartner prevê que este mercado atinja US$ 427 bilhões, um aumento de 7,1% em relação ao faturamento de US$ 399 bilhões em 2018. A maior mudança para soluções em Nuvem até agora ocorreu no setor de Aplicações de Software.

No entanto, o Gartner espera um crescimento maior para o segmento de software de infraestrutura no curto prazo, particularmente nas ofertas de plataforma de integração como serviço (iPaaS) e de plataforma de aplicativos como um serviço (aPaaS).

Tabela 1. Previsão Mundial de Gastos com TI (em bilhões de dólares) | Fonte: Gartner (Abril 2019)

“As escolhas que os Chief Information Officers (CIO) fazem sobre os investimentos em tecnologia são essenciais para o sucesso dos negócios digitais. As tecnologias emergentes e disruptivas, como a Inteligência Artificial (IA), remodelarão os modelos de negócios, assim como a economia das empresas dos setores público e privado. A IA está tendo um grande impacto nos gastos com TI, embora seu papel seja frequentemente mal compreendido”, afirma Lovelock.

“A Inteligência Artificial não é um produto, é realmente um conjunto de técnicas ou uma disciplina de engenharia de computação. Como tal, a IA está sendo incorporada em muitos produtos e serviços existentes, além de ser central para novos esforços de desenvolvimento em todos os setores. A previsão do Gartner para os negócios baseados em Inteligência Artificial é que as organizações receberão US$ 1,9 trilhão em benefícios gerados pelo uso de soluções inteligentes ​​somente neste ano”, diz o analista.

01jan00:0000:0000:00 - 00:00

01jan00:0000:0000:00 - 00:00