Últimas notícias

Fique informado

Fintechs precisam aprender a equilibrar crescimento e segurança

14 de agosto de 2023

Spotlight

Como o Tether (USDT) se tornou a principal criptomoeda no Brasil 

No dinâmico cenário das criptomoedas em 2023, o Tether (USDT) conquistou a posição de destaque como a principal escolha entre os brasileiros.

23 de fevereiro de 2024

Entrevista com Marco Zanini, CEO da DINAMO Networks, sobre sigilo e assinatura digital

O CEO da DINAMO Networks, Marco Zanini, destacou o sigilo e as assinaturas digitais, além de abordar os principais marcos de 2023 e expectativas para 2024

19 de fevereiro de 2024

FIDO redefine a segurança online com a autenticação sem senhas

As senhas perduram, apesar do crescente consenso de que seu uso precisa ser reduzido, se não substituído.

16 de fevereiro de 2024

1º Insurance Mega Trends

O evento Insurance Mega Trends trará as principais tendências em seguros com personalidades nacionais e internacionais.

15 de fevereiro de 2024

Open Finance, ou Sistema Financeiro Aberto, e suas variações por setor econômico. Por Susana Taboas

Sistema Financeiro Aberto permite que as empresas e os indivíduos acessem dados financeiros de diversas fontes em um único lugar.

6 de fevereiro de 2024

Uso de assinaturas eletrônicas cresce 140% e deve chegar a 2 milhões/mês

Dados da ZapSign mostram ainda que adoção de assinaturas eletrônicas por empresas quase dobrou no ano de 2023

29 de janeiro de 2024

eIDAS – REGULAMENTO (UE) N.o 910/2014 DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO

eIDAS – REGULAMENTO (UE) Nº 910/2014 DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO

20 de outubro de 2020

Estruturar uma área de compliance e investir em tecnologia para proteger a empresa e o cliente são essenciais para crescer de forma segura

Um dos grandes desafios das startups do setor financeiro é a capacidade de ganhar escala rapidamente, sem deixar de lado o investimento em segurança.

Hoje, o Brasil é o país da América Latina com o maior número de fintechs ativas: são 632 empresas do tipo em funcionamento, segundo o relatório Fintech Global Vision, da Finnovating.

As mudanças recentes no setor, puxadas pelo lançamento do PIX e do Open Banking, geraram diversas oportunidades, mas, ao mesmo tempo, trouxeram também desafios.

“O crescimento acelerado do PIX, que superou em pouco tempo outras formas de pagamento e transações, trouxe consigo um aumento no número de fraudes. Isso se aplica também para o Open Finance: como proteger os dados? Não temos tantas soluções ainda no mercado, ou seja, isso se tornou um desafio que as fintechs precisam superar, e ao mesmo tempo uma oportunidade para as empresas que trabalham com segurança de criarem soluções para proteger as companhias dessas fraudes”, aponta Felipe Santiago, CEO da CashWay, techfin com soluções end-to-end focadas em atender demandas de Instituições Financeiras e de Pagamento.

O assunto foi pauta do Conexão Inovafin, evento promovido pela CashWay, em parceria com a Celcoin, Awtra e Akropoli, na sede da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE), em Florianópolis/SC.

No painel “Encontrando o Equilíbrio: Crescimento em Escala e Segurança no setor financeiro”, os palestrantes debateram o assunto e trouxeram dicas para superar o desafio.

Compliance como aliado do crescimento

Não considerar a criação e manutenção de uma área de compliance no orçamento é um erro comum de muitas empresas do setor durante o desenvolvimento do plano de negócios.

Para Felipe, na fase inicial de uma fintech, ela até pode usar a tecnologia para se proteger. Mas a partir do momento que começa a escalar, é essencial estruturar uma área de compliance.

“Qualquer empresa de tecnologia do mercado financeiro tem que ter uma área de compliance. Eu demorei um pouco a entender a importância desse investimento, mas hoje percebo que é ela, junto com a tecnologia, que garante a segurança da companhia. Quando as regras de compliance estão rodando corretamente, as chances de algo errado acontecer caem para quase zero. Aí você percebe que conseguiu estabilizar a empresa”, conta.

Para startups menores, com uma equipe mais enxuta, outras opções também podem servir, segundo Luiz Penha, founder e COO da Nextcode.

“Hoje o mercado oferece diversas opções, você pode ter um DPO as a Service, Compliance as a Service, etc.”.

Luiz também destaca outro ponto importante para garantir a segurança da empresa. “Quando a gente fala de escala de segurança, o ponto primordial é: ‘como é a entrada do meu usuário?’. Quanto mais tecnologia você conseguir aplicar nessa etapa, mais segurança você vai gerar depois”, destaca.

FEBRABAN TECH 2023: A Transformação do Setor Financeiro pela Visão das Fintechs

ABFintechs promove evento sobre cibersegurança em meios de pagamento

Fintech brasileira recebe certificação da Abes

SOBRE CRYPTO ID

Somos o maior portal brasileiro sobre Criptografia e Identificação Digital.

Desde 2014 levamos as melhores e mais atualizadas informações sobre o mercado brasileiro e internacional de segurança digital para mais de 2 milhões de usuários únicos por ano.

As empresas que nos apoiam contribuem para a construção de um mundo digital mais seguro, confiável e tranquilo.

Acompanhe o Crypto ID nas redes sociais!