Últimas notícias

Fique informado
Assinatura digital simples, avançada e qualificada? Entenda!

Assinatura digital simples, avançada e qualificada? Entenda!

8 de setembro de 2021

Spotlight

Philip R. Zimmermann apresenta o 3º episódio AET Security Topics: Quantum Key Distribution

Philip R. Zimmermann, um dos maiores criptógrafos, apresenta uma nova webserie. Não perca o 1º episódio! Com legenda em português!

15 de setembro de 2021

NSA publica atualização sobre criptografia resistente a quantum

A NSA publicou o FAQ “Quantum Computing and Post-Quantum Cryptography. Confira nesse artigo!

3 de setembro de 2021

A condição paradoxal do hacktivismo

O início dos anos 2000 foi marcado pela formação do movimento Anonymous e por ataques relevantes, classificados como hacktivistas.

1 de setembro de 2021

CertForum 2021: Fórum Mundial de Assinatura Digital

Como parte integrante do CertForum, será realizado o Fórum Mundial de Assinatura Digital, com o objetivo de ampliar o debate do uso da assinatura digital.

1 de setembro de 2021

CertForum 21: evento on-line para quem quer saber tudo sobre identificação digital e documentos eletrônicos

O CertForum é realizado pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) e organizado pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia em Identificação Digital (ABRID).

31 de agosto de 2021

Valid marca presença no webinar Cidades Digitais 2021

Valid Cities, vertical de Smart Cities da multinacional brasileira Valid, participará do Webinar Cidades Digitais 2021.

21 de junho de 2021

Por que o certificado digital tipo A3 é mais seguro?

Pode-se dizer que a principal diferença entre o certificado digital do tipo A3 e do tipo A1 é o modo de armazenamento dos dados

21 de junho de 2021

Valid se une ao Programa para Fornecedores de Elementos Seguros do Google

A Valid, que já é uma empresa reconhecida globalmente nas indústrias de Identidade, Telecom e Pagamentos, reforça a sua estratégia

21 de junho de 2021

Tais elementos foram estabelecidos na Lei nº 14.063/2020 que já está em vigor, tendo em vista que originou de uma medida provisória publicada pelo Governo Federal. Pensando na importância e na novidade que esse tipo de assunto nos trouxe nós resolvemos escrever este artigo.

Nele, mostraremos tudo o que você precisa saber sobre assinatura digital simples, avançada e qualificada. Continue lendo!

O que significa assinatura digital simples, avançada e qualificada?

O foco principal da assinatura digital simples, avançada e qualificada é a desburocratização nas operações realizadas diariamente pela população. Inicialmente, vamos mostrar o conceito de cada uma das assinaturas. Para tanto, separamos elas por tópicos exclusivos. Veja!

Simples

A assinatura eletrônica simples é um formato em que a conferência dos dados pessoais é bastante simplificada e, portanto, só deve ser utilizada em transações de baixíssimo risco e relevância para evitar eventuais fraudes.

Em termos de tecnologia, ela pode ser considerada como neutra, sendo assim, qualquer forma de processo eletrônico poderia ser aceita, entretanto, ela deve atender a 3 requisitos básicos para garantir sua eficácia.

Primeiro, a assinatura eletrônica simples deve sempre demonstrar a intenção da pessoa em assinar tal documento ou aceitar a determinação proposta. Ela pode ser capturada por meio de um clique e confirmada por meio do IP do computador, geolocalização ou troca de mensagens.

Segundo ponto, a assinatura eletrônica simples precisa ser aplicada pela própria pessoa que está associada a ela e, no terceiro ponto, ela também precisa ser associada aos documentos e aos dados que a pessoa pretende assinar.

Apesar de ser mais simples, esse tipo de assinatura ainda exige certos níveis de segurança e confirmação de identidade para garantir a integridade dos dados das empresas ou pessoas físicas.

Avançada

A assinatura eletrônica avançada é uma modalidade que vai além do básico e que vincula a autenticação das assinaturas e ao próprio contrato. Assim, o risco da transação é atenuado, fornecendo evidências adicionais que podem ser utilizadas para verificar a autenticidade.

A maior parte das organizações optam pela assinatura eletrônica avançada como um formato padrão em muitos de seus procedimentos. Isso se deve pela exigência de alguns requisitos, que são: o vínculo exclusivo ao signatário, a identificação do assinante e o seu controle exclusivo, e, por fim, a detecção de alterações no documento ou dados após a aplicação da assinatura eletrônica.

Qualificada

Esse tipo pode ser comparado à assinatura de tinta manuscrita. Ela mantém o modelo já existente que demanda a utilização de um certificado digital. Nesse caso, ela pode ser utilizada em vários tipos de transação entre entes públicos e será obrigatória para a transferência e o registro de imóveis, bem como nos atos de chefes de poderes.

Antes de finalizar este tópico, vale a pena ressaltar que a Lei determina que profissionais da saúde devem seguir as regras específicas de prescrições e atestados, porém, a utilização dos modelos de assinatura digital simples, avançada e qualificada dependerá da regulamentação do Ministério da Saúde ou da Anvisa.

Outro ponto importante é que a Lei não abrange processos judiciais, a comunicação entre empresas e pessoas físicas, bem como os sistemas de ouvidoria e programas de proteção a vítimas e testemunhas.

Quais são as diferenças entre cada uma delas?

Agora, mostraremos as principais diferenças entre cada um desses tipos de assinatura digital simples, avançada e qualificada. Continue lendo!

Identificação

A identificação nas assinaturas simples pode ser feitas por meio de detecção de IP ou geolocalização, ou, ainda, com confirmações enviadas para SMS e e-mail. No caso da avançada, a identificação ocorre dentro do próprio contrato ou documento assinado. Na qualificada, entretanto, a identificação ocorre por meio do próprio certificado digital.

Autenticação

A autenticação do procedimento é passo fundamental para garantir a validade jurídica da assinatura digital. No caso da qualificada, é bem simples, tendo em vista que o certificado digital garante esse processo. No caso da simples e da avançada, dependerá do próprio documento que está sendo assinado.

Uso

Quanto à utilização, a assinatura simples pode ser utilizada em transações entre órgãos públicos, desde que não envolva informações protegidas por grau de sigilo. A avançada, além das que são abrangidas pela simples, também pode ser utilizada nas Juntas Comerciais, por exemplo.

A assinatura qualificada, que utiliza certificação digital, continua com sua validade ampla e irrestrita para os atos e as transações realizadas entre os entes públicos.

Quais são os padrões de assinatura existentes no Brasil e no mundo?

Agora que você já conhece a assinatura digital simples, avançada e qualificada mostraremos rapidamente os principais padrões que são utilizados no Brasil e no mundo. Veja quais são eles!

CMS Advanced Electronic Signature (CAdES)

O CMS Advanced Electronic Signature — que em português significa Assinatura Eletrônica Avançada — é um padrão adotado pela ICP-Brasil nas suas assinaturas da maior parte dos documentos digitais, especialmente, arquivos em PDF.

PDF Advanced Electronic Signature (PadES)

O PDF, muito utilizado por várias pessoas ao redor do mundo, é um conjunto de extensões dos próprios arquivos em PDF e a ISO 3200-1, tornando o documento adequado para receber a assinatura eletrônica avançada que descrevemos neste artigo.

XML Advanced Electronic Signature (XadES)

O XML é a abreviação para o termo eXtensible Makup Language, que, basicamente, é um tipo de marcação que se tornou popular por abranger as informações contidas nas Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e), garantindo, ainda, a sua assinatura digital.

Por fim, chegamos à conclusão de que a assinatura digital simples, avançada e qualificada proporcionam mais facilidade para as pessoas físicas e empresas nos procedimentos executados no dia a dia, gerando redução de custos com emissão de papéis e melhor aproveitamento do tempo.

Fonte: Blog Valid Certificadora

Sobre a Valid 

A Valid entrega soluções de confiança com inovação e tecnologia de ponta. Nossa inteligência está nos seus documentos, cartões, smartphone e até mesmo nas transações que você realiza. 

Reconhecer e legitimar você é o nosso cotidiano!

Com mais de 60 anos de experiência no mundo todo, construímos um legado muito forte que não para de crescer e, hoje, somos mais de 6.000 colaboradores, em 16 países, trabalhando para oferecer um mundo mais confiável e seguro. 

No Brasil, somos a maior empresa em emissão de documentos de identificação, no mundo ocupamos a 5ª posição na produção de SIM Cards e estamos entre os 10 maiores fabricantes de cartão do planeta. 

O que queremos é transformar o hoje e o amanhã. 

Se você se identifica com essa evolução, você se identifica com a Valid.

Valid – Trust Powerhouse

Para saber mais, acesse https://valid.com/pt-br/

Leia outros artigos da Valid aqui!

Pensando em abrir um empresa? Saiba qual certificado digital você precisa

Certificado Digital para produtor rural: como a Valid pode ajudá-lo?

O que fazer quando o certificado digital está vencido?