Últimas notícias

Fique informado

Avast detecta e protege usuários contra malwares multifuncionais direcionados para bancos, usuários de e-mails e Netflix

07/08/2019

Spotlight

Consentimento: dádiva ou presente de grego?

Obteve o consentimento? Então, seus problemas acabaram. Será?

06/09/2019

O que vai rolar no próximo CertForum? Programação atualizada. Confira!

A 17ª edição do CertForum será realizada em Brasília entre os dias 24 e 26 de setembro.

05/09/2019

Ataques por email são a maior ameaça para as empresas revela estudo

É realmente surpreendente que empresas contratem seguros contra ciberataques por invasão via emails corporativos e não adotem simples soluções para prevenção.

04/09/2019

Tempest identifica fraude que capturou dados de mais de 2,3 milhões de cartões

Malware foi instalado em 2.600 pontos de vendas de estabelecimentos comerciais em todo o Brasil
A equipe de Threat Intelligence da Tempest identificou uma campanha de malware direcionada à captura de dados de cartões de pagamento

23/05/2019

A Avast  [LSE: AVST], líder global em produtos de segurança digital, desde o início deste ano, protegeu cerca de 27.000 usuários contra o Guildma – um malware que inclui uma ferramenta de acesso remoto (RAT), spyware, além de capacidades de roubo de senhas e trojans bancários.

netflixAnteriormente, Guildma segmentava usuários e serviços no Brasil, infectando apenas computadores rodando em português. Mas, agora, o malware passa por mais de 130 bancos e 75 outros serviços na internet, como Netflix, Facebook, Amazon e Gmail, no mundo todo.

No entanto, ainda evita computadores operando em inglês. O Laboratório de Ameaças da Avast acompanha o Guildma há vários meses e, agora, publica uma análise detalhada sobre o malware.

E-mails de phishing direcionados que levam à infecção

O Guildma se espalha por meio de e-mails de phishing direcionados, apresentando-se como faturas, relatórios de impostos, convites ou podem ser semelhantes a mensagens.

Os e-mails são personalizados, no sentido de abordar suas vítimas pelo nome. Os cibercriminosos por trás da campanha possivelmente obtêm essas informações, endereço de e-mail e nome, a partir de vazamentos de dados na darknet, ou usam dados roubados de usuários previamente infectados para atingir outras pessoas.

Os e-mails contêm um arquivo ZIP anexo com um arquivo LNK malicioso1, enviado por websites infectados, alugados ou comprados.

Quando um usuário abre o arquivo LNK mal-intencionado, ele usa uma ferramenta de linha de comando do Windows Management Instrumentation e baixa silenciosamente um arquivo XSL também mal-intencionado.

O arquivo XSL faz o download de todos os módulos do Guildma e executa um primeiro estágio, que carrega todos os outros módulos de malware.

Em seguida, o malware torna-se ativo e aguarda por comandos de um servidor de comando e controle e / ou interações específicas do usuário, como a abertura de uma página web de um dos serviços alvo.

O Guildma rastreia os computadores infectados para encontrar arquivos relacionados ao aplicativo bancário, janelas que podem pertencer a esses aplicativos e até mesmo janelas do navegador com websites de e-banking abertos, incluindo ainda paypal[.]com, pagseguro.uol[.]com.br e serasaexperian[.]com.br, sitenet.serasa[.]com.br e servicos.spc[.]org.br.

Caso não detecte nenhuma janela ou programa pertencente a um dos bancos da sua lista, o Guildma busca por determinados clientes de e-mail no desktop (como serviços de webmail do mail.live[.]com, outlook.live[.]com, login.live[.]com, email.uol[.]com.br, mail.uol[.]com.br, mail.yahoo[.]com, login.yahoo[.]com, mail.google[.]com, accounts.google[.]com e mail.terra[.]com.br) e serviços como Netflix, Amazon e Facebook abertos nas janelas do navegador. Também estão na mira twitter[.]com e Instagram[.]com.

Dentre alguns dos websites de compras online no alvo dos cibercriminosos, há também: aliexpress[.]com, amazon[.]com, ebay[.]com, ricardoeletro[.]com, walmart[.]com, magazineluiza[.]com, americanas[.]com.br, passarela[.]com.br, shoptime[.]com.br, groupon[.]com.br, boticario[.]com.br, pontofrio[.]com.br, centauro[.]com.br, peixeurbano[.]com.br, lojasrenner[.]com.br, comprafacil[.]com.br, avon[.]com.br, decolar[.]com, colombo[.]com.br, mercadolivre[.]com, extra[.]com.br, ultrafarma[.]com.br, kabum[.]com.br, netshoes[.]com.br, buscape[.]com.br, chillibeans[.]com.br, casasbahia[.]com.br, dafiti[.]com.br e submarino[.]com.br. Há ainda companhias aéreas: voeazul[.]com.br, voegol[.]com.br e tam[.]com.br.

Quando o Guildma detecta um dos serviços da sua lista, ele é capaz de realizar várias ações, incluindo o roubo de credenciais e contatos de login, captura de tela, interceptação de cliques do mouse e do teclado, controle remoto do computador, meios de pressionar teclas, clicar com o mouse e manipular arquivos. Além disso, o Guildma pode baixar mais arquivos e executá-los.

“O Guildma é um malware altamente modular e complexo que suporta uma ampla gama de funcionalidades e está atualmente em rápido desenvolvimento, expandindo a gama de bancos-alvo do Brasil para bancos utilizados em outros países da América Latina”, disse Adolf Streda, pesquisador de malware da Avast.

Detectando o Guildma

Se um dispositivo estiver infectado pelo Guildma, os usuários poderão notar uma conexão de rede ruim devido às capturas de telas enviadas através da rede, invasão de linha ou por meio de respostas do computador com atraso.

O Guildma também pode impedir que certos atalhos de teclado funcionem e pode até mesmo desconectar usuários ou fechar janelas de navegação, para forçar as pessoas a fazerem o login em suas contas novamente para roubar suas credenciais.

Protegendo-se contra o Guildma

Softwares antivírus, como o Avast Free Antivirus, podem detectar malwares como o Guildma. Além disso, os usuários devem evitar a abertura de anexos ou links incluídos em emails que parecem ser de empresas de varejo ou bancos. Primeiramente, devem verificar com o suposto remetente se o e-mail realmente veio dele.

Uma análise completa do Guildma pode ser encontrada no blog Decoded Avast.

Sobre a Avast

A Avast (LSE: AVST) é líder global em produtos de segurança digital. Com mais de 400 milhões de usuários online, a Avast oferece produtos com as marcas Avast e AVG, que protegem as pessoas de ameaças na internet e no emergente cenário de ameaças de IoT.

A rede de detecção de ameaças da empresa está entre as mais avançadas do mundo, usando tecnologias de aprendizado de máquina e de inteligência artificial para detectar e deter ameaças em tempo real.

Os produtos de segurança digital da Avast para Mobile, PC ou Mac têm conceito superior e são certificados por VB100, AV-Comparatives, AV-Test, OPSWAT, ICSA Labs, West Coast Labs e outros. Visite o site da Avast.

Tempest identifica fraude que capturou dados de mais de 2,3 milhões de cartões

ESET descobre Amavaldo: Trojan bancário destinado ao Brasil e ao México