Últimas notícias

Fique informado
WhatsApp agora indica para usuários a existência da criptografia

WhatsApp agora indica para usuários a existência da criptografia

31 de janeiro de 2016

Spotlight

Comitê Gestor da ICP-Brasil aprova emissão primária por videoconferência

A aprovação cria o amparo jurídico necessário para a edição da Instrução Normativa que regulamentará e viabilizará o processo operacional da emissão primária de Certificados Digitais através de videoconferência.

22 de janeiro de 2021

Veja o que diz Miguel Martins da AET Europe sobre gerenciamento de eIDS

Como traçar a estratégia de IAM para sua organização? Confira o que diz a AET Europe, líder global em gerenciamento de identidades.

19 de janeiro de 2021

Reconhecimento facial sem prova de vida está com os dias contados, afirma CEO de uma das principais plataformas brasileiras de biometria facial

Conversamos com José Luis Volpini, CEO da CredDefense, uma das pioneiras e mais conceituadas plataformas de biometria facial do mercado brasileiro.

6 de janeiro de 2021

Carimbo do Tempo dá início ao fim da era dos protocolos proprietários na ICP-Brasil. Ouça

Segundo Dr. Roberto Gallo, o fim da era dos protocolos proprietários na ICP-Brasil tem data marcada e deve beneficiar fabricantes, prestadores de serviços e clientes finais.

28 de dezembro de 2020

WhatsApp agora indica para usuários a existência da criptografia

O WhatsApp, adicionou indicadores de criptografia para mostrar aos  usuários

31 de janeiro de 2016

E se não fosse o WhatsApp?

Chegou a hora de cuidar do rescaldo do incêndio provocado

22 de dezembro de 2015

O WhatsApp, adicionou indicadores de criptografia para mostrar aos  usuários que suas conversas estão protegidas do acesso de terceiros.

Regina Tupinambá - Fundadora e Diretora de conteúdo do CryptoID

Regina Tupinambá – Fundadora e Diretora de Conteúdo do CryptoID

Demostrar a existência de criptografia é uma boa prática por parte do WhatsApp porque despertará a atenção dos usuários para a questão da segurança e privacidade seja em aplicativos, emails ou sites.

É realmente inacreditável  que a maioria das empresas ainda não utiliza soluções de email com criptografia e identificação com o uso do certificado digital.

Existem soluções de baixíssimo custos, rápida implementação e super amigáveis para usuários finais.

Não adotar criptografia é meio que um desleixo com a segurança da informação e também uma apatia em relação ao que está acontecendo em torno dessa questão mundialmente quando governos e agencias de inteligência tentam inibir o uso da criptografia para justamente ter acesso livre aos conteúdos circulados na internet.

Mas vamos a notícia sobre os indicadores de criptografia do WhatsApp.

Como o WhatsApp apresenta a criptografia aos seus usuários?

A criptografia disponível no aplicativo é end-to-end, o que significa que suas mensagens estão protegidas em todo o percurso até chegar ao destinatário.

Capturas de tela da versão beta da próxima atualização, divulgadas na página do desenvolvedor Javier Santos no Google+, mostram os indicadores em ação.

whatsapp-main-01202016235251

O serviço já utiliza a criptografia end-to-end por padrão, mas agora vai mostrar aos usuários que suas mensagens estão sendo protegidas de forma proativa.

A criptografia é uma técnica de segurança usada em todos os sistemas computacionais que requerem proteção das informações transmitidas e armazenada.

A Criptografia é um recurso matemático para cifrar e decifrar mensagens

O ato de cifrar consiste em transformar um texto normal em texto secreto e o ato de decodificar é a operação inversa, consiste em transformar um texto cifrado em texto normal.

A criptografia era utilizada na antiguidade por reis e generais que se preocupavam em proteger suas informações táticas dos adversários.

Ao longo dos séculos os métodos de se proteger segredos foram evoluindo de acordo com o conhecimento tecnológico de cada período. E evoluímos da criptografia simétrica na qual se conhece as chaves que cifravam os segredos para a criptografia assimétrica.

A criptografia assimétrica utiliza duas chaves distintas que se complementam e neste sistema, não se conhece o segredo.

Atualmente, os dois protocolos mais usados para proteção de dados na Internet, o SSL (Secure Sockets Layer) e o TLS (Transport Layer Security) utilizam a criptografia assimétrica para proteger os dados transmitidos e armazenados e para proteger os e-mails são certificados digitais de usuários.

A criptografia não é exclusiva do mercado corporativo, qualquer usuário que tenha informações que não deseja que sejam expostas, deve criptografá-las.

Hoje dispomos de ferramentas que ajudam o usuário leigo a utilizar criptografia sem nenhum muito conhecimento  sobre isso.

Com esse indicador o Whatsapp vai  popularizar a criptografia e dar aos usuários o aculturamento sobre o tema.

Parabéns ao WhatsApp!

Com informações de http://www.itpro.co.uk/

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<