Menu

Últimas notícias

Fique informado
Certificação Digital garante processos mais seguros e eficientes na saúde. Ouça

Certificação Digital garante processos mais seguros e eficientes na saúde. Ouça

28/09/2020

A digitalização dos processos na área da saúde e o uso do certificado digital vem sendo discutida há alguns anos

Mas essa discussão ganhou força e notoriedade nos últimos meses por conta da pandemia e a possibilidade da prescrição digital para o atendimento à distância, respaldado pela lei que autoriza a telemedicina.

O cenário atual traz à tona a discussão: como prestar atendimento de forma eficiente, garantindo a segurança de todos os envolvidos: instituição, médicos e pacientes?

A Certificação Digital pode ser a resposta. A tecnologia viabiliza que toda a tramitação do Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) seja realizada, do início ao fim, de forma eletrônica, sem vai e vem de folhas de papel, impressão e, portanto, contato físico com os documentos, minimizando a possibilidade de contaminação.

Leonardo Gonçalves – Diretor de Relações Institucionais da Certisign

“A eficiência operacional também é um ganho indiscutível. Com a tramitação digital, os profissionais de diferentes áreas envolvidos no atendimento são munidos por informações on-line. Não é preciso, por exemplo, que enfermeiros circulem entre as alas do hospital levando a pastinha com a documentação do paciente.”

Tudo fica informatizado. As autorizações e assinaturas são feitas com o Certificado Digital garantindo a autenticidade e a rastreabilidade do ato”, explica Leonardo Gonçalves, Diretor de Comercial da Certisign, empresa especialista em soluções digitais.

Segundo o executivo, o PEP com Certificação Digital também é mais seguro e menos custoso. “Com o Certificado Digital elimina-se a duplicidade das informações. Sabemos que muitos hospitais já usam PEP, mas ainda imprimem os documentos, gerando duas informações: a do sistema e a impressa. Com o processo totalmente eletrônico, não há uso de papel, os dados são armazenados em um local único, tornando o atendimento mais assertivo, eficiente e, claro, menos custoso”.

Certificado Digital na Nuvem

Os sistemas de PEP, como o Tasy, podem ser integrados com a Certificação Digital na nuvem, que promove mais mobilidade ao médico, o qual poderá realizar a assinatura ou autorizar procedimentos à distância – a exemplo: em outras unidades do grupo hospitalar.

Gonçalves ainda lembra que a Certificação também pode ser inserida em sistemas de telemedicina nos hospitais que desejarem implementar o primeiro pronto atendimento à distância.

“A integração é simples e viabiliza que as prescrições médicas, pedidos de exames, atestados, entre outros, possam ser assinados on-line pelo médico. Depois do atendimento, o paciente recebe a receita por e-mail e pode fazer a compra em qualquer farmácia”.

Evento on-line sobre o tema

Este e outros assuntos serão abordados no evento on-line Philips Connect Day, nos dias 06 e 07 de outubro. Mais informações disponíveis neste link.

Drivers do Certificado Digital: instalação e preparo do computador. Ouça

Saiba como emitir a Receita Digital para a Telemedicina. Ouça

Sobre a Certisign

A Certisign é pioneira e a maior Autoridade Certificadora do Brasil. Há mais de duas décadas, viabiliza que serviços possam ser realizados on-line proporcionando às empresas agilidade, redução de custos e sustentabilidade e, por consequência, às pessoas mais tempo e dinheiro para que possam fazer o que realmente importa.

É referência no mercado por seu tamanho e números: presente em mais de 2200 locais de atendimento em todo o Brasil e em 14 no exterior, já ultrapassou a marca de 12 milhões de clientes atendidos. Com vasto portfólio de produtos e serviços atende empreendedores e empresas de todos os segmentos e portes por meio da tecnologia da Certificação Digital.

Certisign é eleita como a preferida do setor em premiação do InforChannel. Ouça

O que é Criptografia?

Criptografia é uma ciência secular que utiliza a cifragem dos dados para embaralhar as informações de forma que apenas os que detém a chave para decriptografar os dados tenham acesso à informação original.

Criptografia Simétrica utiliza uma chave única para cifrar e decifrar a mensagem. Nesse caso o segredo é compartilhado.

Criptografia Assimétrica utiliza um par de chaves: uma chave pública e outra privada que se relacionam por meio de um algoritmo.  O que for criptografado pelo conjunto dessas duas chaves só é decriptografado quando ocorre novamente o match.  

Criptografia Quântica utiliza algumas características fundamentais da física quântica as quais asseguram o sigilo das informações e  soluciona a questão da Distribuição de Chaves Quânticas – Quantum Key Distribution.

Explore a coluna sobre Criptografia aqui no Crypto ID!

Confira a entrevista da nossa equipe com o Diretor de Relações Institucionais da Certisign, Leonardo Gonçalves, sobre o novo panorama dos usos do Certificado Digital no segmento de saúde. Gravado em 12 de junho de 2020.

Pular para a barra de ferramentas