Últimas notícias

Fique informado

Afinal, o que é logística 4.0 e como pode ser aplicada no e-commerce?

15/07/2019

As tecnologias disponíveis aos negócios, assim como as novidades em termos de gestão empresarial, a todo momento exigem que as empresas se modernizem para sobreviver e crescer em mercados cada vez mais competitivos

Por Juca Oliveira*

Nesse contexto, trataremos de um assunto importante e bem atual: a logística 4.0, abordando seu conceito, benefícios, desafios e aplicação ao e-commerce. Continue com a leitura e confira!

O que é logística 4.0?

A logística 4.0 nada mais é que a utilização de modernas ferramentas de tecnologia de informação e comunicação aos procedimentos logísticos de uma empresa. Entre tais recursos, podemos mencionar:

  •  Sistema Integrado de Gestão Empresarial — ERP (Enterprise Resource Planning)
  • computação em nuvem (cloud computing);
  • sistemas de manipulação de dados, como o big data ou o data mining;
  • internet das coisas (internet of things);
  • inteligência artificial.

Porém, paralelamente a isso, é necessário reestruturar o modo de funcionamento da organização, visando torná-la mais ágil. Nesse sentido, alguns de seus desafios são:

  • implantar uma gestão voltada para os processos de trabalho para aperfeiçoar suas operações;
  • alterar a cultura organizacional, a fim de que os empregados se ajustem e colaborem com a nova sistemática de trabalho.

Juca Oliveira | CEO e Fundador de B2LOG

O que é um processo de trabalho?

Tradicionalmente, as firmas têm sido organizadas em departamentos: compras, vendas, produção, contabilidade, recursos humanos etc., de forma que cada funcionário se ocupa e enxerga apenas as obrigações que lhe cabe em seu setor.

Um processo de trabalho requer uma mentalidade diferente: o colaborador faz parte de uma equipe e desempenha um papel dentro de um fluxo de tarefas ordenadas e rotineiras, que visam a um determinado objetivo.

Digamos que um comércio virtual (loja online) realize as seguintes operações:

  1. recepção e registro do pedido de um cliente;
  2. encaminhamento do pedido ao estoque;
  3. separação e embalagem do produto;
  4. emissão de documentos (nota fiscal e fatura);
  5. encaminhamento do produto ao cliente.

Perceba que se trata de uma série de tarefas repetitivas, cuja totalidade podemos chamar de “processo de venda”. Nele, existem funcionários que desempenham uma ou mais atividades, ao lado de outros.

A operação acima não poderá ser realizada se ela não puder contar com outro conjunto de atividades, competente à logística: compras, armazenamento e transporte das mercadorias para venda — ou seja, de um “processo logístico”.

Como inovar o processo logístico de um e-commerce?

Um e-commerce poderá automatizar suas tarefas logísticas ao investir em tecnologias como as que citamos acima, de modo a aprimorar muitas de suas funções, tais como:

  • controle eficaz de estoques;
  • comunicação em tempo real aos diversos funcionários envolvidos numa transação (uma compra ou uma venda de mercadorias, por exemplo);
  • emissão de documentos fiscais necessários ao envio de produtos comercializados — Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) etc.
  • gestão eficiente do transporte (rastreamento e monitoramento da carga ou do veículo etc).

Quais os benefícios dessa inovação?

Os benefícios da implementação da logística 4.0 em um negócio empresarial, sobretudo do tipo eletrônico, são os mais diversos. Vejamos alguns deles:

  • redução de custos, seja por evitar perdas com estoques (mercadorias paradas ou de difícil vendagem) ou em decorrência da necessidade de um número menor de funcionários para efetuar as operações logísticas;
  • fidelização da clientela (um cliente satisfeito voltará a comprar de sua empresa);
  • aumento da competitividade da firma, em razão do aperfeiçoamento de sua competência (o que certamente resultará em mais receita e, portanto, em maiores lucros);
  • posicionamento da organização no mercado em que ela atua.

Percebeu como a logística 4.0 é algo dinâmico e com grande potencial de alavancar seu comércio eletrônico? Em um mundo em constante transformação, não se pode ficar à margem das inovações tecnológicas e de gestão, não é mesmo?

Fonte: E-commerce Brasil

Máxima Sistemas lança primeira plataforma unificada de gestão comercial para o atacado distribuidor

Máxima Sistemas lança nova plataforma de atendimento