Últimas notícias

Fique informado

Dados de 92 milhões de brasileiros foram leiloados em fóruns clandestinos informa ESET

09/10/2019

O Banco de dados contém 16GB de informações negociadas com preço inicial de US$ 15.000

Um banco de dados com informações pessoais de 92 milhões de brasileiros está sendo leiloado em fóruns clandestinos de acesso restrito na Internet.

Para o registro nestes fóruns, é necessário obter um convite de alguém da comunidade ou realizar o pagamento de uma taxa. O banco de dados leiloado conta com 16GB de tamanho, no formato SQL, e o preço inicial do leilão é de US$ 15.000, com um lance (inicial) de US$ 1.000. A informação foi divulgada inicialmente pelo portal Bleeping Computer e é analisada pela ESET .

O vendedor X4Crow diz contar com 92 milhões de registros, separados por cidade e que incluem nomes, datas de nascimento, nome da mãe, sexo e número de CPF de brasileiros. O banco de dados também conta com detalhes sobre pessoas jurídicas, ou seja, o CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica) de empresas brasileiras.

Além do banco de dados disponível em fóruns, o vendedor também oferece um serviço de busca, que promete disponibilizar informações valiosas sobre os cidadãos brasileiros a partir de apenas alguns dados. Usando informações como o nome completo, o CPF ou o número de telefone, o X4Crow diz poder fornecer números de telefone (celular e telefone fixo), endereços antigos, endereço de e-mail, profissão, nível educacional, possíveis parentes, vizinhos e placas de carro de brasileiros.

O X4Crow disse poder obter dados sobre qualquer empresa e sua estrutura corporativa. O preço para o serviço é de US$ 150, apesar de oferecerem descontos ocasionais de US$ 50.

Daniel Barbosa, pesquisador de segurança da informação da ESET, destaca que o caso serve como um alerta para que os usuários e empresas cuidem de suas informações.

“Mesmo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) entrando em vigor em breve, ainda temos notícias alarmantes como essa. É necessário que todos, pessoas e empresas, tomem medidas efetivas para proteção dos dados a fim de evitar que este tipo de incidente volte a ocorrer”, alertou o pesquisador. O uso de uma solução de segurança da informação e a atualização de sistemas operacionais e programas ou aplicativos podem reforçar a segurança de todos, reforça a ESET.

A ESET possui o portal # quenãoaconteca , com informações úteis para evitar que situações cotidianas afetem a privacidade online.

Para saber mais sobre segurança da informação, entre no portal de notícias da ESET: www.welivesecurity.com/br/

 

Sobre a ESET

Desde 1987, a ESET® desenvolve soluções de segurança que ajudam mais de 100 milhões de usuários a usar tecnologia com segurança. Seu portfólio de soluções oferece às empresas e aos consumidores em todo o mundo um equilíbrio perfeito de desempenho e proteção proativa. A empresa possui uma rede global de vendas que abrange 180 países e tem escritórios em Bratislava, São Diego, Cingapura, Buenos Aires, Cidade do México e São Paulo. 

ESET alerta: recurso para apagar para todos os dados do WhatsApp não elimina arquivos enviados a usuários do iPhone

ESET identifica um malware espião no Google Play

ESET descobre Amavaldo: Trojan bancário destinado ao Brasil e ao México

ESET Security Day aborda segurança da informação para empresas