Últimas notícias

Fique informado

Tecnologias de videomonitoramento térmico ajudam a definir as regras do ‘novo normal’ econômico

15/07/2020

Spotlight

Presidente do ITI fala sobre a CertLive que abordou as MPs 951 e 983

Conversamos com Carlos Roberto Fortner sobre a primeira CertLive recebeu parlamentares e integrantes do governo brasileiro em torno das MPs 951 e 983 de 2020.

31/07/2020

Associações da Sociedade Civil manifestam seu apoio à aprovação da MP 951/2020

A MP autoriza a emissão dos certificados digitais, no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil, por meio de videoconferência.

31/07/2020

O pequeno herói e sua conexão com a tecnologia para acesso ilimitado e seguro

Neste ebook apresentamos a história do pequeno herói neerlandês e sua conexão com a tecnologia do SafeSign e todo o ecossistema de soluções da AET – Unlimited access to your world.

22/07/2020

Os desafios da integração e colaboração B2B

O mercado atual pede cada vez mais a integração e

19/06/2020

CTO da Avast fala sobre o futuro da inteligência artificial

Enquanto a tecnologia trouxe muitos benefícios, também mudou o cenário

04/06/2020

Tecnologias de videomonitoramento térmico ajudam a definir as regras do ‘novo normal’ econômico

Cerca de quatro meses após a adoção de medidas de isolamento social e de restrição ao funcionamento do comércio para controlar e inibir a disseminação da Covid-19 no Brasil.

Os governos municipais e estaduais vêm gradativamente flexibilizando as regras de quarentena e lockdown e muitos já anunciam programas para retomada segura das atividades econômicas presenciais.

No ‘novo normal’, além do uso de máscaras e a oferta de álcool gel em dispensers para funcionários e consumidores, a adoção de tecnologias inteligentes de videomonitoramento térmico para controle de acesso de pessoas deverá ajudar a definir o novo ambiente de negócios brasileiro.

A equação é simples: quanto maior a oferta de mecanismos contra o coronavírus em empresas, varejo, instituições de ensino e unidades públicas e comerciais, maior a proteção e a segurança da população, maior a confiança e maior a satisfação de funcionários, clientes e público em geral.  

“O controle de contágio e alastramento da pandemia é uma questão de saúde pública e econômica”, diz André Araújo, CEO da XRobô, empresa brasileira especializada no desenvolvimento de aplicações customizadas para robôs de atendimento e na oferta em nível nacional de sistemas de videomonitoramento térmico e de controle de acesso.

“O novo normal demanda não apenas a continuidade das medidas protetivas em sociedade, mas uma forte conscientização e adaptação empresarial para manutenção e proteção dos negócios e da vida humana”.

Inteligência Artificial, Reconhecimento Facial e Medição Térmica em videomonitoramento

Os sistemas inteligentes de videomonitoramento com medição de temperatura corporal comercializados pela XRobô são compostos por:

– Câmeras térmicas dotadas de Inteligência Artificial para detecção de pessoas e aferição térmica de corpos em longa distância (2 a 3 metros).

A medição de temperatura é efetuada a partir de reconhecimento facial e corporal, de forma autônoma, sem necessidade de proximidade ou contato de pessoa para pessoa. A Nvid Cam também verifica se o indivíduo está utilizando máscara para só assim conceder acesso ao local.

A instalação do videiomonitoramento é simples e de fácil execução. Após a instalação, basta iniciar o software para monitorar as câmeras. O operador do equipamento pode estar em um local distante da população testada, sem contato com o fluxo de pessoas a fim de evitar qualquer tipo de infecção cruzada, garantindo mais segurança para o operador. 

O equipamento possui opção para alarme externo e captação de áudio local – e a câmera é capaz de fazer a detecção e a leitura de múltiplos alvos (até 20 a 30 faces simultaneamente) com registros em tempo real de imagens.

A Nvid Cam possui precisão de ± 0,3°C na aferição de temperatura, sendo ainda possível elevar o nível de precisão do equipamento, utilizando o thermoblack – que eleva a acurácia de medição para ± 0,1°C. 

Os ambientes ideais para instalação são os internos, como entrada comum (entrada principal) de edifícios, estações de trem e metrô, aeroportos, escolas, jardins de infância, pontos de entrada e saída, estádios, shows e locais densamente povoados.

As câmeras térmicas são consideradas a primeira barreira de contenção do sistema e destinadas principalmente para fluxos maiores de pessoas. 

– Dispositivo com tela de 8 polegadas e sensor de temperatura corporal que utiliza Inteligência Artificial e reconhecimento facial para liberação do acesso, sem contato com pessoas.

O equipamento de videomonitoramento identifica quando uma pessoa se aproxima da porta ou catraca de entrada, ativando o reconhecimento facial ao mesmo tempo em que a temperatura é aferida rapidamente e exibida de maneira precisa. Em caso de temperatura corporal anormal, a situação pode ser rastreada e comunicada por voz.

O Nvid Face também detecta o uso de máscara, ampliando a segurança para liberação de pessoas. 

A máquina ainda coleta e armazena rostos de funcionários, e pode conectar-se através da rede e vincular, um por um, os registros de tráfego e os registros de comparação de dados de temperatura corporal.

Os dados de prevenção e controle de epidemias podem ser carregados na plataforma de gerenciamento e também ser exportados. A capacidade de armazenamento é de até 50 mil faces.

É ideal para locais com acessos mais restritos, como escritórios, consultórios, escolas, hotéis, estações ferroviárias, canteiros de obras, comunidades, aeroportos, varejo e salas de executivos e servidores públicos, permitindo a entrada somente de pessoas autorizadas usando máscara e com temperatura corporal adequada.

É considerado como a segunda barreira do sistema de segurança e destinado a permitir o acesso final ao ambiente de trabalho.

– Medidor de temperatura autônomo, sem contatoÉ um dispositivo para medição térmica usualmente afixado em passagens ou acessos onde é possível aferir a temperatura corporal e identificar quem está apto para circular no local.

A medição de temperatura é efetuada a partir de reconhecimento corporal e facial, de forma autônoma, sem necessidade da proximidade ou contato de pessoa para pessoa. 

O Nvid Thermo é considerado como um ponto de checagem geral, sendo uma solução perfeita para transporte público – uma vez que permite medir a temperatura de cada passageiro que entra no coletivo.

Os dados podem ser coletados e enviados às prefeituras para monitoramento de possíveis focos de contaminação. 

O equipamento é versátil e pode também ser instalado na posição horizontal ou vertical em suportes ou paredes de ambientes para acesso a refeitórios, cafés, salas de reunião e auditórios.

Além dos sistemas de medição de temperatura de corpos em movimento e reconhecimento facial para controle de acesso físico, a XRobô oferece ao mercado brasileiro robôs de última geração para desinfecção e prevenção de doenças e humanoides de telepresença dotados de Inteligência Artificial e movimentação autônoma para atendimento e cuidados interativos em hospitais, clínicas e unidades de saúde. 

Fundada em São Paulo por sócios que somam mais de 20 anos de experiência em Robótica e Automação, a XRobô está na web endereço.

Valid amplia negócios em Gestão de Cidades Inteligentes e adquire MITRA. Ouça

Acesso robotizado a dados públicos é duplamente arriscado

SAS e Microsoft firmam parceria para levar soluções de Analytics e Inteligência Artificial para nuvem

Apresente suas soluções e serviços no Crypto ID! 

Nosso propósito é atender aos interesses dos nossos leitores, por isso, selecionamos muito bem os artigos e as empresas anunciantes. Conteúdo e anúncios precisam ser relevantes para o mercado da segurança da informação, criptografia e identificação digital. Se sua empresa é parte desse universo, baixe nosso Mídia Kit, escreva pra gente e faça parte do Portal Crypto ID!

ACESSE O MÍDIA KIT DO CRYPTO ID

contato@cryptoid.com.br  
+55 11 3881 0019