Últimas notícias

Fique informado

[Ouça] A tecnologia no rumo da Fé! Por Marco Zanini

15/06/2018

Por Marco Zanini

Marco Zanini – CEO Dinamo Networks

Muito se fala sobre Identidade digital, segurança cibernética e tudo parece bastante complexo.

Em um bate papo com um colega sobre aplicabilidades dos nossos HSMs, ele perguntou-me sobre quais outras aplicabilidades podemos usar nossas máquinas e para conseguir responde-lo de forma abrangente, fiz o que mais gosto, sintetizar o raciocínio, procurei a essência das necessidades que suprimos e, bingo!

Cheguei na DESMATERIALIZAÇÃO das coisas em nosso mundo.

Estamos vivendo uma era de grandes mudanças onde a tendência é sair do mundo físico e ir ao mundo virtual!

Não, não é verdade, o que chamamos de virtual nos parece lúdico, desconectado da realidade, próximo até do irreal, onde podemos voar e fazer coisas que a física ainda não nos permite, mas não é neste lugar que estamos entrando, estamos indo para algo real, possível, que ainda é alinhado com as crenças atuais, mas ele é diferente, ele está indo para a Desmaterialização!

Isso mesmo, saímos das agências bancárias e fomos para o Internet Bank, saímos da locadora de vídeo e fomos para os Streamings, saímos das cartas e fomos para os e-mails, saímos dos telegramas e fomos para os Instant Messenger, saímos dos filmes fotográficos e fomos para as fotos digitais, saímos dos pontos de táxi e fomos para os aplicativos de mobilidades.

Podia continuar dando centenas de exemplos, mas todos eles levaram-nos ao mesmo lugar. Estamos Desmaterializando o mundo, mantendo as mesmas convenções sociais que trouxeram a nossa espécie até aqui, mas de uma forma desmaterializada.

Alguns conceitos, é verdade, precisam se aperfeiçoar, como a fé, precisamos acreditar, uma vez que não conseguimos mais “tangibilizar” muitas coisas.

Quando ainda era adolescente, lembro-me de ir a uma agência bancária e o “caixa” me conhecia, o gerente me conhecia, o segurança me conhecia, eu ia praticamente todos os dias na agência bancaria, como acesso todos os dias atualmente o meu Internet Bank, pela APP do banco, a diferença está em como o banco sabe que eu sou eu?!

O ponto é, como identificamos as pessoas no mundo desmaterializado, sem presença física, virtual!!

Muitas ideias surgiram, senhas, códigos dinâmicos, biometrias, certificados digitais, não importa a tecnologia aceita, o fato que no mundo virtual necessitamos de “chaves” que abram as portas para nós e nos reconheçam!!

Essas chaves precisam ser aceitas pela sociedade e precisam ser guardadas em locais seguros.

Mas o que são locais seguros? No mundo material são ou eram cavernas, locais fechados, cofres, bunkers, não interessa o momento da história ou os materiais utilizados, local seguro são aqueles com algumas características que todos nos atestamos como de difícil acesso.

No mundo desmaterializado é diferente! Mas nem tanto assim, precisamos ter “locais” com um conjunto de características que nos dê a percepção e a fé de ser seguro, sim, percepção e fé, porque muitas vezes não compreendemos direito como estamos sendo protegidos, mas acreditamos nela! Parte por um senso coletivo e por características técnicas, que a nossa identidade está sendo verificada e protegida em cada acesso.

Assim, em síntese, estamos discutindo sobre onde guardar nossa IDENTIDADE digital de forma segura em um mundo desmaterializado!

Poderíamos falar sobre as inúmeras características técnicas utilizadas em nossos equipamentos, resultados de estudos feitos por muitas pessoas ao longo do tempo e em volta do mundo, mas isso poderia ser abstrato para a maior parte das pessoas, o que nos remete novamente ao senso comum que nos dá a percepção.

Hoje a Dinamo Networks e seus HSMs protegem milhões de pessoas em dezenas de bancos, operadoras de cartão de crédito, autoridades certificadoras e órgãos do governo! Diria que a maior parte dos cidadãos em nosso país, todos os dias passam de alguma forma pelas nossas máquinas sem termos deixado de identifica-lo de forma segura! Embora façamos tudo isso em um mundo desmaterializado, somos materializados, temos nome, CNPJ, CPFs, endereço e telefone e nossos clientes confiam em nós no mundo desmaterializado porque nos conhece, falam conosco no mundo materializado!

Essa conexão nunca deixará de existir, as pessoas precisarão ter fé em quem as atende neste novo mundo, em especial em quem guardará sua IDENTIDADE como nós na DINAMO!

Podemos guardar toda e qualquer das suas chaves virtuais, mas sempre estaremos presentes no seu mundo real, para proporcionar segurança para as pessoas viverem melhor, nosso planeta ser melhor e o futuro promissor.

Marco Zanini é CEO da Dinamo Networks

Inovação na gestão e guarda de certificados digitais

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<