Últimas notícias

Fique informado

Colômbia está usando identificação digital para combater hackers em suas aldeias

3 de janeiro de 2024

Spotlight

O Halving do Bitcoin: Entendendo o Evento que Redefine a Oferta da Criptomoeda. Por Susana Taboas

Uma visão geral do que é o halving do Bitcoin e sua importância no contexto da economia digital.

17 de abril de 2024

Bertacchini da Nethone compartilha sua visão sobre o cenário atual de fraudes digitais

Tivemos a oportunidade de conversar com Bertacchini, especialista em Desenvolvimento de Negócios Sênior na Nethone, sobre como as empresas podem se blindar contra ciberameaças.

17 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

Embora a Colômbia possa ser famosa no resto do mundo principalmente pelo seu café, o país latino-americano poderá em breve ter outra exportação – a sua identidade digital.

Desde novembro de 2020, o governo colombiano vem equipando os cidadãos com uma nova carteira de identidade física, juntamente com uma extensão digital em smartphones, com base na autenticação biométrica. A identificação digital tem perturbado o relacionamento dos cidadãos com o setor corporativo e público, afirma Borja Carreras, presidente do provedor de identidade digital Gestión de Seguridad Electrónica S.A. (GSE ), a empresa por trás do aplicativo.

“Estamos preenchendo uma grande lacuna na América Latina com a solução”, disse Carreras à Biometric Update em uma entrevista nos bastidores do Future Identity Festival 2023 em Londres.

A chamada cédula digital faz parte dos ambiciosos esforços de transformação digital do país, que colocaram o país em terceiro lugar no ranking digital da OCDE Índice Governamental (DGI) em 2019.

O sistema de identificação digital tinha 1,8 milhão de usuários registrados em março, com planos de atingir 10 milhões até o final de 2023. O projeto foi lançado através da Agência Nacional Digital liderada pelo Ministério de Tecnologia e Telecomunicações (MINTIC) e administrada pelo Registro Civil Nacional da Colômbia (RNEC). O documento de identidade também está disponível para expatriados colombianos que moram nos EUA e para nômades digitais residentes na Colômbia.

A Colômbia tem outros motivos para introduzir a identificação digital

Mercados como o da Europa e do Reino Unido têm lutado para conter a enxurrada de fraudes provocadas pelas transações online. Na América Latina, contudo, estes problemas situam-se num nível totalmente diferente. Os criminosos na Colômbia têm sido criativos na descoberta de novos métodos de falsificação de identidade e fraude.

“Na América Latina, todos na sua pequena aldeia sem conhecimento técnico podem ser hackers”, diz Carreras. “É incrível porque as pessoas têm muito tempo e não têm medo da lei.”

Devido à abordagem diferente ao crime, a empresa teve de implementar uma abordagem diferente para proteger os sistemas e os utilizadores, acrescenta Leonardo Maldonado, chefe de alianças tecnológicas da GSE.

Em maio, o Cartório Nacional de Registro iniciou um piloto de autenticação facial com vários bancos com a ajuda de seu parceiro, Idemia. Além da biometria facial, o GSE também está aberto a outras tecnologias, diz Carreras. A segunda versão da identificação digital foi lançada no final de novembro.

“Colombianos, tenham orgulho”, disse o secretário-geral Alexander Vega Rocha no X durante o lançamento.

A atualização trouxe serviços como correspondência biométrica por meio de bancos de dados governamentais, autenticação e assinatura digital de documentos de entidades públicas e privadas e recebimento de notificações de instituições públicas e financeiras.

“Esta é a evolução do e-mail”, diz Carreras.

Os próximos passos da empresa incluem a exploração de identidades autossoberanas (SSI), que permitirão aos cidadãos partilhar informações com entidades confiáveis, mantendo ao mesmo tempo a sua privacidade.

O documento de identidade digital colombiano já foi aceito como passaporte, permitindo viajar para vários países da América Latina.

A GSE está agora a trabalhar para levar a sua solução aos seus governos. A empresa apresentou recentemente a identificação digital no Peru em um evento organizado por registros nacionais de países sul-americanos.

Fonte: Biometricsupdate

Bitso avança na América Latina e chega à Colômbia para impulsionar o uso das criptomoedas

Registro Civil colombiano adota autenticação biométrica facial para processos remotos

SICUR e RISI Technologies escolhem a tecnologia da HID para desenvolver soluções de controle de acesso móvel

O Crypto ID reúne as principais notícias e artigos sobre as diversas tecnologias que identificam, no meio eletrônico, pessoas, empresas, equipamentos, aplicações e softwares. São artigos do Brasil e do Mundo, afinal, identidade digital é parte do nosso nome! Confira a coluna Identidade Civil e Digital.

Acompanhe como o reconhecimento facial e impressões digitais, de íris e voz estão sendo utilizados para garantir a identificação digital precisa para mitigar fraudes e proporcionar aos usuários conforto, mobilidade e confiança. Crypto ID, o maior canal brasileiro sobre identificação digital. Leia outros artigos aqui!

Learn how facial recognition and iris, voice and fingerprints are being used to ensure accurate digital identification to mitigate fraud and provide users with comfort, mobility and trust. Read other articles here! Crypto ID, the largest Brazilian channel on digital identification. Read other articles here!

Descubra cómo se utilizan el reconocimiento facial y el iris y las huellas dactilares del voz para garantizar una identificación digital precisa para mitigar el fraude y brindar a los usuarios comodidad, movilidad y confianza. Crypto ID, el mayor canal brasileño de identificación digital. ¡Lea otros artículos aquí!