Últimas notícias

Fique informado

Como detectar aplicativos espiões em seu telefone

17 de dezembro de 2020

Spotlight

Ricardo Saravalle assume a liderança do Meta Hub de Soluções Digitais

O executivo vai liderar o centro de excelência de soluções

23 de maio de 2024

INSS passa exigir Certificado ICP-Brasil A3 para advogados que atendem Acordos de Cooperação Técnica (ACTs)

Para acessar o Portal de Atendimento (PAT) os advogados precisarão ter o certificado digital ICP-Brasil A3.

21 de maio de 2024

Do Deepfake ao ChatGPT: como a evolução tecnológica está influenciando as fraudes e golpes que vemos hoje?

Os golpes, de falsificação de identidade bancária a investimentos fictícios e golpes românticos, são cada vez mais diversificados

20 de maio de 2024

Contato Seguro une forças com a DOC9 para trazerem mais segurança aos abrigos do Rio Grande do Sul

Contato Seguro une forças com a Doc9 para trazerem mais segurança aos abrigos do Rio Grande do Sul. Essa parceria é essencial para enfrentar o momento difícil que o estado está passando devido às enchentes.

20 de maio de 2024

Governo Federal apoia Rio Grande do Sul na emissão 2ª via da Carteira de Identidade Nacional

O mutirão coordenado pelo Governo do RS começou nos abrigos de Porto Alegre. Expedição da segunda via será imediata

20 de maio de 2024

Reconhecimento facial: a nova fronteira de segurança em meio aos desafios dos Deepfakes

A capacidade dos deepfakes de imitar e falsificar identidades compromete diretamente a eficácia do reconhecimento facial

20 de maio de 2024

Nuvens Tempestuosas: Navegando pelo Panorama Complexo da Cibersegurança na Nuvem

Enquanto as organizações migram cada vez mais dados e serviços para a nuvem, a complexidade e a magnitude das ameaças cibernéticas também crescem.

15 de maio de 2024

Governo lança aplicativo eSocial Doméstico

Empregadores poderão realizar registro do empregado e gerenciamento da folha de pagamento pelo aplicativo do esocial no celular.

13 de agosto de 2020

Confira três maneiras de detectar aplicativos de vigilância em seu celular e como se livrar deles

À primeira vista, os aplicativos espiões podem parecer algo saído de um romance de suspense, preocupação de políticos de alto nível, empresários proeminentes ou celebridades, mas não para pessoas comuns.

Mas a realidade é que você não precisa ser Jeff Bezos para que alguém queira rastreá-lo. Seu chefe (ou seu parceiro) pode querer saber o que você faz fora do escritório (ou de casa).

Se você suspeita (ou não) que alguém está espionando você pelo seu smartphone, siga estas dicas para não ficar com dúvidas.

Como encontrar aplicativos espiões em seu celular

Embora os aplicativos espiões tentem burlar e se esconder, a maioria revela sua presença de uma forma ou de outra. Aqui estão alguns dos sinais de alerta: os dados acabam mais cedo do que o esperado ou a bateria dura que nem um sopro.

Se você notar algum desses problemas, não baixe a guarda e verifique os aplicativos que estão consumindo os recursos do seu telefone. Dependendo do dispositivo, as configurações que você terá que configurar recebem um nome ou outro; procure algo como Uso de dados e Bateria.

Se, mesmo quando desabilitado, o aparelho habilita o Wi-Fi, a internet móvel ou a geolocalização, verifique quais aplicativos consomem dados e acessam sua localização. Para obter mais informações, verifique nossa postagem sobre as permissões do Android ou aprenda sobre as permissões do iOS no site oficial da Apple.

Se você não consegue encontrar nada em seu telefone Android, mas suspeita que alguém está espionando você, verifique os aplicativos que têm acesso às configurações de Acessibilidade (Configurações> Acessibilidade). A acessibilidade permite que os aplicativos se intrometam em outros programas e operem em nome do usuário.

Essa permissão é muito útil para spyware. Portanto, podemos dizer que Acessibilidade é uma das permissões potencialmente mais perigosas no Android. Conceda esse acesso apenas ao seu aplicativo antivírus.

Como encontrar aplicativos espiões usando o Kaspersky Internet Security para Android

Não consegue fazer uma pesquisa manual? Se você tem um dispositivo Android, deve dar uma olhada em nossa solução de segurança. Kaspersky Internet Security for Android vai desmascarar traidores, mesmo em sua versão gratuita.

Devido ao controverso status legal do stalkerware, muitas soluções de segurança classificam alguns aplicativos como not-a-virus. Mesmo assim, você receberá um aviso sobre isso, por isso não pare de ler os alertas do antivírus.

No entanto, esse método tem uma série de desvantagens: alguns aplicativos de vigilância notificam seus proprietários se houver alguma proteção contra vírus instalada no dispositivo.

Se você está preocupado em ser rastreado, por exemplo, por um parceiro ciumento, é melhor não compartilhar suas suspeitas. Para ajudar os usuários a detectar spyware sem se denunciar, criamos um localizador de aplicativo espião mobile, uma espécie de spycatcher, chamado TinyCheck que funciona em iOS e Android.

Como detector aplicativos espiões com TinyCheck

O objetivo original do TinyCheck era ajudar as vítimas de violência doméstica, mas rapidamente percebemos que qualquer pessoa poderia usá-lo. No entanto, a versão atual requer algum conhecimento técnico e vontade de usar hardware.

Isso ocorre porque o TinyCheck é instalado em um dispositivo separado, como um microcomputador Raspberry Pi, e não em um smartphone. Este dispositivo deve ser configurado para atuar como intermediário entre o roteador e o dispositivo conectado ao Wi-Fi; Como resultado, nenhum spyware no telefone será capaz de ver nosso software.

Depois de instalado, todo o seu tráfego de Internet passará pelo TinyCheck, que o analisará em tempo real. Se, por exemplo, seu smartphone enviar muitos dados a um servidor de spyware conhecido, o TinyCheck o notificará. É assim que funciona:

Os requisitos técnicos e as instruções para configurar o TinyCheck estão disponíveis na página GitHub da solução.

TinyCheck: acessível para públicos com todo nível de conhecimento tecnológico

Se você acha que Raspberry Pi é uma sobremesa que você compra em uma padaria, então você pode também pedir a um profissional de TI para configurar o TinyCheck para você. Ou melhor ainda, encontre alguém em quem você confie 100%.

Obviamente, você deve evitar aqueles que suspeita estarem vinculados a um spyware, pois se você permitir o acesso, eles colocarão o aplicativo na lista de permissões para evitar que o radar do TinyCheck o detecte.

Em qualquer caso, em breve poderá optar pelo TinyCheck sem recorrer aos “amigos que entendem de computadores”, quando lançarmos a sua versão para usuários domésticos, que será muito mais fácil de instalar.

Como evitar vigilância

Se um desses métodos detectar spyware em seu smartphone, pense bem antes de excluí-lo. A pessoa que o instalou vai notar e isso pode piorar as coisas (além disso, desinstalar o programa removeria testes que você pode precisar mais tarde).

Como acontece com todas as facetas de segurança, tome as medidas de proteção necessárias primeiro. Por exemplo, se for um parceiro potencialmente violento que está rastreando você, antes de fazer qualquer coisa com o aplicativo espião, entre em contato com um centro de ajuda para vítimas de violência doméstica (você pode encontrar essa informação aqui).

Em alguns casos, é mais fácil mudar completamente seu smartphone e garantir que ninguém possa reinstalar aplicativos espiões no novo dispositivo:

  • Proteja seu dispositivo com uma senha segura que você não deve compartilhar com seu parceiro, amigos ou colegas.
  • Instale uma solução de segurança confiável imediatamente e verifique o dispositivo com periodicidade.
  • Altere as senhas de todas as suas contas e não as compartilhe com ninguém.
  • Faça o download dos aplicativos de fontes oficiais, como Google Play ou App Store.

Para obter mais informações sobre spyware e como lidar com ele, visite a Coalition Against Stalkerware, que conta com a adesão de várias organizações contra a violência doméstica.

Fonte: Kaspersky Daily

Inúmeros aplicativos Android continuam vulneráveis e colocam em risco centenas de milhões de usuários

Aplicativos móveis estão vigiando você

Aplicativo Pessoa Física agora conta com geolocalização