Últimas notícias

Fique informado

Certificação Digital da Serasa Experian recebe selo RA 1000

17/12/2018

É a primeira do setor de certificação digital a conquistar esse selo

A unidade de negócios de Certificação Digital da Serasa Experian é a primeira autoridade certificadora do Brasil a conquistar o selo RA 1000 do Reclame Aqui.

O selo RA 1000 tem o objetivo de destacar as empresas que possuem excelentes índices de atendimento aos seus clientes.

O Reclame Aqui é uma das fontes mais procuradas pelos consumidores em geral para avaliar a reputação de uma empresa.

Com selos específicos nivelando o grau de efetividade do atendimento, o site classifica as empresas em até 6 níveis, desde de “Não Recomendada” até “RA 1000”, conforme seus próprios critérios.

“Sempre procuramos promover o atendimento premium para nossos clientes e, como empresa, atuamos com a máxima transparência, com soluções rápidas. Por isso, estamos muito orgulhosos pelo reconhecimento que o selo RA 1000 expressa”, declarou Mauricio Balassiano, diretor de Certificação Digital da Serasa Experian.

Mauricio Balassiano – Diretor de Certificação Digital da Serasa Experian

De acordo com o site Reclame Aqui, o selo RA 1000 tem o objetivo de premiar empresas que possuem excelentes índices de atendimento.

As empresas com esse selo demonstram a seus consumidores o compromisso que possuem com seu pós-venda, elevando o grau de confiança em sua marca, serviços e produtos.

Para receber esse selo, a empresa deve atender a diversos critérios estabelecidos pelo Reclame Aqui e, ainda assim, ser submetida a uma auditoria técnica que avalia a concessão ou não do RA 1000.

Entre os critérios definidos pelo Reclame Aqui estão:

  • Possuir um número de avaliações igual ou superior a 50
  • Possuir Índice de Resposta igual ou superior a 90%
  • Possuir Índice de Solução igual ou superior a 90%
  • Possuir Média das Avaliações (dadas pelo consumidor) igual ou superior a 7
  • Possuir Índice de Novos Negócios (Voltaria a fazer negócios?) igual ou superior a 70%
  Leia mais na coluna da Serasa