Últimas notícias

Fique informado

Blockchain não é apenas bitcoin! A tecnologia pode ajudar seu negócio!

17/01/2019

Há dentro destas companhias de tecnologia aqueles profissionais que devem ser internos, que é o cuore business, mas existem funções que podem ser terceirizadas e que trazem benefícios para os negócios

É comum que grande parte dos empresários associar Blockchain única e exclusivamente ao Bitcoin, mas sabemos que existem outras aplicações que podem ser excelentes para os negócios e são diversas aplicações.

Ricardo Slomka, Vice Presidente de Tecnologia das operações da Ewave do Brasil

Ricardo Slomka, Vice Presidente de Tecnologia das operações da Ewave do Brasil, explica que a empresa está inserida nesta tecnologia ajudando empresas a encontrarem o seu caminho na tecnologia caso haja necessidade desta implementação.

A parceria da Ewave com o Blockchain Research Institute – BRI, um grupo canadense que realiza pesquisas tecnológicas em nível mundial e cuja única sede fora do Canadá está justamente no Brasil, é fundamental neste projeto:

“A BRI faz a regulamentação, pois o Blockchain é algo aberto, uma iniciativa com novos algoritmos. Nesta parceria oferecemos este tipo de assessoria para todos os tipos de empresas. É bom salientar que esta tecnologia ainda está engatinhando e não existe no Brasil. O que temos aqui ainda são provas de conceito, sem aquela escala realmente industrial.”.

Slomka reforça que existem outras aplicações do Blockchain que precisam ser disseminadas para o empresariado brasileiro:

“A gente não só fala de Bitcoin, mas sim de cripto moedas pois, existem várias. Quem associa todo o sistema destas moedas virtuais com o Blockchain vai sempre lembrar desta em específico, por ser a principal, e a que trouxe a consciência do mercado, com infinitas aplicações.”

Tecnologia ainda é atual

Atualmente não houve uma mudança radical na tecnologia do Blockchain por ser algo bem recente. Antigamente havia esta parábola de criação de tecnologia, adaptação, disseminação em massa, industrialização e monetização que levava entre seis e sete anos. Hoje este tempo é mais curto, e neste caso específico, existe uma única versão com várias aplicações

Desafio é encontrar aplicações

É possível aplicar a tecnologia Blockchain em duas modalidades: Pública e Privada

– Na modalidade privada, as empresas se apropriam desta tecnologia – que é de domínio público – e constroem ferramentas e plataformas.  Um dos exemplos citados por Slomka é a IBM, que é parceira da Ewave neste mercado para provas de conceitos e projetos iniciais.

– Na modalidade pública, Slomka aponta uma das principais plataformas chamada,  EThereum, um dos Blockchains mais fortes que existem.

A tecnologia está disseminada, é fácil consumir Blockchain uma vez que o serviço já está amplamente disponível na Internet e a tecnologia de comunicação é simples – ficando o grande desafio apenas para a adaptação do modelo de negócio à solução tecnológica:.

“A evolução está em um patamar que eu chamo de vale da desilusão:  todo mundo quer mas não sabe o que fazer com isso. A nossa consultoria é nesta dor que o mercado está passando. O desafio, antes de mais nada, é analisar minuciosamente o negócio para saber se o Blockchain vai trazer resultados.  O BRI, nosso parceiro, faz esta análise para ver se a ferramenta é adequada para o desafio. Se tem dinheiro que chega nas mãos do último usuário e terá repasse de fundos, o Blockchain já é interessante”.

Contratos na rede

Outra aplicação em que o sistema é extremamente eficaz acontece quando há desconfiança entre os parceiros de algum negócio.

Muitas vezes um processo de negócio envolve dezenas de parceiras e gera estas dúvidas com relação à credibilidade dos envolvidos, com análise de dados cruzados para certificar se está tudo indo dentro do combinado:

“Os negócios envolvem dados e o Blockchain  transforma tudo em uma coisa mais neutra, totalmente imparcial e inquebrável. Até hoje ninguém conseguiu hackear, portanto não é vulnerável.”

A terceira aplicação são os Smart Contract, que de uma maneira simplificada, seria uma espécie de cartório na nuvem. Pode aplicar em todo tipo de contrato entre pessoas, qualquer registro que requer uma certificação.

O Blockchain possui diversas aplicações que vão além das moedas virtuais.

Blockchain, conheça nossa coluna!