Últimas notícias

Fique informado

Empresas brasileiras são beneficiadas pelo certificado ICP-Brasil

20 de outubro de 2020

Spotlight

Comitê Gestor da ICP-Brasil aprova emissão primária por videoconferência

A aprovação cria o amparo jurídico necessário para a edição da Instrução Normativa que regulamentará e viabilizará o processo operacional da emissão primária de Certificados Digitais através de videoconferência.

22 de janeiro de 2021

Veja o que diz Miguel Martins da AET Europe sobre gerenciamento de eIDS

Como traçar a estratégia de IAM para sua organização? Confira o que diz a AET Europe, líder global em gerenciamento de identidades.

19 de janeiro de 2021

Reconhecimento facial sem prova de vida está com os dias contados, afirma CEO de uma das principais plataformas brasileiras de biometria facial

Conversamos com José Luis Volpini, CEO da CredDefense, uma das pioneiras e mais conceituadas plataformas de biometria facial do mercado brasileiro.

6 de janeiro de 2021

Carimbo do Tempo dá início ao fim da era dos protocolos proprietários na ICP-Brasil. Ouça

Segundo Dr. Roberto Gallo, o fim da era dos protocolos proprietários na ICP-Brasil tem data marcada e deve beneficiar fabricantes, prestadores de serviços e clientes finais.

28 de dezembro de 2020

Números da ICP-Brasil seguem em crescimento

A Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil segue batendo recordes de emissões em 2020

22 de setembro de 2020

A transformação digital, que após a pandemia tornou-se essencial para a economia, já era realidade em diversas empresas brasileiras antes de 2020 com o certificado digital

Por Egon Schaden Júnior

Egon Schaden Júnior – Presidente-executivo da ANCD

A segurança garantida pelo uso do certificado digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil possibilitou que ao longo dos últimos anos diversos serviços empresariais migrassem do balcão físico para o mundo digital.

A segurança e a interoperabilidade da certificação digital possibilitaram a digitalização de diversos setores das empresas brasileiras: a contabilidade passou a fazer a entrega de informações ao governo de forma totalmente digital, além de emitir as Notas Fiscais Eletrônicas – NF-e.

O setor jurídico e a área de contratos passaram a contar com a facilidade da assinatura de contratos digitais com agilidade, segurança e validade jurídica; a área administrativa automatizou e digitalizou rotinas; e até mesmo os sites de e-comerce têm sua segurança garantida com certificado SSL da ICP-Brasil.

Muitos desses serviços podem ser acessados com um único documento, visto que um dos grandes benefícios do certificado digital é a sua interoperabilidade, ou seja, não importa em qual empresa você emitiu o seu certificado digital ICP-Brasil, nem em qual plataforma você está utilizando o certificado, todos os sistemas que fazem uso da tecnologia ICP-Brasil são interoperáveis.

Isso impede que as empresas sejam reféns de sistemas proprietários e garante a elas a possibilidade de migrar entre as diversas opções ofertadas no mercado.

Falando em um único documento, o Microempreendedor Individual – MEI pode com apenas o seu e-CPF, certificado de pessoa física, realizar ações digitais de pessoa física e jurídica no e-CAC, sistema da Receita Federal. A facilidade visa desonerar o pequeno empreendedor e facilitar sua inserção no mundo digital.

Com o certificado, o MEI pode emitir NF-e, fazer entrega de informações para Receita de forma digital e acessar os seus dados pessoais e empresariais sigilosos sem sair de casa. Tudo isso gera economia de insumos, menos papel e tinta, de deslocamentos, tudo pode ser feito pela internet, e pode eliminar os custos cartoriais.

Vale destacar que a simplificação do registro de empresas com certificado ICP-Brasil refletiu na melhoria da nota do país no relatório Doing Busines 2019. O estudo, realizado pelo Banco Mundial, apontou o certificado digital como ferramenta que promoveu a agilidade e segurança na abertura de negócios.

Agora é a hora de democratizar ainda mais esses benefícios, pensando nisso a Associação Nacional de Certificação Digital – ANCD, lança a cartilha “Certificado Digital ICP-Brasil: Benefícios e Facilidades para o Empreendedor Brasileiro“, que pode ser acessada gratuitamente no site da Associação – www.ancd.org.br.

A cartilha reúne uma série de serviços que facilitam a vida do empreendedor brasileiro, dos grandes aos pequenos negócios, traz os benefícios de cada serviço digital e o caminho para acessá-los.

A democratização da digitalização das empresas brasileiras garantirá a modernização da nossa economia.

Para isso, precisamos garantir o acesso de todos a informação, por meio de ações educativas, e a popularização do certificado ICP-Brasil, ação encabeçada pelas Autoridades Certificadoras que têm ofertado o documento com preços acessíveis para o empreendedor.

O constante crescimento na emissão de certificados ICP-Brasil, inclusive com recordes mesmo durante a pandemia, aponta que a tecnologia é cada vez mais necessária, acessível e fácil de usar.

Cabe também destacar que a ICP-Brasil está alinhada à mais recente Estratégia de Governo Digital, com a oferta de certificados mais baratos para o empreendedor e a opção de emissão do certificados ICP-Brasil em nuvem por meio de videoconferência, sem a necessidade de comparecimento aos postos das Autoridades de Registro.

São ações de modernização que apontam o compromisso do mercado de certificação digital com a segurança e o aprimoramento constante de sua Infraestrutura para garantir ao empreendedor e ao cidadão brasileiro as melhores e mais seguras experiências no ambiente digital.

ICP-Brasil tem crescimento de 19,4% em setembro

ITI realiza reuniões para debater a atualização do DOC-ICP-05

ANCD lança Carta Aberta sobre transformação digital destinada a candidatos que concorrem às eleições municipais neste ano

Saiba um pouco mais sobre a PKI brasileira – ICP-Brasil

Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil

O modelo adotado pelo Brasil foi o de certificação com raiz única, sendo que o ITI, além de desempenhar o papel de Autoridade Certificadora Raiz – AC-Raiz, também tem o papel de credenciar e descredenciar os demais participantes da cadeia, supervisionar e fazer auditoria dos processos. Uma Infraestrutura de Chaves Públicas estabelece padrões técnicos e regulatórios que permitem a interoperabilidade dos certificados digitais para autenticação, assinatura e criptografia. Seguem padrões regulatórios e técnicos universais que compõem essa cadeia de confiança que pela solidez e rigoroso controle gera na utilização dos Certificados Digitais evidências matemáticas que garantem autoria, integridade, autenticidade, qualificação, confidencialidade e temporalidade para o não repúdio dos atos praticados no meio eletrônico e os ativos eletrônicos a eles relacionados.

O Certificado Digital

O certificado digital é conjunto de dados, gerados por uma Autoridade Certificadora – AC após a validação das credenciais do titular que é realizada por uma Autoridade de Registro – AR o que garante ao certificado o caráter personalíssimo. O titular do certificado digital pode ser pessoa física, pessoa jurídica e também pode ser emitido para equipamentos e para aplicações. Na ICP-Brasil estão definidos oito tipos de certificados para titulares, classificados da seguinte forma: A1, A2, A3, A4, S1, S2, S3 e S4 e um tipo de certificado para Autoridades Certificadoras.. Na prática, funciona como uma identidade virtual e permite a identificação segura e indiscutível do autor em transações em meios eletrônicos.

O ITI

O Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI é uma autarquia federal, vinculada a Casa Civil da Presidência da República, que tem por missão manter e executar as políticas da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil. Ao ITI compete ainda ser a primeira autoridade da cadeia de certificação digital – AC Raiz. A Medida Provisória 2.200-2 de 24 de agosto de 2001 deu início à implantação do sistema nacional de certificação digital da ICP-Brasil. Isso significa que o Brasil possui uma infraestrutura pública, mantida e auditada por um órgão público, no caso, o ITI, que segue regras de funcionamento estabelecidas pelo Comitê Gestor da ICP-Brasil, cujos membros, representantes dos poderes públicos, sociedade civil organizada e pesquisa acadêmica, são nomeados pelo Presidente da República.

O que é Infraestrutura de Chaves Públicas – ICP?

A Infraestrutura de Chaves Públicas – ICP, é o conjunto de normas e requezitos técnicos. Os requisitos englobam a homologação de hardwares e softwares e envolvem, da mesma forma, o complexo conjunto de procedimentos relacionados ao ciclo de vida dos certificados digitais. No Brasil é denominada Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil.

Qual é a estrutura da ICP-Brasil?

A ICP-Brasil é composta por uma cadeia de autoridades certificadoras, formada por uma Autoridade Certificadora Raiz (AC-Raiz), Autoridades Certificadoras (AC) e Autoridades de Registro (AR) e, ainda, por uma autoridade gestora de políticas, ou seja, o Comitê Gestor da ICP-Brasil. Existem ainda outros tipos de entidades como a Autoridade de Carimbo do Tempo, Entidade Emissora de Atributo, Prestador de Serviço de Suporte e Prestador de Serviços de Confiança.