Últimas notícias

Fique informado

Kryptus fornecerá novo sistema de Carimbo do Tempo da ICP-Brasil

3 de março de 2021

Spotlight

Philip R. Zimmermann apresenta o 3º episódio AET Security Topics: Quantum Key Distribution

Philip R. Zimmermann, um dos maiores criptógrafos, apresenta uma nova webserie. Não perca o 1º episódio! Com legenda em português!

15 de setembro de 2021

NSA publica atualização sobre criptografia resistente a quantum

A NSA publicou o FAQ “Quantum Computing and Post-Quantum Cryptography. Confira nesse artigo!

3 de setembro de 2021

A condição paradoxal do hacktivismo

O início dos anos 2000 foi marcado pela formação do movimento Anonymous e por ataques relevantes, classificados como hacktivistas.

1 de setembro de 2021

CertForum 2021: Fórum Mundial de Assinatura Digital

Como parte integrante do CertForum, será realizado o Fórum Mundial de Assinatura Digital, com o objetivo de ampliar o debate do uso da assinatura digital.

1 de setembro de 2021

CertForum 21: evento on-line para quem quer saber tudo sobre identificação digital e documentos eletrônicos

O CertForum é realizado pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) e organizado pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia em Identificação Digital (ABRID).

31 de agosto de 2021

Carimbo do Tempo: documento eletrônico com validade jurídica

Selo garante a veracidade das informações e assegura que o documento não foi adulterado, conferindo também uma validade jurídica ao mesmo

19 de julho de 2021

Empresa líder em criptografia será responsável pelo fornecimento do sistema que irá abrigar o novo protocolo de carimbo de tempo

A Kryptus, multinacional brasileira que desenvolve soluções de criptografia e segurança cibernética, foi a vencedora da licitação realizada pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), ligado à Casa Civil, para o fornecimento do sistema que irá abrigar o novo protocolo de carimbo de tempo, tecnologia que, uma vez aplicada a um documento, certifica sua existência numa determinada data e hora, dando validade legal ao mesmo.

De acordo com o ITI, o novo protocolo de carimbo de tempo digital trará uma série de inovações em relação ao sistema atual.

Além de incorporar a tecnologia de blockchain, que fará o registro de todos os dados de sincronismo e o registro das assinaturas de carimbo de tempo, o sistema será interoperável, baseado em padrões abertos, eliminando assim a dependência tecnológica vertical existente hoje dentro da ICP-Brasil, órgão que viabiliza a emissão de certificados digitais para identificação virtual de pessoas físicas e jurídicas.

Dr. Roberto Gallo – CEO da Kryptus

“Indiscutivelmente, essa nova arquitetura do sistema vai democratizar e ajudar a acelerar a adoção das tecnologias relacionadas aos certificados digitais no Brasil, facilitando a rastreabilidade e a segurança dos dados”, enfatiza o CEO da Kryptus, Dr. Roberto Gallo.

Ele observa que o novo carimbo do tempo irá também facilitar as operações, já que haverá a separação entre sincronismo e auditoria de tempo, sem a dependência do processo de auditoria, com o uso de padrões abertos.

Segundo Gallo, o novo carimbo de tempo digital vai contribuir ainda para a expansão do número de Autoridades Certificadoras de Tempo (ACTs), entidades responsáveis pela emissão de carimbos do tempo, credenciadas pela ICP-Brasil. “Isso deve aumentar a competitividade no mercado de certificação digital e melhorar a qualidade dos serviços.”

A Kryptus será responsável também pelo fornecimento de equipamentos do tipo “sistema de carimbo de tempo (SCT)” e “sistema de auditoria e sincronismo (SAS)”, homologados conforme as normas da ICP-Brasil. O prazo previsto para a conclusão do projeto é de seis meses.

Membro da Associação Nacional de Certificação Digital (ANCD) — entidade que participa da formulação das políticas públicas para o setor — a Kryptus hoje já lidera o mercado de soluções customizáveis de criptografia e cibersegurança no segmento de certificação digital.

Carimbo do Tempo dá início ao fim da era dos protocolos proprietários na ICP-Brasil. Ouça

De olho no PIX, Kryptus e Matera anunciam parceria em segurança de chaves criptográficas

Sobre a Kryptus

A Kryptus Segurança da Informação S.A. é a líder brasileira em criptografia e  cibernética para aplicações de defesa, segurança e inteligência.

Colabora em diversos  programas estratégicos das Forças Armadas e outros órgãos de Estado. Dentre os  principais em que atua, destacam-se o SISFRON, LinkBR2, RDS-Defesa e Rondon, IFF  modo 4 Nacional, Nova ROD e AC-Defesa.

Fundada em 2003 a empresa possui sede em  Campinas/SP, escritórios em São Paulo Capital, Brasília e subsidiária em Yverdon-les Bains, Suíça. Além dos sócios históricos, possui como acionistas minoritários Embraer,  BNDES, FINEP, DesenvolveSP (por meio do Fundo Aeroespacial) e Kudelski.

Acesse a coluna exclusiva da Kryptus aqui!

Kryptus participa da IDEX, em Abu Dhabi

O que é Criptografia?

Criptografia é uma ciência secular que utiliza a cifragem dos dados para embaralhar as informações de forma que apenas os que detém a chave para decriptografar os dados tenham acesso à informação original.

Criptografia Simétrica utiliza uma chave única para cifrar e decifrar a mensagem. Nesse caso o segredo é compartilhado.

Criptografia Assimétrica utiliza um par de chaves: uma chave pública e outra privada que se relacionam por meio de um algoritmo.  O que for criptografado pelo conjunto dessas duas chaves só é decriptografado quando ocorre novamente o match.  

Criptografia Quântica utiliza algumas características fundamentais da física quântica as quais asseguram o sigilo das informações e soluciona a questão da Distribuição de Chaves Quânticas – Quantum Key Distribution.

Criptografia Homomórfica refere-se a uma classe de métodos de criptografia imaginados por Rivest, Adleman e Dertouzos já em 1978 e construída pela primeira vez por Craig Gentry em 2009. A criptografia homomórfica difere dos métodos de criptografia típicos porque permite a computação para ser executado diretamente em dados criptografados sem exigir acesso a uma chave secreta. O resultado de tal cálculo permanece na forma criptografada e pode, posteriormente, ser revelado pelo proprietário da chave secreta.

Explore a coluna sobre Criptografia aqui no Crypto ID!