Últimas notícias

Fique informado

Carnaval: com a alta das viagens no período, CertiSign alerta sobre golpes em pacotes de turismo

15 de fevereiro de 2023

Spotlight

Nuvens Tempestuosas: Navegando pelo Panorama Complexo da Cibersegurança na Nuvem

Enquanto as organizações migram cada vez mais dados e serviços para a nuvem, a complexidade e a magnitude das ameaças cibernéticas também crescem.

15 de maio de 2024

Cancelamento de hipotecas – Assinatura avançada versus qualificada – Parte II

Essa segunda parte discute os padrões e requisitos para o processamento eletrônico de documentos no registro de imóveis no Brasil.

15 de maio de 2024

Cancelamento de hipotecas – Assinatura avançada versus qualificada – Parte I

Questão das assinaturas eletrônicas no Registro de Imóveis é incerta, mesclando aspectos tecnológicos e jurídicos.

14 de maio de 2024

Por que é tão complexo se proteger de ataques cibernéticos? Por Rodrigo Fragola

“A meta agora não é alcançar segurança absoluta, mas sim segurança relativa no mercado em que se atua.” Fragola

13 de maio de 2024

Edmar Araujo, o novo diretor-executivo da ANCD concede sua 1ª entrevista ao Crypto ID

Edmar Araujo diretor-executivo da Associação Nacional de Certificação Digital e fala com exclusividade ao Crypto ID.

13 de maio de 2024

Confira 7 dicas para a redução do uso de papel nas empresas

São sete dicas essenciais para ajudar as empresas a reduzirem o uso de papel e promoverem práticas mais sustentáveis.

9 de maio de 2024

Especialista da CertiSign dá dicas para compras seguras de Natal

Márcio D’Avila da CertiSign, dá dicas para evitar dor de cabeça na hora do comprar o presente on-line. Por uma internet segura e confiável.

15 de dezembro de 2022

Certisign anuncia startup interna izihub

A CertiSign, amplia sua atuação no mercado de identificação digital com novas tecnologias, por meio do lançamento de sua startup interna

7 de novembro de 2022

Feriado promete movimentar R$ 8.18 bilhões e consumidores precisam ficar alertas sobre golpes em promoções de viagem no Carnaval

A chegada do Carnaval é, para muitos, uma oportunidade de viajar e conhecer novos lugares. Entretanto, é preciso ter atenção na hora comprar on-line pacotes de turismo para aproveitar o “feriadão” de carnaval, que deve movimentar cerca de R$ 8,18 bilhões, de acordo com a Divisão de Economia e Inovação da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

carnaval
Márcio D’avila, consultor técnico e especialista em segurança digital da CertiSign

Márcio D’Avila, especialista e consultor de segurança digital da CertiSign, traz dicas de como identificar um site seguro e, também, detectar uma possível fraude digital.

Veja a seguir e evite dores de cabeça nesse período de folia do Carnaval:

Phishing

Nesta época, os ataques de phishing acontecem por meio de promoções de pacotes de viagens. A isca é enviada por e-mail, WhatsApp ou SMS, e a mensagem chama a atenção pelo senso de urgência e preços imperdíveis.

Ao clicar, a vítima é direcionada a cópias de sites famosos e, na ânsia de aproveitar a promoção, acaba tendo os dados roubados.

“É muito importante, antes de clicar no link da mensagem, seja qual for o canal de origem, conferir se a oferta de fato existe no site da loja em questão. Em ataques de phishing é possível observar erros no remente, na digitação da mensagem e, também, no domínio, no caso de e-mail. Exemplo: o e-mail é da loja Maria Biju, mas o e-mail é mariabiju@promo.12.br, desconfie”.

Mensagem e ofertas conferidos? Antes de efetivar a compra é preciso observar se o site é autêntico e seguro. Essa validação ocorre por meio da presença de certificado SSL.

“A maioria dos golpes pode ser identificada observando as informações da transação. Um site seguro apresenta um cadeado na barra do navegador, a letra “S” no HTTP, ficando HTTPS, e o selo de segurança, que geralmente é fixado no rodapé da página. Ao observar esses sinais, clique no cadeado ou no selo e verifique as informações. Se o SSL estiver em nome do site em questão, a loja é autêntica”.

Vai de Pix?

Nesta modalidade, o golpe se dá no momento de efetivar a compra, por meio de um QR Code de forma instantânea.

“É importante ter um antivírus no celular e, ao escanear o código, verificar atentamente todos os dados, como o nome da pessoa/empresa e valor, antes de efetivar a operação. Também é imprescindível observar se, o site para qual você foi direcionado, está protegido pela criptografia de dados de um certificado SSL emitido, de fato, para a empresa em questão”, afirma D’Avila.

A mão fantasma

Neste golpe, a vítima recebe uma mensagem solicitando o clique em um link para uma atualização ou para fazer parte de uma promoção.

Com o clique, o fraudador consegue instalar no celular um aplicativo que permite o acesso de dados remotamente. “É possível perceber a movimentação sendo realizada na tela, como se fosse um “fantasma”.

Esses links são enviados por SMS, WhatsApp ou e-mail. O golpe está sempre atrelado, também, a um trabalho de engenharia social, em que o remetente se passa por alguém conhecido ou funcionário de empresas e instituições confiáveis.

“Para não cair nessa, é importante não clicar em links suspeitos, evitar anotar senhas no próprio celular e manter os aplicativos atualizados em fontes oficiais para que estejam protegidos contra gaps de segurança”, enfatiza.

Qual a biometria ideal? Especialista da CertiSign desmistifica as principais dúvidas sobre a tecnologia

Dia da Internet Segura: especialista da CertiSign traz 5 dicas para identificar um site seguro e se prevenir contra golpes

Golpe do IPVA: cuidado com os boletos falsos e phishing

Sobre a CertiSign

CertiSign é uma Autoridade Certificadora no Brasil especialista em identificação e segurança digital. Desde 1996, desenvolve e integra soluções que proporcionam uma experiência digital simples e segura, oferecendo às pessoas mais tempo e liberdade, e às empresas, redução de fraudes e custos.