Últimas notícias

Fique informado

Webinar Serpro discute importância do tratamento de dados na atualidade

16 de abril de 2021

Spotlight

O que é PKI? Definição e guia para infraestrutura de chaves públicas.

A infraestrutura de chave pública – PKI, em português ICP – gerencia a identidade e a segurança nas comunicações da Internet para proteger pessoas, dispositivos e dados.

13 de maio de 2021

GlobalSign anuncia mudanças no comprimento da chave de assinatura de código

Os clientes TSA devem migrar para os novos URLs até 1º de junho de 2021.

12 de maio de 2021

Entrevista com Daniela Costa – VP da Arcserve LATAM – sobre Proteção de dados e soluções de backup

Daniela Costa, VP Arcserve Latam, fala sobre o porque as corporações precisam repensar suas estratégias de backup.

7 de maio de 2021

Viviane Bertol explica o que é AR Eletrônica e fala sobre os novos procedimentos de validação da ICP-Brasil

Drª Viviane Bertol, fala sobre os novos procedimentos da ICP-Brasil, panorama mundial de eIDs e sobre LGPD.

8 de abril de 2021

O que o futuro da segurança na Internet mantém em 2019 segundo especialistas da Sectigo – Ouça

Especialistas em identificação digital e criptografia da Sectigo se reúnem para traçar as principais questões sobre segurança na internet em 2019

21 de janeiro de 2019

Privacidade e consentimento de uso foram tópicos abordados no evento da Serpro, que tematizou os desafios e as perspectivas da LGPD

Ocorreu nesta quinta-feira, dia 15, mais um Webinar Serpro, com a participação de profissionais e representantes de instituições públicas e privadas, que discutiram sobre os desafios e perspectivas com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) em vigor. 

Com o tema “Os desafios do DPO na sociedade de dados”, o encarregado de dados do Serpro, André Sucupira, comandou a abertura do evento.

Após contextualizar, em uma linha do tempo, desde a sociedade agrícola até a sociedade da informação, ele ressaltou a importância dos dados na sociedade atual, tratando-os como se fossem o petróleo da economia moderna.

“O dado é uma economia própria e é capaz de impulsionar diversos setores”, ressaltou. Além de falar sobre a importância da privacidade dos dados, a adequação do Serpro à LGPD também foi um dos tópicos da apresentação, já que ambos estão relacionados.

“Queremos garantir que o cidadão se sinta seguro e tenha sua privacidade respeitada ao utilizar as soluções de Governo. Por isso, estamos implementando a LGPD no Serpro com efetividade”, afirmou.

Sua empresa está adequada?

Após a abertura, um painel de debate seguiu com a participação do arquiteto de software do Serpro, Douglas Siviotti, da diretora da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), Nairane Leitão, do diretor executivo de Inovação, Produtos e Serviços Bancários da Febraban, Leandro Vilain e ainda a Head of Legal na Idwall, Lídice Xavier e o diretor de Assuntos Jurídicos e Regulatórios da Enanx, Gilberto Martins.

A discussão teve como tema central a pergunta “Onde estou na jornada de adequação à lei?”, dividido nos blocos “jornada de adequação”, “contradição entre a legislação e empresas baseadas em dados” e “perspectivas futuras”.

Durante o debate, Lídice concordou que as empresas ainda não possuem um comportamento adequado à lei e, por isso, é necessário “modificar o comportamento, o que leva tempo e demanda esforço para se adequar às mudanças”, afirmou.

Para concordar com a advogada, Gilberto reforçou a importância do investimento na adequação das empresas à LGPD. “Não podemos enxergar o esforço como um custo. Dado e informação são o novo petróleo”, disse.

Além disso, o setor bancário também foi alvo de reflexão, pois, as atividades de segurança da informação são “inerentes à atividade bancária”, afirmou Leandro Vilain.

Apesar de o setor estar inserido no âmbito de proteção de dados, foi necessário fazer um esforço para se adequar à LGPD. “Eu acho que vale a pena, pois, nós estamos nos adaptando a uma necessidade iminente”, falou.

Consentimento, transparência e referência para o Serpro

Já os consultores de Negócios de Privacidade, Michael Silva e Vanessa Malandrin trouxeram para o evento “Os desafios das empresas na gestão do consentimento”, com um debate amplo sobre a LGPD, no qual, “consentimento” foi a palavra-chave, já que é uma das bases legais da Lei.

Além disso, Michael falou sobre a transparência nas relações. “O Serpro tenta se colocar como um meio pela qual a transparência pode ser executada. Mais do que a gestão do consentimento, o Serpro traz a gestão da transparência”, ressaltou. Vale lembrar que o Serpro é o maior repositório de dados do Brasil, concluiu Vanessa.

Além de ser especialista em tecnologia e segurança da informação, o Serpro é referência em LGPD no Brasil. Para tratar sobre o assunto e encerrar o evento, o gestor do produto LGPD Educacional, Gustavo Lopes apresentou a plataforma desenvolvida em parceria com a empresa portuguesa Datashield.

Com diferentes módulos, a plataforma se diferencia das concorrentes pois conta com diversos cursos de formação na área de dados, começando do nível básico até o nível profissional e garante a certificação dos profissionais, que são exaustivamente testados sobre a LGPD.

O evento teve quase 5 mil inscritos, com conversão de 1.872 pessoas. A transmissão foi pela Internet e a gravação está disponível no canal oficial do Serpro no YouTube.

Fonte: Serpro

Serpro faz chamamento público para serviços de Robotic Process Automation

Serpro e AWS debatem transformação digital para conselhos profissionais

Serpro aposta em Inception para desenvolver soluções digitais