Últimas notícias

Fique informado

Facebook suspende temporariamente todos os anúncios que promovem criptomoedas

31/01/2018

Spotlight

A Estônia já está aqui. Por Marcelo Buz

Artigo do diretor-presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI, Marcelo Buz, e uma comparação entre Brasil e Estônia.

18/02/2020

A evolução do processo judicial eletrônico. Por Ophir Cavalcante Junior

O processo judicial eletrônico (PJE) veio para atender esse novo momento e a exigência de uma prestação jurisdicional mais célere.

17/02/2020

Comitê Gestor normatiza emissão de certificado digital pelos Conselhos Profissionais Federais

A digitalização de documentos e processos em diferentes setores profissionais

13/02/2020

Lei de Informatização do Processo na pauta do Supremo Tribunal Federal – Por Marcos da Costa e Augusto Marcacini

A assinatura digital, tal como a assinatura manuscrita, permite conferir a autoria de uma manifestação escrita e, evidentemente, isto impede que esta seja substituída por outra, falsa, que não foi a intenção emanada pelo sujeito que praticou o ato.

11/02/2020

Identidade Digital na Europa. Prof. Jean Martina

O sistema de identificação digital na Itália funciona de forma similar ao Brasileiro.

09/02/2020

Certificado ICP-Brasil fortalece as ações de governança cibernética nacional

A ampliação do uso do certificado digital no padrão da

06/02/2020

Facebook adquire empresa de ID

Confirm é especialista em autenticar cartões de identificação emitidos pelo governo.

28/01/2018

Rob Leathern

Facebook divulgou ontem 30/01 que suspenderá temporariamente os anúncios publicitários que promovam produtos financeiros e serviços atrelados a criptomoedas, assim como ofertas iniciais de moedas.

Nós criamos uma nova política que proíbe anúncios que promovam produtos financeiros e serviços que são frequentemente associados com práticas promocionais enganosas e ilusórias, como opções binárias, ofertas iniciais de moedas e criptomoedas”, afirmou o diretor de produtos do Facebook Rob Leathern.

A nova política será implementada em todas as plataformas da rede social, incluindo Audience Network e o Instagram, disse a empresa.

A medida atinge inclusive aqueles que operam negócios legais e legítimos  que não poderão promover nada ligado a bitcoin e outras criptomoedas, como ofertas iniciais de moedas – ICOs, de acordo com uma postagem no blog do Facebook .

Dois dos princípios de publicidade do Facebook citam que seus anúncios devem ser seguros e também que  os anúncios enganosos e ilusórios não têm lugar no Facebook.

 

 

O texto publicado no blog do Facebook diz ainda que…

Queremos que as pessoas continuem a descobrir e aprender sobre novos produtos e serviços através de anúncios do Facebook sem medo de golpes ou decepções. Dito isto, existem muitas empresas que atualmente anunciam opções binárias, ICOs e criptomoedas que não trabalham de boa fé. Esta política é intencionalmente ampla enquanto trabalhamos para melhor detectar práticas de publicidade enganosas. Vamos rever essa política e como a aplicamos à medida que nossos sinais melhoram.”

A  busca pela identificação inequívoca de quem está do outro lado das autorizações de compra dos anúncios sobre criptomoedas nos aponta ele possa ser um dos motivos da aquisição recente feita pelo Facebook de uma empresa especialista em identificação digital. Leia o artigo: Facebook adquire empresa de ID

 

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<