Últimas notícias

Fique informado
Brasscom: Propostas Emergenciais do Setor de TIC no Enfrentamento da Covid-19

Brasscom: Propostas Emergenciais do Setor de TIC no Enfrentamento da Covid-19

26/03/2020

Brasscom-DOC-2020-030-Setor-de-TIC-e-a-Covid-19-v25 (1)O PRESENTE DOCUMENTO VEM PROPOR POLÍTICAS PÚBLICAS EMERGENCIAIS PARA MITIGAR RISCOS AO SETOR DE TIC OFERECENDO IMPORTANTE DESAFIO SOCIAL E ECONÔMICO IMPOSTO PELA COVID-19.

São Paulo, 25 de março de 2020 – Após a declaração da Organização Mundial da Saúde – OMS como pandemia o surto de Covid-19, as lições colhidas no combate da pandemia indicam ser o isolamento social. O início do contágio comunitário no Brasil e o consequente crescimento dos casos confirmados da doença, levou as esferas de governo, no âmbito dos entes federados, a adotar o confinamento dos brasileiros em suas residências, a exemplo de outros países afetados.

Tais medidas, drásticas, porém necessárias, impactam de forma dramática tanto a população, como a economia e o funcionamento das empresas.

Brasscom, Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, apoia esta medida e ontem tornou público documento com propostas de políticas públicas para mitigar riscos ao setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Além das propostas, o documento também apresenta iniciativas de empresas associadas visando resultados sociais e econômicos.

O documento sobre a propositura de Políticas Públicas Setoriais Emergenciais consolidado e validado pelo Conselho Administrativo da Brasscom, contém oito eixos: (i) Coordenação da Gestão da Crise; (ii) Manutenção do emprego e continuidade do crescimento; (iii) Robustecimento da Liquidez e da Solvência; (iv) Agilidade e Flexibilidade nas Relações Laborais e (v) Sustentabilidade das Infraestruturas Essenciais de TIC.

Com o avanço dos impactos causados pela Covid-19 ao redor do mundo, as empresas associadas à Brasscom, bem como, outras empresas do setor de TIC, têm construído esforços voltados à superação deste desafio e apresentaram iniciativas visando resultados sociais e econômicos, tais como: Sustentabilidade e Expansão de Serviços Essenciais, Implantação massiva de teletrabalho, Disponibilização de Plataformas de Audioconferência e Videoconferência, Big Data voltado à Covid-19, Disponibilização de conteúdos de capacitação, instrução e lazer, Acompanhamento da pandemia e Softwares e Apps.

Sergio Paulo Gallindo, presidente executivo da Brasscom, se coloca à disposição da imprensa para explicar o documento e posicionar o setor de TIC acerca das políticas públicas emergenciais.

Sobre a Brasscom
A Brasscom, Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, representa 80 empresas de tecnologia e reúne 31 instituições que proveem insumos enriquecedores ao setor de TIC. A Brasscom exerce papel de articulação entre os setores público e privado, propondo e participando da construção de políticas públicas que consolidem o Brasil como um país digital, conectado e inovador. Além disso, a entidade tem como missão trabalhar em prol do desenvolvimento do setor, disseminando seu alcance, potencializando seus efeitos sobre a economia e o bem-estar social na Era Digital e atua na conscientização da importância da transformação digital e inovação, na busca pela inclusão de computação no ensino médio e na valorização das diversidades.

A PROPOSITURA DE POLÍTICAS PÚBLICAS SETORIAIS EMERGENCIAIS

ACESSE O DOCUMENTO