Últimas notícias

Fique informado
Pesquisa da Forbes Insights e da Vertiv revela a falta de prontidão dos data centers 

Pesquisa da Forbes Insights e da Vertiv revela a falta de prontidão dos data centers 

17/03/2020

Spotlight

A sanção da Lei 14.063 de 2020, segundo agência Senado.

A nova lei cria dois novos tipos de assinatura eletrônica em comunicações com entes públicos e em questões de saúde: simples e avançada.

25/09/2020

Lei Geral de Proteção de Dados Brasileira – LGPD começa a valer

Começa a valer nesta sexta 18 de setembro de 2020 conforme o texto aprovado pelo Senado .

18/09/2020

Como gerenciar Identidades Digitais em empresas públicas e privadas? Ouça

Sobre como gerenciar eIDs, conversamos com Luís Correia – Business Development da AET EUROPE, empresa global na área de soluções de segurança digital.

02/09/2020

Levantamento baseado em entrevistas com 150 executivos e engenheiros mostra que, para 71% desse universo, os data centers não atendem a todas as suas necessidades

A Vertiv, líder global em soluções de infraestrutura de missão crítica para eletrônicos, revela que apenas 29% dos tomadores de decisão nos data centers consideram que as suas atuais instalações atendem às suas necessidades.

O relatório mostra, ainda, que apenas 6% dos entrevistados dizem que seus data centers estão ultra-dimensionados, indo além de suas necessidades. Essas são algumas das descobertas do relatório produzido pela Forbes Insights com apoio da Vertiv.

O relatório “O Data Center Moderno: Como o TI está se Adaptando às Novas Tecnologias e à Hiperconectividade” analisa os resultados de uma pesquisa com 150 executivos e engenheiros de data centers de diversas verticais ao redor do mundo.

Os resultados da pesquisa indicam uma preocupante falta de planejamento e de preparo, algo incompatível com o ecossistema de dados atual. Uma análise mais aprofundada dos resultados revela um contraste muito claro entre os executivos e os engenheiros que atuam nos dada centers: 11% dos executivos dizem que seus data centers estão atualizados além das necessidades atuais, enquanto apenas 1% dos engenheiros dizem o mesmo.

“Os data centers estão evoluindo para incorporar recursos corporativos, de cloud e de edge – isso exige planejamento e prognósticos muito minuciosos. São informações críticas para atender às necessidades de processamento de dados da empresa usuária e a seus objetivos comerciais”, disse Martin Olsen, vice-presidente da Vertiv para Sistemas de Edge Globais.

“Fica claro que muitas organizações estão deixando a desejar nesse front. É inevitável que, para corrigir esse quadro, as empresas realizem investimentos para buscar ficar atualizadas, à frente das mudanças. ”

Outros destaques da pesquisa

  • 92% dos CIOs e CTOs entrevistados dizem que seus negócios irão requerer downloads e tempos de resposta mais rápidos em um futuro próximo.
  • 63% reconhecem ter dificuldade em atender às necessidades de largura de banda em todos os momentos.
  • Segurança (45%) e largura de banda (43%) estão entre as duas áreas que mais necessitam de upgrades.
  • Segurança (43%), prontidão para backup e emergências (33%), a capacidade de implementar novas tecnologias (28%) e a largura de banda (27%). Essas são as características mais mencionadas como o que dará vantagem competitiva à empresa usuária.
  • Os entrevistados estão otimistas sobre os data centers autoconfiguráveis e self-healing. 24% acreditam que mais da metade de seus data centers serão autoconfiguráveis até 2025 e 32% afirmam que mais da metade serão self-healing.

“Estamos testemunhando uma demanda por maior capacidade nos data centers da América Latina”, disse Fernando Garcia, vice-presidente e gerente geral da Vertiv América Latina.

“Órgãos governamentais e empresas em geral estão buscando melhorias significativas em diversas áreas, incluindo infraestrutura de dados, capacidade de computação e largura de banda. A Vertiv trabalha junto a nossos parceiros e clientes para garantir a continuidade dos negócios digitais. Nossa meta é entregar à empresa usuária resultados inovadores, desde o design e comissionamento até a implementação, operação e serviços do data center”.

Análise Preditiva com Big Data: utilize dados para previsões

A segurança da nuvem é responsabilidade exclusiva do provedor?

Top 5 Cybersecurity and Cybercrime Predictions for 2020

UFSC e Universidade de Essex promovem curso sobre detecção de fraudes usando bancos de dados

Equinix apresenta soluções que favorecem a transformação digital de empresas durante o AWS Summit São Paulo

Segundo Pesquisa da Marsh e da Microsof, cresce a preocupação pelo risco cibernético

 

  Você já conhece nossa coluna sobre Pesquisas e Estudos? Bem completa. Acesse e confira!