Últimas notícias

Fique informado

Certificado Digital pode evitar as chamadas fake news

02/10/2018

O certificado digital passaria a ser a identidade digital do jornalista nos meios digitais

Mais que isso, os veículos podem usar de forma impressa ou eletrônica a informação de que suas notícias são produzidas por profissionais que utilizam a certificação digital na inserção da notícia final, que será consumida por seus públicos. É como uma espécie de selo de segurança, exatamente como existem hoje nos sites de compras e instituições bancárias”, explica Balassiano. Desta forma, diz ele, a base de um noticiário passaria a ser mais ou menos crível a partir da visão do próprio consumidor final. Seria a comprovação de que a notícia foi apurada e checada antes de sua publicação.

O certificado digital passaria a ser a identidade digital do jornalista nos meios digitais. Como hoje a disseminação das notícias se dá de forma praticamente instantânea, sua veracidade seria, igualmente, rapidamente comprovada ou não pela consulta à sua origem. “Se a origem for atribuída por exemplo a determinado veículo ou Certificado Digital pode evitar as chamadas fake news

Tem sido cada vez mais comum o uso do termo fake news. Fenômeno mundial, as notícias falsas desacreditam os meios de comunicação, destroem reputações, produzem prejuízos de todo tipo, muitos dos quais irreversíveis. Os veículos de comunicação, no entanto, podem encontrar na certificação digital a forma de evitar que esse tipo de notícia circule. De acordo com Mauricio Balassiano,

diretor de Certificação Digital da Serasa Experian, com o uso de certificados digitais os veículos de modo geral podem dar aos seus públicos a certeza de que a origem da notícia é confiável e, portanto, ela é verdadeira.

Maurício Balassiano

“Mais que isso, os veículos podem usar de forma impressa ou eletrônica a informação de que suas notícias são produzidas por profissionais que utilizam a certificação digital na inserção da notícia final, que será consumida por seus públicos. É como uma espécie de selo de segurança, exatamente como existem hoje nos sites de compras e instituições bancárias”, explica Balassiano. Desta forma, diz ele, a base de um noticiário passaria a ser mais ou menos crível a partir da visão do próprio consumidor final. Seria a comprovação de que a notícia foi apurada e checada antes de sua publicação.

O certificado digital passaria a ser a identidade digital do jornalista nos meios digitais. Como hoje a disseminação das notícias se dá de forma praticamente instantânea, sua veracidade seria, igualmente, rapidamente comprovada ou não pela consulta à sua origem. “Se a origem for atribuída por exemplo a determinado veículo ou agência de notícias, bastaria, num click, verificar se aquele meio adota a certificação na inclusão de seus conteúdos”, acrescenta Balassiano.

Serasa Experian

A Serasa Experian é líder na América Latina em serviços de informações para apoio na tomada de decisões das empresas. No Brasil, é sinônimo de solução para todas as etapas do ciclo de negócios, desde a prospecção até a cobrança, oferecendo às organizações as melhores ferramentas. Com profundo conhecimento do mercado brasileiro, conjuga a força e a tradição do nome Serasa com a liderança mundial da Experian. Criada em 1968, uniu-se à Experian Company em 2007. Responde on-line/real-time a 6 milhões de consultas por dia, auxiliando 500 mil clientes diretos e indiretos a tomar a melhor decisão em qualquer etapa de negócio.