Últimas notícias

Fique informado

Cuidado com perda ou roubo de documentos durante o carnaval

05/02/2016
Em viagens e aglomerações típicas dos feriados é comum o roubo de documentos pessoais, cheques e cartões.

Viajar apenas com os documentos que serão necessários, não levar talões de cheques completos ou mesmo cartões de crédito ou débito que não se pretende utilizar. Na hora de correr atrás do bloco ou participar de uma festa de carnaval, manter seguro junto ao corpo apenas a cópia autenticada de um documento pessoal.

Essas são algumas dicas dos especialistas do SerasaConsumidor para quem pretende curtir o carnaval e evitar dores de cabeça com perda ou furtos de documentos, cheques e cartões. Isso porque, esses itens podem ser utilizados para a prática da fraude de identidade, quando dados pessoais são usados por criminosos para firmar negócios sob falsidade ideológica ou obter crédito com a intenção de não honrar os pagamentos. De acordo com o Indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraude, de janeiro a novembro foram registradas 1.789.143 tentativas de fraudes desta modalidade.

Segundo a diretora do SerasaConsumidor, Fernanda Monnerat, o carnaval é uma oportunidade para os golpistas.

“Os criminosos aproveitam épocas durante as quais o fluxo de pessoas nas ruas é maior e a atenção com os próprios pertences está relaxada”, diz. “Por isso, a população precisa ficar atenta para não se tornar vítima de fraudes, com os dados pessoais usados de forma indevida”, alerta. De acordo com pesquisas realizadas pela Serasa, basta perder um documento para dobrar a probabilidade de ser vítima de fraude. Faça um teste rápido para saber se este é seu caso

Boletim de ocorrência e registro de alerta na Serasa

Para se proteger, se o consumidor sentir falta de algum documento ou for roubado durante o carnaval, além de fazer um Boletim de Ocorrência (B.O.), deve cadastrar um alerta gratuito no Serviço de Documentos e Cheques Roubados da Serasa Experian. O registro ajuda a reduzir o risco de ter dados pessoais utilizados por fraudadores. Isso porque a inclusão é disponibilizada imediatamente ao mercado: caso uma empresa cliente da Serasa busque informações sobre um cheque que está cadastrado como roubado, por exemplo, ele não será aceito pelo estabelecimento, evitando transtornos ao correntista.

O consumidor pode fazer o registro do extravio ou roubo dos documentos (como Registro Geral, o RG; carteira de trabalho; CPF; carteira de habilitação e título de eleitor) e folhas de cheques pela Internet, no link: www.serasaconsumidor.com.br/servicos-roubo-perda-de-documentos ou pela Central de Atendimento ao Consumidor – (11) 3373 7272 –, que funciona sete dias por semana, das 8hàs 20h, sem exceção durante o carnaval. O cadastro também está disponível para quem teve, no passado, algum documento extraviado e ainda não registrou as informações.

O aviso de documentos roubados ficará no sistema de consultas por dez dias úteis. Para que permaneça por tempo indeterminado, o consumidor precisa enviar, dentro desse prazo, o B.O e uma declaração formal à Serasa Experian. Já os cheques ficam na base de dados por três dias úteis, tempo para que o correntista avise o banco, faça o Boletim de Ocorrência e suste os cheques.

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<