Últimas notícias

Fique informado

Votação em 2022 pode ser feita pelo celular com reconhecimento facial, diz presidente do TSE

17 de novembro de 2020

Spotlight

PL 317/21: Plenário aprova criação do Governo Digital

O PL 317/2021, conhecido como o do Governo Digital segue agora para sanção presidencial.

26 de fevereiro de 2021

Qual é o valor legal de uma assinatura eletrônica?

No passado, muitas pessoas relutavam em usar documentos ou assinatura eletrônica, questionando sua validade legal e a capacidade de usá-los como evidência ​​em processos judiciais ou demais contextos jurídicos

25 de fevereiro de 2021

Diretor da Digicert fala sobre os megavazamentos no Brasil e as novas relações de confiança na internet

Segundo Dean Coclin , “Os consumidores devem agora olhar além da fechadura para verificar se o site é autêntico”.

24 de fevereiro de 2021

Assinatura Eletrônica nos contratos e em outros atos jurídicos

“A assinatura eletrônica decorrente de certificados emitidos no âmbito do ICP-Brasil é eficaz para qualquer ato jurídico por força do art. 10 da MP 2.200-2/2001”

23 de fevereiro de 2021

Mergulhando e Navegando no Submundo da Deep Web

Deep Web (dark web, deepnet, invisible net, undernet, ou hidden web) refere-se a qualquer rede fechada que compreende um grupo privado de pessoas, que querem se comunicar.

25 de julho de 2016

Como a Biometria Facial está sendo aplicada contra fraudes na previdência

A constatação será feita por meio de um aplicativo que permite o reconhecimento facial do beneficiário com o uso da câmera frontal do celular.

5 de outubro de 2020

Segundo o presidente do TSE, o eleitor poderá utilizar seu próprio celular para votar, mas ainda terá de comparecer ao colégio eleitoral

Ministro Luís Roberto Barroso – Presidente do TSE

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que há possibilidade de que novas ferramentas digitais já sejam utilizadas no pleito de 2022, como plataforma de voto online e reconhecimento facial. 

“Se for possível, poderemos adotar já nas próximas eleições, vamos avaliar”, disse.

A declaração foi dada durante visita ao projeto Eleições do Futuro, em Valparaíso (GO), neste domingo (15).

No projeto, empresas de tecnologia puderam testar inovações para o sistema eleitoral. Segundo ele, o eleitor poderá utilizar seu próprio celular para votar, mas ainda terá de comparecer ao colégio eleitoral.

“Ainda não há tecnologia que permita assegurar que o cidadão não está sendo coagido, com o patrão ou o coronel atrás, então provavelmente ele terá que ir presencialmente votar”, explicou.

O TSE troca cerca de 20% das urnas a cada pleito. “Precisamos encontrar soluções mais baratas”, justificou.

Sobre os ataques recentes de hackers ao sistema do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e outros órgãos públicos no início de novembro, o ministro disse “que não está tranquilo”, mas garantiu a segurança do processo eleitoral.

“Se perguntar se estou tranquilo, não estou. Mas acho que nem o Pentágono ou a Nasa estão 100% tranquilos”, ponderou.

Instabilidade no e-Título

A respeito das dificuldades relatadas pelos eleitores, neste domingo (15), ao tentar acessar o e-Título, plataforma digital que substitui o título de eleitor, Barroso atribuiu a instabilidade à demora dos eleitores. “Deixaram para baixar em cima da hora”, alegou.

“O brasileiro deixou para baixar o aplicativo hoje, então foram milhões de acessos ao mesmo tempo. Pedimos que todos fizessem o download antes, mas peço que insistam”, acrescentou.

Fonte: Diário do Nordeste

Eleições do Futuro: TSE realizará prova de conceito para eleições remotas

Certisign apresenta solução de votação à distância neste domingo. Ouça

TSE neutraliza ataque que tentou sobrecarregar sistemas, diz Barroso

Eleições do Futuro: TSE realizará prova de conceito para eleições remotas

Blockchain foi escolhida para eleições dos EUA

Thales lança conjunto de verificação de identidade. Ouça

Mercado de certificação digital debate propostas para identificação biométrica

Embarque Seguro utiliza reconhecimento facial e oferece novas experiências aos viajantes