Últimas notícias

Fique informado

Em reunião virtual ITI coleta subsídios para balizar início do Grupo de Trabalho Técnico – GTT

26 de outubro de 2020

Spotlight

Comitê Gestor da ICP-Brasil aprova emissão primária por videoconferência

A aprovação cria o amparo jurídico necessário para a edição da Instrução Normativa que regulamentará e viabilizará o processo operacional da emissão primária de Certificados Digitais através de videoconferência.

22 de janeiro de 2021

Veja o que diz Miguel Martins da AET Europe sobre gerenciamento de eIDS

Como traçar a estratégia de IAM para sua organização? Confira o que diz a AET Europe, líder global em gerenciamento de identidades.

19 de janeiro de 2021

Reconhecimento facial sem prova de vida está com os dias contados, afirma CEO de uma das principais plataformas brasileiras de biometria facial

Conversamos com José Luis Volpini, CEO da CredDefense, uma das pioneiras e mais conceituadas plataformas de biometria facial do mercado brasileiro.

6 de janeiro de 2021

Carimbo do Tempo dá início ao fim da era dos protocolos proprietários na ICP-Brasil. Ouça

Segundo Dr. Roberto Gallo, o fim da era dos protocolos proprietários na ICP-Brasil tem data marcada e deve beneficiar fabricantes, prestadores de serviços e clientes finais.

28 de dezembro de 2020

Na ultima quinta-feira, 21 de outubro de 2020, o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI realizou reunião virtual com representantes do mercado de certificação digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil.

O encontro teve por objetivo coletar, junto aos entes da Infraestrutura, subsídios que vão servir de auxílio para a atuação do Grupo de Trabalho Técnico – GTT composto por membros do ITI.

Instituído pela Portaria do ITI nº 49, de 20 de outubro de 2020, o GTT tem a finalidade de apresentar uma proposta de revisão para os atos regulamentares que tratam dos procedimentos e requisitos técnicos para coleta biométrica e cadastro inicial de requerentes de certificados digitais. O diretor-presidente do ITI, Carlos Fortner, destacou a prioridade do Grupo.

Carlos Fortner Diretor-Presidente do ITI

Precisamos pensar no caminho a ser trilhado para que as emissões primárias por videoconferência mantenham a equivalência de segurança prevista legalmente, garantindo a confiança do sistema e contribuindo para o crescimento do mercado de certificação digital”.

Dentre as questões técnicas levantadas e debatidas durante a reunião, está a forma de identificação biométrica do requerente de um certificado digital durante a videoconferência.

Com foco na manutenção da segurança dos processos e na experiência do cliente, foram apresentadas propostas, entre elas a coleta biométrica (face e impressões digitais) de forma remota e assíncrona, ou seja, anterior à videoconferência; a opção de coleta e comparação de biometria facial com outra base oficial de estado; e a possibilidade de uso apenas da biometria facial coletada e comprovada pela rede biométrica própria da ICP-Brasil. 

Todas as alternativas apresentadas serão estudadas em maior profundidade pelo Grupo de Trabalho que definirá os termos para atualização do DOC-ICP-05, que trata dos Requisitos Mínimos para as Declarações de Práticas das Autoridades Certificadoras da ICP-Brasil. 

A reunião, que foi coordenada pelo diretor-presidente do ITI, Carlos Fortner, contou com a participação dos assessores e membros da equipe técnica do Instituto e de representantes da AARB, ABRID, ANCert, ATID, Brasscom, Certisign, CNB, DigitalSign, Safeweb, Soluti e Valid.

Saiba Mais

Buscando ampliar os espaços de debate e democratizar os processos de modernização da ICP-Brasil, o ITI vem realizando nas últimas semanas uma série de encontros virtuais para discutir com os entes da Infraestrutura as atualizações que serão realizadas no documento DOC-ICP-05.   

Após os debates, foi aprovado na última Reunião do Comitê Gestor da ICP-Brasil, realizada em plenária virtual na terça-feira, dia 20 de outubro, um conjunto de alterações no DOC que regulamenta importantes definições para que a emissão de certificados digitais aconteça de forma massificada e mais amigável para o cidadão brasileiro.

Fonte: ITI

ITI emite portaria que institui Grupo de Trabalho Técnico – GTT da ICP-Brasil

ITI