Últimas notícias

Fique informado

Campus Party Brasil promete gerar novos negócios aos participantes

29/10/2018

Campus Party Brasil se transforma em celeiro para novos negócios

Encontro tem atraído cada vez mais a atenção de jovens empreendedores e investidores

A Campus Party Brasil, considerada hoje a maior imersão tecnológica em Internet das Coisas, Blockchain, Cultura Maker e Educação do mundo também vem se tornando, ao longo das últimas edições, um terreno fértil para o surgimento de novas oportunidades.

A troca de experiências que um encontro como a Campus Party oferece abre muitas portas. São muitos talentos que podem ser aproveitados pelas startups em diversas áreas como programação, hacking, criação, finanças; além é claro de toda possibilidade de mentoria por meio de parceiros como o Sebrae”, declara Tonico Novaes, diretor geral da Campus Party.

Para ele, a Campus Party visa atrair projetos inovadores: sejam startups em estágio inicial ou avançado, ou mesmo projetos acadêmicos que vislumbram uma oportunidade no mercado. “Cada vez mais queremos incentivar o surgimento de novas startups com iniciativas como a Campus Future, onde estimulamos projetos universitários de inovação a se conectarem com a sociedade e estarem próximos das incubadoras, aceleradoras, investidores, etc”.

Vale lembrar a Campus Jobs, nova ativação da Campus Party Brasil 2019, que será um espaço dedicado para tornar o campuseiro um ProPlayer no sentido mais abrangente da palavra, ou seja, prepara-lo para o mercado de trabalho. “Sabemos que alguns jovens preferem empreender em suas carreiras executivas e, para tanto, estamos com a Campus Jobs, onde teremos mentorias para que os participantes entendas como devem se preparar para o mercado, assim como colocaremos algumas oportunidades à disposição de campuseiros que estejam em busca recolocação profissional”, finaliza.

Os números estão aí para comprovar a vocação empreendedora que o encontro já galgou:

Startup & Makers:
+ de 3.200 inscrições
+ de 870 startups selecionadas
+ de 250 mentores
+ de 1.200 realizadas
+ de 36.000 horas de mentorias

Campus Future:
+ de 500 inscrições
+ de 300 selecionados
+ de 140 mentores
+ de 400 mentorias realizadas
+ de 12.000 horas de mentorias

Oportunidade de ouro
A Numenu, startup que leva serviço de bordo em carros de aplicativo, é um grande exemplo de sucesso dentro da Campus Party Brasil. Participante da edição de 2018, a empresa – que tinha apenas sete meses de existência – já estava em operação, mas, a partir da Campus Party, fez conexões e recebeu bons feedbacks, moldando novos caminhos. “O encontro nos trouxe a certeza que tínhamos um produto que atendia a uma necessidade das pessoas. Ser premiado como uma das melhores startups Early Stage foi bastante animador”, conta o fundador Rafael Freitas. Com a oportunidade, apenas quatro meses depois, a empresa recebeu investimento anjo e passou a fazer parte do fundo Bossa Nova.

Com o Desquebre não foi diferente. Faltando apenas um dia para o fim das inscrições, Luciano Palma inscreveu os primeiros rabiscos do que era a empresa no programa Startup & Makers. O site foi feito em um dia apenas, para se ter ideia.  Formado em Engenheira Eletrônica, Palma atuou por mais de 20 anos na área corporativa com passagens pela Microsoft, Google e Intel.

Queria sair do mundo corporativo para ter mais liberdade e trabalhar com algo que fosse mais a sua cara. Foi assim que teve a ideia de criar a Desquebre, aplicativo de celular que conecta o consumidor com técnicos da chamada linha branca: geladeira, fogão e lavadora de todas as marcas. “Brincamos que somos filhos da Campus Party Brasil. O encontro foi o pontapé inicial para mudarmos de vida. A Campus não é só um evento de tecnologia, as coisas acontecem depois. Essa participação foi de extrema importância e nos deu um norte para o negócio”, afirma Palma.

Programas abertos:
Atualmente, a Campus Party Brasil conta com três programas fixos focados em empreendedorismo:

Campus Future – O programa seleciona projetos universitários e de cursos técnicos de nível médio para apresentarem suas ideias na Open Campus (espaço gratuito aberto ao público em geral). Além do caráter inovador, os projetos inscritos escolhidos são avaliados de acordo com seu potencial de impacto social. Na edição de 2019, haverá 40 projetos apresentados.

Startups & Makers – O programa seleciona startups e projetos makers para apresentarem suas propostas, também na área Open da Campus Party. As startups são divididas em Early Stage, projetos pouco avançados, com equipes bem definidas, primeiros protótipos criados e, ainda, testados que não receberam investimento; Growth Stage, startups avançadas, com uma equipe robusta e desenvolvida, produtos lançados no mercado, com ou sem investimento, que já possuam faturamento; e Makers, entusiastas e hobbyistas que são capazes de criar, construir, modificar ou fabricar objetos e/ou projetos, com ou sem o uso de tecnologia. Além do espaço para exposição de suas propostas no encontro, os empreendedores contam com palestras com conteúdos direcionados e mentorias com especialistas de vários segmentos. Na edição 2019, serão selecionadas 140 startups.

Call for Papers – A ideia desse programa é tornar acessível a qualquer pessoa a chance de se candidatar a ser palestrante da Campus Party Brasil, com a possibilidade de compartilhar conhecimento, criar conexões e ajudar a mudar o código fonte do mundo em diversas áreas, como Blockchain, Segurança, Big Data/Machine, Learning, BioHacking, Cyborg, Coders, Criatividade, Design, IoT, Makers, Entretenimento, Marketing Digital, Empreendedorismo, STEAM, Realidade Virtual e Realidade Aumentada. O selecionado poderá participar de todas as edições no período de um ano e ser uma das estrelas do palco principal da CPBR.

Inscrições
As inscrições para os programas ainda estão abertas. Mais informações no site: http://brasil.campus-party.org.

Include
Outro programa importante da Campus Party é o Include, que incentiva o empreendedorismo entre crianças de 8 e 18 anos por meio da robótica, programação, cultura maker, entre outros temas dentro das temáticas da CP. “O Include é um programa que visa promover inclusão social e econômica para crianças e adolescentes de comunidades carentes, que são excluídos da tecnologia e que não tem a oportunidade de acesso a esse universo, além de empoderá-los dentro dessas comunidades. Por meio de aulas de eletrônica, mecânica, sensores, robótica e programação, eles aprendem e são estimulados a desenvolver soluções para resolver problemas dentro das suas comunidades, sem precisar acionar pessoas de fora ou sair de lá. E o melhor, sendo remunerados com ganhos monetários para ajudarem as suas famílias”, explica Francesco Farruggia, presidente do Instituto Campus Party.

Ingressos
A pré-venda dos ingressos já está disponível na plataforma campuse.ro (http://brasil.campus-party.org/cpbr12/ingressos/) e vai até o dia 04 de novembro com valores partindo de R$ 275. Para interessados em ingresso + camping individual, o valor é de R$ 355. Para ingresso + camping duplo o valor é de R$ 365 por pessoa.

Serviço Campus Party Brasil – 12ª edição
Arena: de 12 a 17 de fevereiro
Open Campus: de 13 a 16 de fevereiro
Local: Expo Center Norte – São Paulo
Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme

Sobre a Campus Party
A Campus Party é a maior imersão tecnológica em Internet das Coisas, Blockchain, Cultura Maker, Educação e Empreendedorismo do mundo. O encontro conta hoje com mais de 550 mil campuseiros cadastrados em todo mundo, e já produziu edições em países como Espanha, Holanda, México, Alemanha, Reino Unido, Argentina, Panamá, El Salvador, Costa Rica, Colômbia, Equador, Itália e Singapura. A Campus Party está presente no Brasil há mais de dez anos.