Últimas notícias

Fique informado

Biometria facial é utilizada em estádios do Uruguai para identificação de torcedores violentos

17/10/2018

A solução de videomonitoramento com reconhecimento facial identifica até 25 rostos por segundo nos pontos de acesso aos três estádios.

Sistema de reconhecimento facial em estádios do Uruguai identifica rostos de torcedores violentos
Torcedores envolvidos em brigas e outras atitudes antidesportivas são identificados automaticamente pelo sistema de videomonitoramento de três estádios – projeto rendeu o prêmio da Associação Latinoamericana de Segurança (ALAS).

Os estádios Centenário, Peñarol e Nacional, no Uruguai, agora contam com uma tecnologia que identifica e proíbe o acesso de torcedores violentos a partidas de futebol.

O projeto, com câmeras da Axis Communications, recebeu o prêmio 2018 da Associação Latinoamericana de Segurança (ALAS) na categoria de projeto mais inovador do setor privado. O projeto foi selecionado entre 23 outros concorrentes da mesma categoria. Ao todo, foram 49 propostas recebidas pelo concurso.

A tecnologia permite um monitoramento eficiente do que acontece nos diferentes setores do estádio. As câmeras, somadas ao software Herta Security, detectam qualquer pessoa registrada como perigosa graças a uma lista unificada entre a Associação de Futebol do Uruguai, o Ministério de Interior e os próprios clubes. Na mesma hora, um agente de segurança recebe alertas automáticos.

Alessandra Faria, diretora da Axis Communications

“Estamos muito orgulhosos de ter recebido o prêmio por este projeto que contribui para trabalhar em uma questão tão sensível não apenas no Uruguai, mas em muitos países: a violência no futebol. Esse projeto demonstra como um sistema inteligente de vigilância por vídeo pode impactar a segurança de famílias em shows e entretenimento em grandes multidões”, afirma Alessandra Faria, diretora da Axis Communications na América do Sul.

A Federação Uruguaia de Futebol acredita no impacto positivo da tecnologia aos torcedores. “Foi um grande desafio para a instituição, e estamos muito felizes em ser pioneiros neste tipo de sistema de monitoramento em nossos estádios, o que sem dúvida ajudará a garantir a tranquilidade do público que assiste “, celebra Andrea Lanfranco, Secretária Executiva Geral da instituição.

A Associação Latinoamericana de Segurança é a principal organização que reúne as empresas do setor de segurança na América Latina, apoiada por fabricantes, distribuidores, usuários finais, integradores e prestadores de serviços com mais de 20 anos de experiência no mercado.

  Acompanhe nossa coluna sobre biometria