Últimas notícias

Fique informado

Como a criptografia funciona no Certificado Digital?

26/12/2018

Os Certificados Digitais estão cada vez mais presentes no dia a dia dos brasileiros. Por realizar o processo de identificação eletronicamente, ele permite que diversos serviços sejam realizados sem a necessidade da presença física, o que significa agilidade nos processos, sustentabilidade e redução de custos

Artigo produzido por: Certisign

E um dos protagonistas dos certificados é sofisticada tecnologia de criptografia embarcada, que impede fraudes nas informações. Mas você sabe como os recursos criptográficos funcionam nos certificados e garantem a sua segurança? A gente explica!

O que é criptografia

Antes de mais nada, é importante citar que o Certificado Digital é gerado e assinado por uma Autoridade Certificadora, que segue regras estabelecidas pelo Comitê Gestor da ICP-Brasil [Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira] e associa cada titular a um par de chaves criptográficas.

Mas o que é a criptografia?

A criptografia é o nome do processo que cifra a mensagem de acordo com um protocolo aprovado pelo remetente e pelo destinatário antes do início do processo. Um exemplo interessante é o: Bastão Scytale, inventado pelos espartas por volta do ano 500 a.C.

Resumidamente, nos dias de hoje, trata-se de uma tecnologia que transforma uma informação em uma mensagem ilegível para quem tente interceptá-la em algum momento quando ela parte de um ponto ao outro.

No caso dos Certificados Digitais, a codificação criptográfica é gerada por um software que executa uma série de operações matemáticas, imputando uma chave secreta em cada mensagem.

Em outras palavras, ao usar a criptografia, o emissor manda um texto cifrado, todo embaralhado, e que ao chegar ao destinatário, terá de ser reprocessado (ou “desembaralhado”) para que ele consiga ler a informação. E esses dados só conseguirão ser acessados se o receptor tiver a chave correta para decodificá-los.

Termos de criptografia

  • Criptografia: transformação matemática de um texto simples em texto cifrado utilizando uma chave;
  • Decriptografia: transformação do texto cifrado em texto legível novamente utilizando um chave;
  • Chave: informação utilizada entre remetente e destinatário para criptografar.

Tipos de criptografia

Criptografia simétrica

Na Criptografia Simétrica existem basicamente dois tipos de algoritmos, os cifradores seriais (ou em série) e os cifradores de blocos.

Na pratica funcionaria da seguinte forma:

Criptografia assimétrica

A criptografia assimétrica ou de chave pública funciona de maneira diferente, existem chaves distintas, embora relacionadas, para realizar os processos de criptografia e decriptografia:

  • A chave pública é conhecida por todos;
  • A chave privativa é mantida em sigilo pelo usuário.

Na pratica funcionaria da seguinte forma:

Todo o processo citado acima garante que a informação trafegada seja à prova de interceptações ou fraudes. Com isso, a integridade dos dados é garantida, o que garante a autenticidade do documento e, consequentemente, sua validade jurídica.

Mais do que conhecer os termos técnicos e saber exatamente como são criados os códigos e chaves para garantir a autenticidade e a confidencialidade dos seus documentos na rede, é importante que você entregue esse trabalho a profissionais que saibam exatamente o que estão fazendo.

E para complementar a segurança e a organização dos documentos assinados eletronicamente, via Certificado Digital, utilize o Portal de Assinaturas Certisign. Nele, todas as assinaturas realizadas são criptografadas, protegendo todas as suas informações e garantindo que os seus documentos não sejam alterados.

A solução foi desenvolvida para tornar possível a qualquer empresa ou usuário assinar e gerenciar documentos de forma totalmente online e automatizada, em qualquer tipo de documento, de qualquer formato.

Além disso, a plataforma faz a guarda e gestão de todos os seus documentos eletrônicos de forma segura, armazenados por até 5 anos.

Fonte: Certisign

  Leia mais na nossa coluna da Certisign