Últimas notícias

Fique informado

Certificação Digital para órgãos públicos: por que adotá-la? Ouça

16/07/2020

Spotlight

Presidente do ITI fala sobre a CertLive que abordou as MPs 951 e 983

Conversamos com Carlos Roberto Fortner sobre a primeira CertLive recebeu parlamentares e integrantes do governo brasileiro em torno das MPs 951 e 983 de 2020.

31/07/2020

Associações da Sociedade Civil manifestam seu apoio à aprovação da MP 951/2020

A MP autoriza a emissão dos certificados digitais, no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil, por meio de videoconferência.

31/07/2020

O pequeno herói e sua conexão com a tecnologia para acesso ilimitado e seguro

Neste ebook apresentamos a história do pequeno herói neerlandês e sua conexão com a tecnologia do SafeSign e todo o ecossistema de soluções da AET – Unlimited access to your world.

22/07/2020

Carteira do Conselho Regional de Contabilidade: tire suas dúvidas sobre esse documento. Ouça

Um dos documentos mais importantes para atuação do profissional da contabilidade é, sem dúvida, a carteira CRC.

06/07/2020

Entenda as diferenças entre Assinatura Digital e Eletrônica. Ouça

Iniciativas como abandonar o uso do papel e eliminar os processos manuais são cada vez mais comuns nos negócios. As vantagens trazidas pelos meios digitais são alguns dos pontos que motivam empresas a optarem por esse padrão, rompendo com as metodologias tradicionais.

29/06/2020

Quando se pensa em órgãos públicos, é bastante difícil não fazer associação com burocracia e filas, aumentando a necessidade do digital

Por Soluti

A verdade é que durante muito tempo essa foi a realidade vivenciada em instituições dessa natureza, criando uma imagem negativa para muitos órgãos governamentais.

Entretanto, a tecnologia tem revertido esse quadro, trazendo inovações e melhorias na prestação de serviços, na comunicação e na relação do cidadão com os poderes públicos.

Exemplo disso é a Certificação Digital para órgãos públicos, que se tornou presente em diferentes atividades, sobretudo as empresariais, como emissão de documentos fiscais, acesso a sistemas de informação públicos e outros.

Nos últimos anos, ficou ainda mais perceptível o interesse dos governos em investir em Certificação Digital, inserindo essa tecnologia em diversas ações que envolvem ou que dependem de órgãos públicos, como a Receita Federal do Brasil e as Secretarias de Fazenda dos estados.

Esse fortalecimento da Certificação Digital para órgãos públicos é um movimento que certamente tem as suas motivações. Preparamos este artigo para abordar algumas delas, mostrando como essa tecnologia é vantajosa também para o setor público. Acompanhe!

Como o Certificado Digital pode ajudar os órgãos públicos?

A contribuição do Certificado Digital para os órgãos públicos pode ser extremamente ampla, abarcando tanto os processos internos, relativos ao próprio funcionamento da instituição, quanto os externos, quando as atividades envolvem o atendimento ao cidadão.

Internamente, por exemplo, o Certificado Digital poderia oferecer o suporte necessário para que um órgão com capilaridade, isto é, que opera em diferentes localidades do país, possa funcionar de forma mais centralizada, trocando informações de maneira digital.

Em vez de perder tempo e recursos movimentando vias físicas de documentos, processos e outros arquivos.

Nesse caso, aqueles órgãos que têm muitos processos em papel, que necessitam transitar com um alto volume de documentos fisicamente, por via postal, podem transformar completamente as suas operações com o Certificado Digital.

Esses processos podem assumir o formato eletrônico, reduzindo significativamente a burocracia e os custos envolvidos em seu manuseio.

Para isso, plataformas de assinaturas, por exemplo, podem viabilizar a assinatura digital de funcionários, o que permite que documentos digitais sejam compartilhados online e acessados somente pelas pessoas autorizadas.

Além disso, setores de licitação podem otimizar todo o procedimento de contratação de serviços e compras de produtos ao digitalizar as fases envolvidas neles.

Assim, o trâmite ocorre em sistemas próprios, em que os funcionários e autoridades com poder de decisão podem acessar o andamento e juntar documentos a partir da sua identificação via Certificado Digital.

Do ponto de vista do cidadão, ao se migrar os processos para o meio online, o cidadão passa a ter acesso de forma muito mais simples e cômoda, podendo não apenas fiscalizar a atuação dos órgãos públicos, como solicitar serviços, consultar andamentos de processos, tudo a partir da sua identificação mediante Certificado Digital.

A Receita Federal é um grande exemplo disso, pois implantou o Portal e-CAC, ambiente em que o cidadão pode ter acesso a uma série de dados sobre a sua vida fiscal e pode solicitar serviços. Isso graças à Certificação Digital, que confere segurança e autenticidade no acesso ao sistema.

Quais órgãos podem utilizá-lo?

A Certificação Digital para órgãos públicos, como dito, abre uma série de possibilidades para esse setor. Assim, na prática, todos os órgãos e entidades podem, de alguma forma, se beneficiar com a implementação dessa tecnologia em seus processos — tanto é verdade que cresce o número de serviços que a utilizam.

Não é difícil citar exemplos de órgãos que migraram para o modelo digital, colocando a Certificação como um dos pilares para o funcionamento de sistemas inovadores. Nesse sentido, é possível citar o exemplo da Caixa Econômica Federal, que institui o Conectividade Social ICP, sistema que permite que empregadores tenham acesso a todos os registros e informações relacionadas aos seus empregados, como de FGTS e Previdência Social.

No mesmo sentido, destacamos o papel do e-Social, que há anos modernizou a maneira como pequenos negócios cumprem suas obrigações perante o Fisco.

Mais recentemente, as Juntas Comerciais dos estados também iniciaram um movimento de digitalização dos processos, apoiando-se no uso do Certificado Digital.

Graças a essa tecnologia, em alguns estados do Brasil já é possível fazer o registro de criação de empresas de forma online, livre de papel, filas e outros procedimentos presenciais burocráticos.

No geral, a Certificação Digital para órgãos públicos é bastante versátil, podendo contribuir com a redução dos custos com papel, migrando os sistemas e documentos para o formato digital, muito mais condizente com o que a sociedade está acostumada na atualidade.

No mais, a Certificação é um dos caminhos mais seguros e efetivos para se conseguir descentralizar serviços públicos, permitindo que eles sejam acessados a partir da internet, mediante a autenticação dos envolvidos com o Certificado. Assim, essa é uma tecnologia que pode beneficiar inúmeros órgãos.

Como implementar o Certificado Digital nesses setores?

Para que os órgãos públicos consigam explorar e aproveitar melhor os benefícios e as facilidades do Certificado Digital, o primeiro passo é buscar por uma empresa referência nesse segmento, a qual poderá fornecer não apenas as melhores soluções, mas principalmente o suporte mais adequado para a implementação da tecnologia.

Nesse ponto, a Soluti sai na frente. Com uma larga experiência no mercado de Certificação Digital, a empresa conta com uma gama de soluções inovadoras, voltadas para as necessidades de todos os tipos de cliente, inclusive aqueles do setor público.

A equipe Soluti é altamente especializada e está pronta para orientar gestores públicos quanto ao uso mais adequado da Certificação Digital. Hoje, o portfólio de serviços e soluções é amplo, contando com ferramentas já validadas e amplamente aceitas em todos os setores.

A exemplo, destacamos o diferencial do Bird ID, um Certificado Digital na nuvem que oferece total mobilidade e flexibilidade no uso do Certificado, permitindo que atos sejam assinados eletronicamente a partir de um dispositivo móvel, de qualquer local e a qualquer hora.

A Soluti também dispõe da ferramenta S.Login, que substitui o acesso convencional a sistemas, portais corporativos e áreas restritas com o uso de usuário e senha, e garante mais segurança a esses acessos com a aplicação da Certificação.

Com o S.Login, o processo de autenticação passa a ocorrer mediante Certificado Digital padrão ICP-Brasil. Assim, órgãos públicos conferem mais segurança e visibilidade sobre quem faz login em seus sistemas e tem acesso aos dados.

Essa é uma ferramenta muito útil para restringir determinados ambientes, inviabilizando o compartilhamento de credenciais, garantindo assim que sejam acessados apenas pelos profissionais autorizados, por exemplo.

Por fim, a Certificação Digital para órgãos públicos já é uma realidade bastante notória. O número de serviços e sistemas governamentais, sobretudo ligados ao Governo Federal, que já é grande, tende a crescer, dadas as vantagens que o uso do Certificado Digital já mostrou agregar para os órgãos e, principalmente, para os cidadãos.

Fonte: Soluti Responde

Por que implementar o Certificado Digital para condomínio? Ouça

Soluti contrata mais de 60 colaboradores e investe forte no setor da saúde. Ouça

Como funciona o uso do Certificado Digital em trabalhos remotos? Ouça

  Explore outros artigos!