Últimas notícias

Fique informado

Confira entrevista com Julio Mendes da Soluti sobre eIDs eletrônicas e digitais para o mundo corporativo

06/08/2020

Spotlight

Presidente do ITI fala sobre a CertLive que abordou as MPs 951 e 983

Conversamos com Carlos Roberto Fortner sobre a primeira CertLive recebeu parlamentares e integrantes do governo brasileiro em torno das MPs 951 e 983 de 2020.

31/07/2020

Associações da Sociedade Civil manifestam seu apoio à aprovação da MP 951/2020

A MP autoriza a emissão dos certificados digitais, no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil, por meio de videoconferência.

31/07/2020

O pequeno herói e sua conexão com a tecnologia para acesso ilimitado e seguro

Neste ebook apresentamos a história do pequeno herói neerlandês e sua conexão com a tecnologia do SafeSign e todo o ecossistema de soluções da AET – Unlimited access to your world.

22/07/2020

Soluti amplia rede com novas filiais no Rio Grande do Sul. Ouça

As lojas da Soluti inauguradas este mês terão preços promocionais para ajudar pessoas e empresas nesse período de distanciamento.

30/07/2020

Certificação Digital: novos negócios surgem para integradores de TI. Ouça

Há enorme potencial de negócios para integradores de TI junto

02/06/2020

Julio Mendes, Diretor comercial da Soluti, concedeu uma entrevista para o Crypto ID e comentou quais são suas expectativas em relação a aplicabilidade das identidades digitais e eletrônicas no mercado corporativo

soluti
Júlio Mendes | Diretor Comercial da Soluti

O diretor da Soluti, empresa especializada em tecnologia da informação com ênfase em Certificação Digital, conversou com nossa equipe sobre como vem sendo a adaptação das empresas brasileiras no contexto da pandemia mundial.

Comentou quais são suas expectativas em relação a aplicabilidade das identidades digitais e eletrônicas no mercado corporativo que precisa, mais do que nunca, de ferramentas que possibilitem o trabalho e fechamento de contratos de forma remota resguardando a Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD

Julio revelou como a Soluti está se preparando para atender as demandas do mercado. As soluções são direcionadas, por exemplo, aos grandes bancos até a academia do bairro que precisam se comunicar com clientes, assinar contratos resguardando a privacidade dos atos.

Julio fala, por exemplo, do setor de educação que manipula diversos documentos eletrônicos e que comporta tipos de assinaturas diferentes como a avançada e a qualificada. Também adiantou que pretendem adaptar sua plataforma aos requisitos de emissão do Diploma Digital para atender as instituições de ensino como um todo.

Sobre os tipos de assinaturas, Julio revela que a Soluti trabalha a assinatura avançada baseada no modelo europeu. A assinatura avançada tem fortes componentes de identificação dos usuários e utiliza criptografia, diferente da assinatura simples. Esse tipo de assinatura – avançada – utiliza certificados digitais emitidos por meio das Autoridades Certificadoras Privadas, no entanto, o executivo esclarece que os certificados podem ser adquiridos em pacotes diretamente da Soluti sem a necessidade de ser contratada uma AC privada.

Uma das novidades apresentadas pelo Julio foi a solução desenvolvida para a anonimização de dados e a desanonimização, muito útil para diversos segmentos do mercado tendo em vista a LGPD, principalmente para o mercado de saúde.

Julio ainda comentou sobre os vazamentos de dados que vem acontecendo devido as grandes vulnerabilidades do momento. Assim, a Soluti vem criando e reforçando suas soluções voltadas para a cibersegurança para mudar esse contexto e criar um ambiente virtual mais seguro.

E o restante das novidades você confere na entrevista!

Soluti contrata mais de 60 colaboradores e investe forte no setor da saúde. Ouça

Novidade: processo de videoconferência é ampliado. Ouça

Doutor Prescreve: a plataforma gratuita para fazer prescrições eletrônicas e assinar com o Certificado Digital. Ouça

Não deixe de conferir a entrevista na íntegra em nosso YouTube!

Criptografia é uma ciência secular que utiliza a cifragem dos dados para embaralhar as informações de forma que apenas os que detém a chave para decriptografar os dados tenham acesso à informação original. A criptografia simétrica utiliza uma chave única para cifrar e decifrar a mensagem. Nesse caso o segredo é compartilhado. Criptografia assimétrica utiliza um par de chaves: uma chave pública e outra privada que se relacionam por meio de um algoritmo.  O que for criptografado pelo conjunto dessas duas chaves só é decriptografado quando ocorre novamente o match.