Últimas notícias

Fique informado

Low-code: “a tecnologia do ano” em 2023

7 de fevereiro de 2023

Spotlight

Ricardo Saravalle assume a liderança do Meta Hub de Soluções Digitais

O executivo vai liderar o centro de excelência de soluções

23 de maio de 2024

INSS passa exigir Certificado ICP-Brasil A3 para advogados que atendem Acordos de Cooperação Técnica (ACTs)

Para acessar o Portal de Atendimento (PAT) os advogados precisarão ter o certificado digital ICP-Brasil A3.

21 de maio de 2024

Do Deepfake ao ChatGPT: como a evolução tecnológica está influenciando as fraudes e golpes que vemos hoje?

Os golpes, de falsificação de identidade bancária a investimentos fictícios e golpes românticos, são cada vez mais diversificados

20 de maio de 2024

Contato Seguro une forças com a DOC9 para trazerem mais segurança aos abrigos do Rio Grande do Sul

Contato Seguro une forças com a Doc9 para trazerem mais segurança aos abrigos do Rio Grande do Sul. Essa parceria é essencial para enfrentar o momento difícil que o estado está passando devido às enchentes.

20 de maio de 2024

Governo Federal apoia Rio Grande do Sul na emissão 2ª via da Carteira de Identidade Nacional

O mutirão coordenado pelo Governo do RS começou nos abrigos de Porto Alegre. Expedição da segunda via será imediata

20 de maio de 2024

Reconhecimento facial: a nova fronteira de segurança em meio aos desafios dos Deepfakes

A capacidade dos deepfakes de imitar e falsificar identidades compromete diretamente a eficácia do reconhecimento facial

20 de maio de 2024

Nuvens Tempestuosas: Navegando pelo Panorama Complexo da Cibersegurança na Nuvem

Enquanto as organizações migram cada vez mais dados e serviços para a nuvem, a complexidade e a magnitude das ameaças cibernéticas também crescem.

15 de maio de 2024

Low-Code, um aliado para a estratégia omnichannel

As empresas podem se beneficiar do Low-Code a partir da realização de análises de dados para aumentar a produtividade e atender as demandas

7 de dezembro de 2022

Cinco pontos porque o Low-Code é o futuro dos bancos digitais e fintechs

De acordo com o Gartner, 70% dos novos aplicativos desenvolvidos pelas empresas utilizarão a tecnologia Low-Code ou No-Code até 2025.

11 de outubro de 2022

E é daí que surge low-code como um habilitador da transformação digital, não só para a aceleração do tempo de resposta para os negócios

Cerca de três anos após a ascensão, aceleração e domínio absoluto de conceitos e aplicações sobre transformação digital e transformação ágil no mercado de tecnologia, 2023 já chega trazendo consigo uma tendência em alta que promete ganhar força nas empresas ao reunir o melhor desses dois mundos: o low-code.

Cada vez mais utilizado pelas organizações que buscam acelerar suas entregas por meio de plataformas personalizadas e completas com utilização de poucos (ou nenhum) códigos, a abordagem low-code é tão promissora que até empresas como Microsoft, Salesforce e ServiceNow estão investindo nesse modelo de atuação.

E as razões são inúmeras, a começar pelo próprio desenho do mercado no que se refere à falta de profissionais qualificados.

Dados da IDC apontam que a escassez global de desenvolvedores em tempo integral deverá chegar a 4 milhões em 2025.

No Brasil, estima-se uma demanda de 159 mil profissionais capacitados em TIC por ano até 2025, diante de uma formação anual de apenas 53 mil profissionais, segundo a Brasscom (Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação).

Portanto, se de um lado o mercado aponta para uma necessidade crescente de agilizar o desenvolvimento e a entrega de aplicações, do outro ele também mostra uma carência do ponto de vista da mão de obra operacional.

E é daí que surge low-code como um habilitador da transformação digital, não só para a aceleração do tempo de resposta para os negócios, como também para redução da dependência de conhecimentos profissionais muito técnicos. 

Oferecendo uma série de benefícios aos negócios, o low-code vem se apresentando como mudança de paradigma, que empodera o trabalho dos desenvolvedores ao envolvê-los na estratégia organizacional, incentiva a mescla de profissionais tecnológicos e de gestão e oferece um custo/benefício satisfatório às empresas.

Segundo dados empíricos da Softtek, multinacional mexicana líder no setor de TI na América Latina, se somado a uma boa governança e uma boa estrutura, o custo de desenvolvimento por meio do low-code pode ser até quatro vezes menor na comparação com o full stack, assim como os ganhos em escalabilidade.

Isso por já embarcar uma estrutura de DevOps de fácil expansão tanto em termos de scale-up (aumento do tamanho de uma instância) quanto de scale-out (possibilidade de ter mais de uma instância fornecendo o mesmo serviço).

Além disso, a manutenção do low-code é bem mais simples tecnicamente falando, por ter menos intervenção de código.

Em meio a tantos benefícios, não por acaso as previsões de crescimento do low-code seguem otimistas.

De acordo com projeções do Gartner, o segmento mundial de tecnologias de desenvolvimento por low-code deve crescer 19,6% em 2023 na comparação com 2022, movimentando um mercado de US$ 26,9 bilhões.

Lembrando apenas que, apesar das boas-novas, antes de adotar de vez o low-code é preciso avaliá-lo dentro de um portfólio mais amplo de projetos, e não apenas para o desenvolvimento de uma única aplicação que não seja de alta relevância ou impacto.

Assim, as empresas do futuro poderão fazer o uso das novas tecnologias de forma responsável e assertiva, com soluções que entreguem mais do que agilidade e inovação, valor aos negócios.

Você sabe o que é Low Code?

Portugal à vista: escola promove curso gratuito de programação low-code 

Escola digital promove oportunidade para formar programadores em linguagem low-code

Low-code na área da saúde: aplicações e usos que podem revolucionar o segmento

Em novembro de 2024 completaremos Uma Década De Sucesso!

Crypto ID trilhou um caminho incrível!

Desde o seu início, temos sido acompanhados por uma comunidade apaixonada e engajada, que cresce a cada ano. Com dois milhões de seguidores por ano, nossa jornada é marcada por conquistas, inovação e colaboração.

As empresas mantenedoras têm sido pilar fundamental para o nosso crescimento contínuo. Seu apoio nos permite manter a qualidade e a relevância das informações que compartilhamos. Agradecemos a cada uma delas por acreditar na nossa missão e nos ajudar a construir uma comunidade forte e informada.

E não podemos esquecer do nosso excepcional time de colunistas! São eles que trazem insights, análises e opiniões valiosas para os nossos leitores. Com suas vozes únicas, eles enriquecem o conteúdo do Crypto ID e nos ajudam a manter a excelência.

À medida que nos aproximamos de mais um aniversário, renovamos nosso compromisso com a segurança digital, a privacidade e a tecnologia. Obrigado a todos que fazem parte dessa incrível jornada!

Juntos trabalhamos por um mundo digital com mais sigilo, identificação e segurança gerando confiança para que empresas, máquinas e pessoas possam confiar umas nas outras.

Você quer acompanhar nosso conteúdo? Então siga nossa página no LinkedIn!