Últimas notícias

Fique informado

Assine.Online amplia plataforma de assinatura digitais para atender mercado de educação

23 de fevereiro de 2021

Spotlight

PL 317/21: Plenário aprova criação do Governo Digital

O PL 317/2021, conhecido como o do Governo Digital segue agora para sanção presidencial.

26 de fevereiro de 2021

Qual é o valor legal de uma assinatura eletrônica?

No passado, muitas pessoas relutavam em usar documentos ou assinatura eletrônica, questionando sua validade legal e a capacidade de usá-los como evidência ​​em processos judiciais ou demais contextos jurídicos

25 de fevereiro de 2021

Diretor da Digicert fala sobre os megavazamentos no Brasil e as novas relações de confiança na internet

Segundo Dean Coclin , “Os consumidores devem agora olhar além da fechadura para verificar se o site é autêntico”.

24 de fevereiro de 2021

Assinatura Eletrônica nos contratos e em outros atos jurídicos

“A assinatura eletrônica decorrente de certificados emitidos no âmbito do ICP-Brasil é eficaz para qualquer ato jurídico por força do art. 10 da MP 2.200-2/2001”

23 de fevereiro de 2021

Mergulhando e Navegando no Submundo da Deep Web

Deep Web (dark web, deepnet, invisible net, undernet, ou hidden web) refere-se a qualquer rede fechada que compreende um grupo privado de pessoas, que querem se comunicar.

25 de julho de 2016

A startup criada pela Soluti visa aumentar o uso da plataforma de assinatura para diferentes setores e espera gerar um faturamento de R$ 3 milhões até o final de 2021

Assine.Online, uma startup de assinaturas digitais criada pela Soluti, amplia sua plataforma para atender o mercado educacional. Com a Assine.Online é possível realizar a validação de todos os tipos de documentos como declarações, históricos, diplomas, etc. 

O objetivo é suprir as demandas das instituições de ensino e facilitar o processo de digitalização para a emissão e compartilhamento de arquivos digitais.

Charles Brasil – Gerente Comercial da Assine.Online

De acordo com Gerente Comercial da Assine.Online, Charles Brasil, a empresa tem desenvolvido novos mecanismo que irão ampliar as opções para que as instituições possam realizar seus processos acadêmicos digitalmente, além de cumprirem as novas normas do Ministério da Educação – MEC, como, por exemplo, a portaria 554/2019 que exige a implementação do diploma digital até o final de 2021.

E, ainda a 1095/2018, que dispõe sobre a expedição e o registro de documentos acadêmicos no formato digital. “A ideia é oferecer aos clientes uma ferramenta prática, eficiente e econômica, com uma estrutura que permite às faculdades assinar, emitir e arquivar quaisquer documentos digitalmente como diploma, certificados e boletins”.

As mudanças na plataforma de assinatura fazem parte da estratégia de ampliar a utilização da solução por diferentes setores que buscam estar preparados para a transformação digital, impulsionada pela crise. A expectativa é que a Assine.Online gere um faturamento de R$3 milhões até o final de 2021.

Segundo o executivo, a educação é uma das áreas mais promissoras, pois vive em constante mudança, além de ter sido uma das mais afetadas pela pandemia.

Com o isolamento social as aulas presenciais foram suspensas, fazendo com que as instituições tivessem que se adequar a realidade do ensino a distância e buscar alternativas para facilitar os processos internos e agilizar o ingresso dos alunos.

“Por meio do uso do Assine.Online, as escolas, cursos preparatórios e universidades podem realizar a assinatura digital de contratos e fazer as matrículas a distância, sem a necessidade do aluno se deslocar até a unidade. Além de reduzir custos, eliminando os gastos com o uso do papel, impressão e armazenamento,” explica.

A solução oferece também uma forma simples e intuitiva de se enviar um documento para qualquer pessoa, por meio de múltiplos dispositivos móveis para ser assinado digitalmente.

Além de permitir usar os 03 tipos de assinaturas digitais existentes: simples, utilizada para transações de baixo risco; avançada, aplicada em processos e transações com o poder público; e a qualificada que depende do uso do Certificado Digital no padrão Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileiras (ICP-Brasil).

Aqui a ferramenta pode ser integrada ao Certificado Digital em nuvem da Soluti, o Bird ID –  que  amplia e facilita o uso da assinatura qualificada, garantindo a integridade, confidencialidade, e segurança dos dados.

Entre os setores que podem se beneficiar do uso da plataforma estão: contabilidade, administrativo, imobiliário, financeiro entre outros.

Fonte: Soluti Responde

Soluti dá 7 dicas de como manter seus e-mails seguros de verdade!

Diretor da Soluti, em entrevista, fala sobre 2020 e as expectativas para 2021

Soluti atinge 5 milhões de Assinaturas Digitais. Ouça

Siga o Crypto ID no Linkedin e acompanhe as atualizações sobre inovação e segurança da informação com foco em eIDs e Criptografia!