Menu

Últimas notícias

Fique informado

Facebook quer adicionar criptografia e privacidade às mensagens

07/03/2019

Facebook estuda reorientar mensagens em torno de criptografia e privacidade

O CEO Mark Zuckerberg disse que o Facebook vai reequipar seus serviços de mensagens para serem mais interoperáveis, efêmeros e com criptografia de ponta a ponta

O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, disse na quarta-feira – dia 6/03 –  que a empresa vai reconstruir muitos de seus serviços em torno de criptografia e privacidade.

 

Facebook e Instagram ajudaram as pessoas a se conectarem com amigos, comunidades e encontrar seus interesses, mas conforme penso no futuro da internet, percebo que comunicações privadas se tornarão mais importantes do que as atuais plataformas, abertas“, Mark Zuckerberg.

As mudanças levarão anos, disse Zuckerberg, com o objetivo final de ser a criação de uma plataforma social focada em privacidade que combina a comunidade de uma rede social pública com a intimidade e a segurança das mensagens privadas no WhatsApp.

A fase inicial da revisão de segurança do Facebook abordará as mensagens.

Zuckerberg disse que espera que os usuários do Facebook acabem mudando para o Messenger e WhatsApp para comunicações sociais, em vez de postar publicamente em seu perfil ou no Feed de notícias.

Para esse fim, Zuckerberg disse que o Facebook vai reequipar seus serviços de mensagens para serem mais interoperáveis, efêmeros e com criptografia de ponta a ponta.

A ideia é dar às pessoas mais controle sobre suas mensagens privadas e por quanto tempo elas são armazenadas e reduzir a permanência do conteúdo que as pessoas compartilham.

A interoperabilidade também permitirá que o Facebook integre mensagens entre as plataformas Messenger, Instagram e WhatsApp.

“Pretendemos construir isso da maneira como desenvolvemos o WhatsApp: focar no caso de uso mais fundamental e privado – mensagens – torná-lo o mais seguro possível e, em seguida, criar mais maneiras de as pessoas interagirem, incluindo chamadas, chats de vídeo, grupos, histórias, empresas, pagamentos, comércio e, finalmente, uma plataforma para muitos outros tipos de serviços privados “, escreveu Zuckerberg em um post no blog.

Zuckerberg também detalha como o Facebook abordará o armazenamento de dados seguro, incluindo novas considerações sobre onde ele constrói os centros de dados e se cumprirá as leis estrangeiras de armazenamento de dados quando os governos buscarem acesso às informações das pessoas.

Zuckerberg também reconheceu que sua empresa provavelmente enfrentará desafios de confiança ao assumir uma reviravolta de segurança tão significativa.

Eu entendo que muitas pessoas não acham que o Facebook pode ou gostaria de construir esse tipo de plataforma focada em privacidade – porque, francamente, atualmente não temos uma reputação forte de criar serviços de proteção de privacidade, e temos nos concentrado historicamente em ferramentas para compartilhamento mais aberto “, escreveu Zuckerberg no post.”Mas nós repetidamente mostramos que podemos evoluir para construir os serviços que as pessoas realmente querem, incluindo mensagens privadas e histórias.”

Fonte: Com informações do ZDNET – Artigo de Natalie Gagliordi

  A Privacy-Focused Vision for Social Networking, MARK ZUCKERBERG

W3C aprova WebAuthn como o padrão da web para logins sem senhas

Identidade digital: Unisys lança software de gerenciamento de identidade multi-biométrico

Sistema de reconhecimento facial identifica homicida em Salvador

Especialista em Assinatura Digital recebe Prêmio RSA de Excelência no Campo da Matemática

David Inácio do Washington Post conversa com Tim Berners-Lee

Idec notifica Hering por coleta de dados faciais para publicidade

No segundo dia da RSA acontece o painel dos criptógrafos

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<

Pular para a barra de ferramentas