Últimas notícias

Fique informado

De São Paulo a Nova York debaixo d’água, realidade aumentada e muito mais. Confira as novidades do Futurecom 2017

25/09/2017

 

Uma rede 5G que promove a experiência da realidade aumentada sem sair de casa; a loja de esportes do futuro – espaço no qual será possível vivenciar novas experiências digitais, a exemplo do pagamento por meio da identificação da face; um novo sistema de rastreamento de materiais laboratoriais via blockchain; acesso às informações de um produto perecível por meio da leitura de um QR code no próprio celular ou tablet e uma nova rede de alta tecnologia que ligará Brasil e Estados Unidos via cabeamento submarino. Essas são algumas das inovações que o maior evento de Telecomunicações, TI e Internet na América Latina, o Futurecom 2017, apresentará esse ano, de 2 a 5 de outubro, no Transamérica Expo Center, em São Paulo.

Confira as novidades do Futurecom 2017

MCTIC lançará no Futurecom o Plano Nacional de Internet das Coisas, com presença do ministro Gilberto Kassab na solenidade de abertura, no dia 2/10, a partir das 19h30

Evento terá espaço dedicado às demonstrações de IoT

A 19ª edição do Futurecom trará uma série de novidades, como um espaço de mais de 200 m2 dedicado às demonstrações de Internet das Coisas (IoT) em vários setores: Agricultura, Carros Conectados, Cidades Inteligentes, Varejo, Indústria 4.0, Saúde, entre outros. Um dos momentos mais aguardados é o lançamento do Plano Nacional de Internet das Coisas, durante a solenidade de abertura do evento, a partir das 19h30 do dia 2 de outubro, com a presença do ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab; do secretário de Telecomunicações do MCTIC, André Borges, e do secretário de Política de Informática (Sepin) do MCTIC, Maximiliano Martinhão.

Na sequência, a programação do congresso terá a primeira apresentação pública para a imprensa do plano, às 9h do dia 3 de outubro, quando o consórcio liderado pela consultoria McKinsey & Company – com a participação da Fundação CPqD e do escritório de advocacia Pereira Neto/Macedo – vai expor em detalhes as políticas, o plano de ação e as estratégias de implantação das tecnologias que vão conectar dispositivos e equipamentos. Outro parceiro no trabalho é o BNDES.

Os vistantes também poderão conhecer demonstrações dinâmicas de tecnologias ainda pouco experimentadas no mundo, como uma camada de sensores e terminais que é composta por câmeras de monitoramento, dispositivos de videoconferência, telefones e uma variedade de sensores, que ajudam a coletar e analisar dados por meio da Internet das Coisas para smart cities.

Veja os detalhes do evento como horários, local e programação!

 

Confira o que alguns expositores apresentarão durante o evento

ABRINT
A grande novidade da participação da ABRINT na edição 2017 é o “Momento ABRINT”, uma manhã de palestras no dia 5/10, organizada pela entidade para promover debates sobre temas relacionados ao mercado de provedores de internet. A agenda do “Momento ABRINT” contempla três debates: “Internet das Coisas (IoT) como nova fonte de receita para os provedores”; “Plano de Conectividade: como refletir a expansão da banda larga realizada pelos provedores regionais” e “Tributação dos provedores e a Reforma Tributária que se pretende no Brasil”, composta por Cristiane Sanches, diretora jurídica da ABRINT, e Basilio Perez, presidente da ABRINT. Todas as credenciais do Futurecom darão acesso ao evento.

Accenture
A Accenture estará presente com um espaço de 81m², telão de realidade imersiva, interação com conteúdo virtual e compartilhamento em redes sociais. Protótipos e demos interativas, como chatbots, assistente virtual e hologramas, também estarão disponíveis para apresentações e testes. Os executivos abordarão assuntos como transformação digital, inovação, rede 5G e nuvem como elemento indispensável para o desenvolvimento de produtos e serviços sob demanda.

Amdocs
A Amdocs abordará assuntos como IoT, inteligência artificial, realidade virtual, entre outros. Terá em seu estande, número #G8, diversas demos com temas variados como: Entertainment, Media and Partner Place, Services, Amdocs Optima e Digital Intelligence. Além desses assuntos, apresentarão demos sobre IoT, Amdocs Open Network (ONAP) e NFV (Network Function Virtualization). A empresa irá proporcionar uma experiência de realidade aumentada onde você pode viver, trabalhar e jogar no mundo digital, além de consumir conteúdo digital personalizado e contextualizado, gerenciar serviços em vários locais, criar e gerenciar perfis de usuários, comprar serviços digitais sob demanda e muito mais.

Angola Cables
A multinacional de telecomunicações, dedicada à comercialização de circuitos internacionais de voz e dados por cabos submarinos de fibra óptica, apresentará importantes novidades sobre seu megaprojeto internacional de telecomunicação na Futurecom 2017. Para isso, a empresa contará com um estande de 50 metros quadrados na rua E12 e participará de um painel dedicado ao tema cabos submarinos. A rede de conectividade internacional da Angola Cables estará concluída com a entrada em serviço dos três sistemas submarinos que circulam o Atlântico e os seus datacenters instalados em Luanda e Fortaleza. 


Os sistemas submarinos são compostos pelo WACS (West Africa Submarine System), que atualmente conecta 11 países da costa Ocidental africana a três europeus e se encontra em processo de ampliação; SACS (South Atlantic Cable System), fará a conexão entre Brasil e África, previsto para entrar em operação em julho de 2018; e Monet, cabo responsável pela rota Santos, Fortaleza e Miami, com previsão para funcionar plenamente em novembro deste ano.

Engemon
Engemon IT, empresa integradora de TI irá sugerir pautas sobre as dificuldades que as empresas têm para implementar projetos de IoT. Muitas vezes, como requer um sistema de softwares e adequações do espaço mais complexas, as empresas têm problemas para adaptar o espaço (principalmente aquelas que atuam em varejo). Os executivos estarão no evento e poderão falar sobre a importância de buscar projetos customizados e disruptivos, que atendam à necessidade de ponta a ponta, além de permitir a redução de custos do negócio.

Equinix
A empresa levará para o evento a discussão da economia digital e os principais impactos dessa grande transformação para o segmento de telecomunicações. Durante o Futurecom, a companhia mostrará suas soluções que focam em como as empresas podem se tornar mais competitivas.

A companhia destacará as oportunidades na Digital Edge, bem como o conceito de Arquitetura Orientada de Interconexão – IOA (Interconnection Oriented Architecture), usado para se desenhar o ambiente de TI. A IOA é um modelo usado, tanto por empresas como os provedores de serviços, para construírem uma estratégia que prioriza a Interconexão de maneira direta e segura a pessoas, locais, clouds e dados, integrando os mundos físico e virtual. Já é utilizada por mais de 9.500 empresas que querem acelerar a transformação digital, sendo a base para uma plataforma digital global.

IDT Brasil
Parte do Grupo IDT Corporation/IDT Latin America, a empresa de telecomunicações oferece serviços com preços competitivos em ligações locais, longa distância nacional e internacional. Durante o evento, a empresa mostrará sua solução de voz “IDT PABX”, sistema de telefonia na nuvem.

Infinera
Infinera e Seaborn Networks apresentarão a implantação dos novos meshponders XTS-3300 do novo sistema de cabo submarino Seabras-1 da Seaborn para oferecer serviços de conectividade em nuvem como o SeaCloud™. O Seabras-1 é o único sistema de cabo submarino com conexão direta entre São Paulo, Brasil, e Nova York, Estados Unidos, permitindo que a Seaborn ofereça o SeaSpeed ™, sua rota proprietária de menor latência entre esses principais centros financeiros globais.

A Seaborn anunciou recentemente que o Seabras-1 já está pronto para operações. Com 10.600 quilômetros de cabo submarino com múltiplas unidades de ramificação, o Seabras-1 é o cabo implantado mais longo em funcionamento, sem qualquer tipo de compensação, conectando a América do Norte e a América do Sul. O Seabras-1 foi projetado para fornecer diversidade de rotas adicionais para Virginia Beach, Miami, St. Croix, Fortaleza, Rio de Janeiro, Sul do Brasil e Cape Town.

Logicalis
A combinação das tecnologias também tem aplicações interessantes no setor de saúde. Para esse segmento, a Logicalis levará a Futurecom uma demonstração que permite rastrear e controlar, por meio de sensores e registro em blockchain, materiais laboratoriais, como sangue para exames de análises clínicas, tanto durante o transporte quanto o armazenamento, garantindo a integridade das informações e a qualidade dos mesmos. A empresa apresentará ainda outras aplicações de IoT, blockchain e Openstack, aplicadas para os segmentos de agronegócio, manufatura, logística, utilities, smart cities e telecomunicações.

NEC
A NEC apresentará no Futurecom 2017 uma grande novidade – a Experience Zone -, onde os visitantes poderão conferir as tecnologias do mundo virtual (IoT, Big Data, Inteligência Artificial), interagindo com as do mundo real (como imagens captadas por meio de câmeras e sensores). Em seu estande, a NEC vai simular experiências em zonas de atuação, como: o check-in de um aeroporto, onde serão demonstradas soluções de segurança pública, incluindo o sistema de reconhecimento facial NeoFace; a loja de esportes do futuro – espaço no qual será possível vivenciar novas experiências digitais, a exemplo do pagamento por meio da identificação da face, entre outras, e o Family Lounge, oportunidade na qual o cliente terá acesso ao seu p acote de serviços da operadora como se estivesse em sua própria casa, graças à tecnologia de virtualização de redes.

Nokia
O estande da Nokia trará demonstrações imersivas de soluções inovadoras, algumas delas dirigidas prioritariamente a empresas, outras com impacto direto ao usuário final, como o 5G Home Experience – mostra como a solução de 5G é capaz de entregar conectividade de banda suficiente para que um usuário final possa usufruir de experiências com realidade virtual sem sair de casa; e o Next Generation TV – apresenta uma nova forma de ver TV, quando e como o assinante quiser e puder. A solução inclui uma plataforma de entrega de serviços de vídeo completa, com componentes avançados que permitem a personalização de conteúdo e de recomendações.

Padtec
A empresa apresenta no estande C44 a nova geração de sub-racks compactos, que tem como foco o mercado de operadoras regionais e dos provedores de serviços de internet (ISPs). Desenvolvida para nós de média capacidade em sistemas ópticos DWDM (Dense Wavelength Division Multiplexing), a solução da Padtec apresenta arquitetura mais compacta e baixo consumo de energia, permitindo a composição de um sistema óptico DWDM completo, em apenas 4U e 2U de altura.

Outra novidade é o OTN Switch, solução indicada para uso tanto em backbones como em redes metropolitanas que adiciona flexibilidade às redes DWDM (Dense Wavelength Division Multiplexing), ao comutar circuitos de altíssima capacidade. Permite agregar e gerenciar os fluxos de tráfego de forma seletiva, racionalizando a transmissão dos sistemas DWDM.

Seal Telecom
Na área de segurança, será apresentada um sistema de gerenciamento de imagens de vídeo monitoramento integrado com vídeos analíticos, reconhecimento facial e leitura de placas, além de diferentes modelos de câmeras de vídeo monitoramento que permitem maior integração, agilidade e tomada de decisão no monitoramento da segurança do cliente, reduzindo custo e tempo de integração de diferentes plataformas. Também serão apresentados a Videoconferência em Cloud com interoperabilidade que permite o cliente utilizar diferentes fabricantes de equipamentos; sistema de microfone de teto para salas de reunião, com gestão inteligente de capacitação da voz e de alta confiabilidade; e a exclusiva sala de vídeo conferencia certificada pela ABNT que ofe rece diversos benefícios aos usuários.

Star e Smartchains
As duas estarão junto com a Blockhain Hub, uma rede de empresas e pessoas físicas interessadas em desenvolver a tecnologia blockchain na América Latina (especialmente Brasil). A A Star tem foco em blockchain para redes públicas, com soluções que integram qualquer sistema ao blockchain. Já a Smartchains é mais focada em blockchain para redes privadas. O principal foco da startup é desenvolver sistemas capazes de conectar negócios e processos.

UOLDIVEO
Ciente de que o mundo está continuamente em transição para o futuro e do impacto gerado nos negócios mediante essa constante evolução, o UOLDIVEO, em sua palestra no dia 03 de Outubro, às 10h50, que tem como tema “Multicloud: A Base para a Transformação Digital”, reforçará sobre o papel estratégico da nuvem dentro do plano de negócios das empresas. Para Luiz Vianna, Diretor de Marketing & Alianças Estratégicas do UOLDIVEO e palestrante do evento, estamos vivendo uma trajetória sem volta e desafiante. “No cenário atual, onde as mudanças do comportamento do consumidor são expressivas, o desafio está em pensar disruptivamente para inovar e criar novos modelos de negócio. A transformação é um processo contínuo e vai muito além do digital. E stam os vivendo a quarta revolução industrial”, afirma Vianna.

Viavi Solutions
Para este ano, a Viavi irá trabalhar com dois temas centrais (inclusive com presença em palestras ao longo do evento): Workforce Automation (automação do fluxo de trabalho): com o foco no acesso fixo de banda larga (FTTx, xDSL e HFC), a ideia é tratar das novas metodologias de teste para salvar OPEX e melhorar a qualidade do serviço, apresentando o portfólio de equipamentos da empresa e cases locais e internacionais em que ela já foi implementada; e Redes Fotônicas: desafios de implementação e manutenção dessas redes, tomando como base as implementações que foram feitas em outras regiões ao redor do mundo e explicando como esse processo ajuda na aceleração e proteção das redes já instaladas.

WeDo Technologies
No estande da WeDo Technologies, os executivos da empresa farão demonstrações das últimas novidades em sua solução de Fraude (RAID Fraud Management). Entre as inovações, uma solução para detectar perfis falsos em redes sociais durante o registro de compra de serviços utilizando social login, e a possibilidade das operadoras de telecomunicações poderem testar gratuitamente as soluções antifraude durante 60 dias. Junto a isso, a WeDo Technologies anuncia o recente fechamento de negócio com uma das maiores operadoras brasileiras para implementação da última versão da sua solução de gestão automatizada de cobranças.

ZTE
A ZTE é uma das principais desenvolvedoras de soluções para smart cities e trará para a Futurecom um sistema composto por quatro camadas e duas aplicações chamado U-Safety Solution, que já é utilizado em cidades da China, França, Nigéria e Uruguai. A camada de sensores e terminais é composta por câmeras de monitoramento, dispositivos de videoconferência, telefones e uma variedade de sensores, que ajudam a coletar e analisar dados por meio da Internet das Coisas.  A camada de comunicações convergentes traz os recursos de rede com e sem fio, além de diversas soluções profissionais de rede, como uma infraestrutura de rádio que organiza chamadas de voz e dados entre os dispositivos dentro de uma área de cobertura específica.

Sobre o Futurecom

O Futurecom, evento mais importante de Telecomunicação e Tecnologia da Informação na América Latina, completa 19 anos e será realizado na cidade de São Paulo, de 2 a 5 de outubro, no Transamerica Expo Center. Ao longo de sua história, o evento teve a presença de mais de mil expositores diferentes e acima de cem mil visitantes. Surgido em 1998, na cidade de Foz do Iguaçu, o Futurecom foi transferido, posteriormente, para Florianópolis, onde aconteceu entre 2001 e 2007. A partir de sua décima edição, passou a ser realizado em São Paulo, com duas realizações no Rio de Janeiro em 2012 e 2013. No ano passado, o Futurecom contou com a participação de 22.000 visitantes de 45 países, reunindo 250 empresas expositoras de vários continentes, 4.000 congressistas e 400 palestrantes.

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<