Últimas notícias

Fique informado

Solução de IoT da Gemalto otimiza a segurança e eficiência nos portos

01/07/2015

Spotlight

Guia do NIST sobre como recuperar arquivos perdidos por ransomware e por outros ataques de integridade de dados

Recuperação de ransomware e outros eventos destrutivos pode ajudar as organizações.

28/09/2020

Resolução possibilita reuniões do Comitê Gestor da ICP-Brasil por Videoconferência

Com a Resolução n° 176, de 21 de setembro de 2020, do CG da ICP-Brasil, ficam estabelecidos o prazo de 3 dias úteis para a convocação e a deliberação devendo ocorrer em seguida ao encerramento da Plenária por videoconferência.

28/09/2020

A sanção da Lei 14.063 de 2020, segundo agência Senado.

A nova lei cria dois novos tipos de assinatura eletrônica em comunicações com entes públicos e em questões de saúde: simples e avançada.

25/09/2020

Como gerenciar Identidades Digitais em empresas públicas e privadas? Ouça

Sobre como gerenciar eIDs, conversamos com Luís Correia – Business Development da AET EUROPE, empresa global na área de soluções de segurança digital.

02/09/2020

A Gemalto  líder mundial em segurança digital, está habilitando a conectividade M2M para uma solução inovadora de Internet das Coisas – IoT que monitora as condições dinâmicas do oceano para otimizar a segurança e a eficiência dos portos brasileiros.

Desenvolvido pela HidroMares, empresa especializada em consultoria oceanográfica, o sistema de informações meteo-oceanográficas em tempo real monitora ondas, correntes, variação do nível do mar, temperatura e salinidade da água com o objetivo de aumentar a segurança da navegação, otimizar o tráfego de navios e aumentar a produtividade nos portos brasileiros.

Este inovador sistema de telemetria aproveita os robustos modens da Duodigit, empresa fornecedora de produtos de telemetria e biometria, para coletar diversos dados oceanográficos em sensores instalados no fundo do mar.

Estes modens utilizam os módulos M2M Cinterion da Gemalto com sistema Java incorporado para coletar, processar e enviar os dados através de redes sem fio e Internet para um servidor de backend.

Gemalto Telemetria Porto de Açu, no Estado do Rio de Janeiro

Foto Divulgação Porto de Açu – 2014

Os trabalhadores portuários se conectam com segurança a uma interface intuitiva e utilizam os dados para otimizar a tomada de decisões em tempo real e melhorar a produtividade dos portos.

A solução já foi implementada no Porto de Açu, no Estado do Rio de Janeiro, cuja localização é estratégica para a indústria do petróleo, por ser próximo às bacias de Campos.

A amostragem de dados oceanográficos é feita em um ambiente hostil tanto para a durabilidade de todos os componentes do sistema quanto para sua instalação e manutenção. A transmissão destes dados em tempo real é ainda mais desafiadora por demandar um sistema robusto e que opere ininterruptamente”, relata Alexandre De Caroli, Diretor Técnico da HidroMares. “A solução fornecida pela Duodigit e Gemalto foram ao encontro de tais necessidades”.

Um dos nossos maiores desafios foi projetar uma solução eficiente em termos de custo que garantisse uma comunicação segura nos ambientes extremos de um porto”, disse Luiz Henrique Correa Bernardes, Diretor Técnico da Duodigit.”O módulo Java incorporado, da Gemalto, fornece a durabilidade exigida, juntamente com o poder de processamento necessário para analisar e armazenar as informações localmente no dispositivo. A solução permite a comunicação eficiente, conforme necessário, fundamental para a eficiência de custos e preservar a energia da bateria em locais de difícil manutenção, tais como portos marítimos.”

A otimização da logística da cadeia de suprimento e a melhoria da produtividade nos sistemas de distribuição são fundamentais para a rentabilidade da nossa economia cada vez mais global, além de melhorar também a economia de combustível dos navios com um impacto ambiental positivo”,acrescentou Rodrigo Serna, Presidente para a América Latina, Gemalto.”Soluções como as proporcionadas pela Duodigit promovem o avanço do Brasil e da América Latina, aumentando a eficiência da logística portuária.”

Fonte: Gemalto

 

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<