Últimas notícias

Fique informado
[Ouça] Serasa Experian lança ferramenta de autenticação online com certificado digital

[Ouça] Serasa Experian lança ferramenta de autenticação online com certificado digital

09/08/2018

A Autenticação forte permite aos empresários identificarem seus clientes e usuários de forma irrefutável e do outro lado simplifica a vida dos titulares dos certificados digitais que não precisarão mais decorar senhas de login, tão pouco, compartilharem com empresas terceiras suas atividades pessoais ao utilizar seus perfis das redes sociais para compras e quaisquer outras ações que solicitam autenticação

A solução de autenticação com certificados digital,  lançada pela Serasa Experian em 8 de agosto, possibilita a identificação dos usuários (consumidores ou empresas) no ambiente digital por meio dos certificados digitais ICP-Brasil e-CPF, e-CNPJ e NF-e.

O produto Serasa Identific proporcionará as empresas do comércio eletrônico uma série de vantagens e benefícios que podem ser estendidos aos clientes e usuários dos sites. E, não é só o comercio eletrônico que pode se beneficiar dessa solução mas também empresas que possuem áreas logadas para fornecedores, clientes e usuários poderão usufruir dessa tecnologia.

Isso se aplica a empresas de diversos segmentos de atuação como empresas com grande volume de fornecedores, associados, cooperados, revendedores, representantes e canais de vendas.

Maurício Balassiano, Diretor de Certificação Digital da Serasa Experian

Segundo Maurício Balassiano, Diretor de Certificação Digital da Serasa Experian, as empresas terão vantagens em utilizar esta forma de autenticação uma vez que não terão problemas recorrentes de suportes gerado pela perda de senhas, terão cadastros confiáveis, evitarão perfis fakes em seus banco de cadastros e reduzirão muito o chargeback. O Chargeback (ou contestação) é o nome atribuído para a ação do comprador de solicitar o estorno/reembolso de uma compra não reconhecida como sua diretamente para a operadora do cartão.

A autenticação com o uso de certificados digitais ICP-Brasil é utilizada, diariamente, por usuários de empresas privadas de vários segmentos como setor de saúde, empresas que utilizam sistemas de automação comercial entre muitos outros. Em empresas públicas os titulares dos certificados digitais utilizam na Receita Federal do Brasil, em seu portal e-CAC para acesso dos contribuintes, no portal eSocial para acesso de empregadores, em leilões eletrônicos, em Tribunais de Justiça onde magistrados, servidores e advogados se autenticam com certificados digitais entre outras centenas de aplicações disponíveis.

O Brasil conta com cerca de 8 milhões de titulares de certificados digitais dos quais 30% são pessoas físicas e 70% são pessoas jurídicas, aproximadamente. Essas pessoas que já utilizam seus certificados digitais para autenticação e assinatura digital, também podem ter a facilidade de se identificarem para outros serviços e para realizarem suas compras com mais conforto, segurança e rapidez.

A certificação digital é uma tecnologia que permite a identificação de pessoas e empresas  no ambiente eletrônico, regulamentada no país pela Infraestrutura de Chaves Pública Brasileira (ICP-Brasil), vinculada à Casa Civil da Presidência da República. Por isso, dá mais segurança aos processos de login na internet, diferente de outros métodos que utilizam apenas login e senha, ou logins de redes sociais.

“O certificado digital é, hoje, a melhor opção para identificação segura no ambiente eletrônico, por isso a Serasa Experian trouxe essa inovação para seu portfólio de produtos”, afirma Maurício Balassiano. Com o Serasa Identific, a empresa terá certeza de que quem está se logando em seu site já passou por um processo de identificação”, diz.

Maurício também diz que, as empresas poderão oferecer benefícios aos que se logarem com certificados digitais e isso incentivará usuários a fazerem seu login por esse meio.

“Não acredito, nesse primeiro momento, que alguém adquira um certificado digital exclusivamente para fazer login em sites de compras ou serviços como aluguel de carros, reserva em hotéis ou compra de passagens aéreas, mas a medida que as empresas ofereçam benefícios aos clientes esse movimento pode acontecer  sim, uma vez que os certificados digitais para pessoas físicas podem ser adquiridos, em média, a partir de R$160,00 .

Perfis fakes no banco de dados? Não mais!

Para emitir um certificado digital, pessoas e os respectivos representantes das empresas apresentam, presencialmente, documentos de identidade com foto, comprovante de residência e contrato social, quando necessários, em um local credenciado à ICP-Brasil – Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira. O processo de auditoria é bastante rigoroso e registrou que, em 2017, apenas 0,0038% do total de certificados apresentaram algum tipo de irregularidade  na emissão e estes foram todos  revogados, segundo informações publicadas pelo ITI – Instituto Nacional de Tecnologia da Informação.

 

Os certificados digitais emitidos na hierarquia da ICP-Brasil possuem credibilidade irrefutável.

 

E, em relação aos preços?

Sobre os valores, Maurício Balassiano esclareceu que os usuários dos certificados digitais e-CPF, e-CNPJ e NF-e não pagam nada para utilizar o Serasa Identific. As empresas que quiserem disponibilizar esta forma segura de login em seus sites também podem fazer a instalação de forma gratuita com apenas três cliques no endereço www.serasaidentific.com.br.

“As empresas terão uma economia considerável ao adotar o Serasa Identific, porque é uma solução pronta para instalação não sendo necessário nenhum tipo de desenvolvimento para começar a utilizar esse tipo de autenticação nas áreas logadas dos sites”, explica Maurício Balassiano.

A Serasa foi a primeira Autoridade Certificadora privada a se credenciar à ICP-Brasil, e como uma das pioneiras na emissão dos certificados digitais na hierarquia brasileira assume o compromisso de desenvolver aplicações para que os atuais titulares dos certificados digitais tenham suas ações no mundo eletrônico mais facilitadas e seguras.

“O mercado brasileiro vem amadurecendo em relação a identificação digital e novas aplicações com o uso de certificados digitas estão em prática em vários segmentos econômicos.  Chegou a hora de promovermos ainda mais a usabilidade em massa dos certificados digitais em diversas aplicações do dia a dia das pessoas e das empresas que vão muito além das aplicações com foco em obrigatoriedades legais e fiscais”, diz Maurício Balassiano.

Perguntamos ao Maurício Balassiano se o e-commerce em outros países utilizam essa forma de autenticação ele esclareceu que em alguns poucos países isso já é feito com identidades digitais como as nossas brasileiras – identidades eletrônicas com base em certificados digitais – mas  para que isso possa acontecer com validade legal os países precisam ter legislação, como a que temos no Brasil. Outro grande diferencial do Brasil é que os certificados digitais seguem um mesmo padrão o que possibilita que as aplicações decifrem qualquer certificado digital independente da Autoridade Certificadora emissora.

Alguns benefícios do  SERASA Identific foram destacados

Rapidez: o  Serasa Identific substitui os processos tradicionais de login, em que o usuário precisa preencher todos os seus dados pessoais, pela inclusão da senha “pin” do certificado digital. Automaticamente, os dados são inseridos no cadastro (nome, CPF, endereço e email, no caso de pessoa física).

Comodidade e praticidade: uso de um mesmo login para todos os sites, com certificado digital, apenas utilizando a senha “pin”. Assim, não há necessidade de criar um login e senha diferente para cada site.

Segurança: com este tipo de login, as empresas sabem que quem está acessando seu ambiente digital ou comprando em seu e-commerce já passou por um processo de identificação presencial confiável.

Fim do fake: não existe um certificado digital com perfil fake, seja ele de consumidor ou empresa, como acontece nas redes sociais.

Sem chargeback: com a utilização do Serasa Identific no e-commerce, os varejistas eliminam a necessidade de chargeback, que é o cancelamento feito pela administradora do cartão quando não há reconhecimento da compra pelo consumidor. Ao utilizar o serviço de login e se autenticar com o certificado digital, que tem validade jurídica, o usuário assume total responsabilidade.

Menos abandono de carrinho: Pesquisas mostram que uma das principais razões do abandono de carrinho são os formulários extensos de cadastro. Por conta da comodidade de não solicitar o preenchimento de dados cadastrais, o Serasa Identific agiliza todo o processo de compra e, assim, diminui a taxa de abandono de carrinhos no e-commerce.

Credibilidade: a Serasa Experian foi a Primeira Autoridade Certificadora (AC) homologada no país e tem vasta expertise no segmento de certificação digital, além de possuir 50 anos de mercado no Brasil. Um login com a marca Serasa dá mais credibilidade aos sites.

Certificação Digital

A certificação digital é uma tecnologia que permite a identificação de pessoas físicas e jurídicas no ambiente eletrônico, regulamentada no país pela Infraestrutura de Chaves Pública Brasileira (ICP-Brasil), vinculada à Casa Civil da Presidência da República. Tem validade jurídica e confere aos documentos eletrônicos autenticidade, integridade, sigilo e atributo de não repúdio.

A Serasa Experian promove a certificação digital como tecnologia efetiva para a desmaterialização dos processos, com atributos de validade jurídica, agilidade e praticidade à serviço da sustentabilidade dos negócios e processos.

Assista o vídeo, a seguir, e tenha mais informações sobre os benefícios do Serasa Identific

 

Leia também o artigo escrito por Maurício Balassiano – A segunda onda na certificação digital

O mercado se prepara para a Certificação Digital na transformação das empresas, muito além das obrigações com o governo.

Brasil tem mais de 7,2 milhões de sites desprotegidos

O Mapeamento da internet brasileira feito pela BigData Corp a pedido da Serasa Experian em junho deste ano aponta que 40,10% dos sites do país não estão seguros, o que representa um total de 7,2 milhões de endereços. Estes sites não possuem certificados digitais de segurança de servidores web  SSL – Secure Socket Layer ou o protocolo TLS – Transport Layer Security que promovem uma conexão segura utilizando a criptografia entre o servidor e os dados trafegados, o que evita o roubo de dados durante a transação.

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

Seus dados serão preservadosSeu e-mail não será publicado. Seus dados não serão compartilhados com terceiros.