Últimas notícias

Fique informado
Carregador de Cigarro Digital pode ser nova fonte de malwares

Carregador de Cigarro Digital pode ser nova fonte de malwares

27/11/2014

O renomado jornal The Guardian publicou na última sexta-feira uma matéria especial em que um leitor relata a infecção de seu computador por malwares de uma maneira inusitada. De acordo com a história a presença de softwares maliciosos se deu através do carregador de um aparelho muito usado principalmente no exterior, o E-Cig ou Cigarros eletrônicos.

Para quem não sabe, esse produto foi desenvolvido com o objetivo de simular o efeito do fumo no organismo e auxilia as pessoas que desejam parar com esse hábito. Entre os modelos disponíveis no mercado estão os descartáveis e os mais atuais que permitem a troca de peças  ou que contem carregadores portáteis.

O motivo de todo o alvoroço aconteceu justamente por conta do último modelo citado. De acordo com a história publicada no jornal, o computador de um executivo de uma grande corporação estava infectado, e mesmo com diversos procedimentos como de anti-vírus e proteções anti-malwares não foi possível descobrir a origem do problema.

O The Guardian apontou ainda que os profissionais da área de TI da incorporação começaram a sugerir outras entradas para o software malicioso, e a partir de algumas perguntas sobre as mudanças na vida pessoal do executivo, chegou-se a solução que o vírus foi incorporado por meio do carregador do cigarro eletrônico do executivo. Já que o mesmo, havia parado de fumar a pouco tempo.

Alguns blogs internacionais citaram a matéria como sensacionalista e acreditam que é importante diferenciar o que é conteúdo e o que é desinformação,  já que de acordo com os comentaristas  as pessoas  já estão “inundadas” de falsas declaração e ameaças.

Outro ponto levantado no Reddit – site de publicações sociais na internet – é a quantidade de modelos de E-cig que possuem seus VAPS com entrada USB, além do número de carregadores “genéricos” que poderiam passar facilmente os malweres a qualquer computador.

Isso significa que poderíamos estar facilmente expostos a esse risco, portanto independente da história ser real ou não, precisamos criar uma consciência ao usar nossas máquinas.

Atualizar-se constantemente, comprar produtos preferencialmente originais e manter o anti-vírus do computador atualizado são alguns pequenos passos importantes e que podem fazer a diferença. Além disso, converse com o departamento de TI da sua empresa, e saiba o que é feito para proteger a sua rede, afinal toda informação é bem vinda!

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<